• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2016.tde-22092016-154219
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Torres Apollonio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Souza, Maria Abigail de (Presidente)
Herzberg, Eliana
Marin, Luci Mara Garcez
Rebelo, Maria Teresa Branco de Sa Viana
Reis, Alberto Olavo Advincula
Título em português
A transferência na atenção psicossocial e a relação de dependência winnicottiana: uma articulação possível?
Palavras-chave em português
Atenção psicossocial
Psicanálise
Reforma psiquiátrica
Saúde mental
Transferência
Winnicott
Resumo em português
Os Centros de Atenção Psicossocial, CAPS, surgiram no Brasil como dispositivos de saúde mental substitutivos aos hospitais psiquiátricos, seguindo preceitos da Reforma Psiquiátrica, por meio de trabalho interdisciplinar que visa à reinserção social e familiar de pessoas acometidas por transtornos mentais graves e persistentes. No CAPS, profissionais de diferentes formações estão, geralmente, envolvidos em múltiplas ações individuais, grupais e sociofamiliares, incluindo o exercício da função de Referência Técnica (RT) para certo número de usuários da instituição. A missão do CAPS é promover a reabilitação psicossocial, porém não há indicações específicas sobre a condução clínica de cada caso. O objetivo deste trabalho foi o de realizar uma reflexão teórica sobre a clínica interdisciplinar em CAPS, a partir dos conceitos winnicottianos de transferência da relação de dependência e ambiente. Para tanto, buscou-se contextualizar historicamente a saúde mental pública no país até a formação dos CAPS; revisar publicações psicanalíticas sobre o trabalho interdisciplinar preconizado para este dispositivo de saúde mental e discutir a transferência da relação de dependência, tal como proposta por Winnicott, a partir dos exemplos clínicos da experiência da autora como trabalhadora de um CAPS Adulto do interior do estado de São Paulo. A transferência foi discutida por meio de exemplos em que tal vinculação foi favorecida ou não neste CAPS, destacando-se a consistência entre os membros da equipe, bem como o acesso à supervisão e discussão de casos em reuniões técnicas, como facilitadores deste processo. Concluiu-se que a transferência da relação de dependência foi eminentemente observada na vinculação promovida a partir da RT, independentemente da formação do profissional de referência. E que o manejo coletivo do caso, no sentido de suporte à RT e manutenção de um ambiente consistente, foi o que pôde promover condições para a evolução clínica na atenção psicossocial
Título em inglês
The psychoanalytical transference in psychosocial care and Winnicott's concept of dependent relationship: a possible approach?
Palavras-chave em inglês
Mental health
Psychiatric reform
Psychoanalysis
Psychosocial attention
Transference
Winnicott
Resumo em inglês
The Psychosocial Attention Centers - CAPS have been created in Brazil as mental health resources to substitute psychiatric hospitals, following the Psychiatric Reform precepts, with an interdisciplinary work that aims at the social and familiar reinsertion of people suffering severe and persistent mental disorders. At the CAPS, workers with different backgrounds are usually involved in actions with individual, group and socialfamilial contexts, including the Technical Reference (TR) function for a certain number of users in the institution. CAPS mission is to promote psychosocial rehabilitation; however, there are no specific referrals about the clinical guidance in each case. The objective in this paper was to make a theoretical consideration about the interdisciplinary clinical practice at CAPS, based on winnicottian concepts of transference of the dependency relationship and environment. In this research, a historical contextualization of public mental health in the country until the creation of the CAPS was done; psychoanalytic publications about the interdisciplinary work at CAPS were reviewed, and a discussion about the transference of dependence relationship was done, considering winnicottian theory and the clinical examples of the authors experience as a worker at a CAPS in a small city of São Paulo state. Transference was discussed through examples in which such linkage was favored or not in that CAPS, with an emphasis on the consistency among team members, as well as the access to the supervision and discussion of cases in technical meetings, as facilitators of such process. It was concluded that the transference of the dependency relationship was notably observed as a possible result from the relationship promoted by the TR, regardless the worker background. In addition, the collective handling of the case, in the sense of supporting the TR and maintaining a consistent environment, was what could promote the conditions for clinical evolution in psychosocial attention
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
apollonio_corrigida.pdf (700.47 Kbytes)
Data de Publicação
2016-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.