• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2016.tde-04042016-122531
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Antonio de Campos Beer
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Silva Junior, Nelson da (Presidente)
Dunker, Christian Ingo Lenz
Pereira, Mario Eduardo Costa
Título em português
Questões e tensões entre psicanálise e ciência: considerações sobre validação
Palavras-chave em português
Ciência
Epistemologia
Psicanálise
Resumo em português
Essa dissertação tem como objetivo estabelecer uma articulação atual entre psicanálise e ciência. A partir do reconhecimento de alguns equívocos frequentemente presentes no modo como este debate é desenvolvido, primeiramente é realizado um exame da maneira como o psicanalista Jacques Lacan trata essa questão, indicando que se deve evitar dois erros comuns: a ideia de que a ciência rejeita o sujeito e a confusão entre ciência e discurso da ciência. Esses equívocos parecem ser consequências ou de leituras pouco rigorosas do texto lacaniano, ou de uma concepção de ciência desatualizada. Em sequência, são examinados alguns avanços no campo da filosofia da ciência, assim como críticas ao pensamento psicanalítico daí originadas, a partir de autores como Kuhn, Feyerabend, Granger e Grünbaum. Reconhece-se a questão da validação extraclínica enquanto ponto comum de ataques, indicando-se a importância da validação na possibilidade de circulação do conhecimento produzido para além de seu lugar de origem. Frente a isso, alguns estudos de validação experimental são analisados, concluindo-se que existe uma articulação possível entre psicanálise e ciências experimentais, sem prejuízos para a clínica ou a ética psicanalítica. Esse tipo de articulação é extremamente importante para uma participação política mais efetiva por parte da psicanálise, além de trazer interessantes contribuições o debate epistemológico
Título em inglês
Issues between psychoanalysis and science: considerations about validation
Palavras-chave em inglês
Epistemology
Psichoanalysis
Science
Resumo em inglês
This dissertation has as goal to establish an articulation between psychoanalysis and science that takes into consideration the state of the art of the debate. Departing from the acknowledgment of some frequently present misconceptions of the way this debate is developed, initially an analysis of the way the psychoanalyst Jacques Lacan treats the issue is done, indicating how one should avert two common mistakes: the idea that Science rejects the subject and the blurring of what is science and what is the discourse of science. These misconceptions seem to be consequences of either the lack of an accurate reading of the lacanian text or an outdated conception of Science.. After that, some advances on the philosophical field - as well as critics to the psychoanalytical thought originated from there - are analysed with the support of authors like Kuhn, Feyerabend, Granger e Grünbaum. The issue of extra-clinical validation as a common point for attacks is acknowledged as well as the importance of validation in the possibility of circulation of the knowledge that is produced beyond its origin place. Taking that into account, some experimental studies on validation are analysed with the perspective that an articulation between psychoanalysis and experimental sciences is possible without any harm to the clinic or the ethics of psychoanalysis. This kind of articulation is extremely important for a more effective political participation of psychoanalysis, and for contributing in an interesting way for the epistemological debate
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
beer_me.pdf (1.42 Mbytes)
Data de Publicação
2016-04-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.