• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2009.tde-16122009-100608
Documento
Autor
Nome completo
Fatima Regina Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Vasconcelos, Esdras Guerreiro (Presidente)
Modia, Esther Cabado
Paiva, Geraldo Jose de
Tassara, Eda Terezinha de Oliveira
Valle, João Edênio Reis
Título em português
Experiências anômalas na vida cotidiana: experiências extra-sensório-motoras e sua associação com crenças, atitudes e bem-estar subjetivo
Palavras-chave em português
Atitudes
Atribuição de causalidade
Bem-estar subjetivo
Crenças religiosas
Experiências anômalas
Psicologia anomalística
Resumo em português
Este survey interseccional teve como objetivo verificar a prevalência de experiências anômalas extra-sensório-motoras (ou experiências psi) comparando características demográficas, práticas, crenças, religiosidade e níveis de bemestar subjetivo (BES) de experienciadores (EXPs) e não experienciadores (NEXPs) de psi. Para a coleta de dados, foi elaborado e aplicado o Questionário de Prevalência e Relevância de Psi (Q-PRP) com 35 itens, juntamente com a Escala de Bem-Estar Subjetivo (EBES) (Albuquerque e Tróccoli, 2004). Dos 306 respondentes (idades de 18 a 66 anos) que participaram da pesquisa, 82,7% alegaram ter vivenciado pelo menos uma experiência anômala extra-sensóriomotora. Não foi encontrada diferença significante entre EXPs e NEXPs em termos de gênero, renda, estado civil, religião e religiosidade. No entanto, verificou-se que EXPs crêem significantemente mais em percepção extra-sensorial, psicocinesia, reencarnação, vida após a morte e práticas alternativas. EXPs indicaram que suas experiências psi afetaram suas atitudes, crenças e tomadas de decisão. Tal influência está significativamente relacionada à atribuição de causalidade feita para as experiências psi vivenciadas. As atribuições de causalidade são coerentes com a crença, adesão ou postura religiosa dos EXPs. Quanto aos níveis de BES, os EXPs pontuaram mais no fator afetos negativos, o que sugere que EXPs têm um nível de BES mais baixo que os NEXPs. Os dados foram discutidos em detalhes enfatizando-se a complexidade de suas associações e correlações. Os resultados não são conclusivos, mas apontam tendências que deverão ser exploradas de forma mais aprofundada em próximos estudos.
Título em inglês
Anomalous experiences in the daily life: extrasensorimotor experiences and their association with beliefs, attitudes and well-being
Palavras-chave em inglês
Anomalistic psychology
Anomalous experiences
Attitudes
Attribution of causuality
Religious beliefs
Subjective well-being
Resumo em inglês
The aim of this cross-sectional survey was to verify the prevalence of anomalous extrasensorimotor experiences (or psi experiences) and compare psi experiencers (EXPs) and non experiencers (NEXPs) in terms of demographic variables, beliefs, alternative practices and subjective wellbeing (SWB) levels. In order to collect data, it was used the 35-item Questionário de Prevalência e Relevância de Psi (QPRP) elaborated for this research, and the Escala de Bem-Estar Subjetivo (EBES) (Albuquerque e Trócoli, 2004). From the 306 respondents (age from 18 to 66), 82,7% claimed at least one psi experience. No significant differences between EXPs and NEXPs were found in terms of sex, income, marital status, religion and religiosity. However, EXPs believe significantly more in extrasensory perception, psychokinesis, reincarnation, survival after death, and alternative practices. EXPs indicated that psi experiences have affected their attitudes, beliefs and decisions. Such influence is significantly related to the attribution of causality they make to their own psi experiences. Attributions of causality were coherent to EXPs s beliefs. As to SWB, EXPs tend to punctuate higher in terms of negative affects than NEXPs, what suggests that EXPs have a lower level of SWB than NEXPs. Data were discussed in detail emphasizing the complexity of associations and correlations among them. Results are not conclusive, but point to tendencies which must be explored more profoundly in next studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Machado_DO.pdf (1.40 Mbytes)
Data de Publicação
2010-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.