• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2017.tde-30012017-100851
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Soares da Cruz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Tardivo, Leila Salomao de La Plata Cury (Presidente)
Gil, Claudia Aranha
Granado, Laura Carmilo
Gurfinkel, Decio
Humberg, Lygia Vampré
Título em português
Adicção ao outro em pacientes fronteiriços: um estudo psicanalítico
Palavras-chave em português
Adicção
Borderline
Estados-limite
Psicanálise
Psicopatologia
Resumo em português
A clínica psicanalítica contemporânea está desafiada a responder a condições emocionais marcadas por estados de solidão, desamparo, desorganização e enfraquecimento da experiência de alteridade, que podem se expressar nos chamados pacientes fronteiriços (borderline). Nesses estados psicopatológicos, descritos na literatura psicanalítica desde a década de 1930, há um componente central que se destaca e que inspirou a presente investigação. Trata-se da angústia de perda de objeto e da busca desesperada pelo outro na esperança de aplacar estados gravemente desestruturantes. Esta tese apresenta ponderações teóricas sobre esses pacientes a partir de importantes autores da psicanálise, além de uma revisão da literatura disponível em bases de dados relevantes, abrangendo pesquisas realizadas nos dez últimos anos sobre adicção e pacientes fronteiriços. Realizada a partir desse aprofundado estudo teórico, esta pesquisa teve o duplo objetivo de refletir sobre a forma de relacionamento estabelecida pelos pacientes fronteiriços e de ampliar a compreensão do drama contido nesse sofrimento. A investigação caracteriza-se como pesquisa psicanalítica qualitativa, desenvolvida com estudo de três casos clínicos: uma mulher de 41 anos, um adolescente de 14 e um homem de 32. Todos foram atendidos em contexto de psicoterapia psicanalítica individual, assim como todas as etapas da pesquisa ocorreram sustentadas pelo método psicanalítico, desde a produção, o registro e o tratamento do material, apresentado na forma de narrativas. Evidenciou-se a predominância de relacionamentos adictivos como marca proeminente da dinâmica dos três casos estudados. Tal dinâmica se manifestou intensamente na relação terapêutica e em outros vínculos na vida dessas pessoas, como se observou pelo relato dos pacientes. Considerando a história e os desenvolvimentos próprios de cada pessoa, esta pesquisa confirmou proposições de autores clássicos da psicanálise, bem como resultados de estudos mais atuais. A pesquisa trouxe, ainda, considerações que favoreceram a compreensão da dinâmica e da estrutura de personalidade de cada uma dessas pessoas, evidenciando- se a necessidade de serem acolhidas, compreendidas e tratadas, em função do intenso sofrimento e da extrema dificuldade que vivem
Título em inglês
Not informed by the author
Palavras-chave em inglês
Addiction
Borderline
Borderline states
Psychoanalysis
Psychopathology
Resumo em inglês
The contemporary clinic is challenged to respond to emotional conditions marked by loneliness states, helplessness, disorganization and weakening of otherness experience, which can be expressed in so-called borderline patients. These psychopathological states, described in psychoanalytic literature since the 1930s, there is a central component that stands out and that inspired this research. It is the anguish of loss of the object and desperate search for another in the hope of placating seriously destabilizing states. We present theoretical placements on these patients from important authors of psychoanalysis, as well as inserting a research literature review conducted in the last ten years of addiction and borderline patients in different databases. From this in-depth theoretical study, this research was conducted in order to reflect on the type of relationship established by the border patients, aiming further broaden the understanding of the drama contained in this suffering. The research is characterized as qualitative psychoanalytic research, developed a study of three clinical cases, a woman of 41, a adolecent of 14 and a man of 32. All were treated in individual psychoanalytic psychotherapy context, as well as all stages of search occurred supported by the psychoanalytic method from the generation, recording and processing of the material presented in the form of narratives. Showed the predominance of addictive relationships as a prominent mark of the dynamics of the three cases studied, which is strongly expressed in the therapeutic relationship, and as noted by the report, other links in their lives. Considering the history and own developments of each person, this research confirmed placements of classical authors of psychoanalysis, as well as the most recent research results. The research has also considerations that favored the understanding of the dynamics and personality structure of each of these people, demonstrating the need to be accepted, understood and treated, due to the intense suffering and extreme difficulty living
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
cruz_do.pdf (1.58 Mbytes)
Data de Publicação
2017-02-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.