• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2012.tde-25072012-085946
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Barbosa Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Fernandes, Maria Inês Assumpção (Presidente)
Gomes, Katia Varela
Mendes, Rosilda
Scarcelli, Ianni Regia
Souza, Marilene Proenca Rebello de
Título em português
O programa de DTS/AIDS e a formação em psicologia: determinações e cotradições para o trabalho do psicólogo
Palavras-chave em português
Aids
Doenças sexualmente transmissíveis
Formação do psicólogo
Instituições psicanálise
Psicólogos
Sistema Único de Saúde
Resumo em português
Esta pesquisa foi motivada por nossa experiência de quartorze anos como psicólogo no CRT Centro de referencia e Treinamento em DST/Aids. Tem como objetivo principal o estudo das relações estabelecidas entre os psicólogos, que estão na assistência, com as instituições que embasam seu trabalho: a Formação universitária e o Programa de DST/Aids. Isso se deve ao fato de que os profissionais se apropriam de formas muito variadas, tanto com relação aos aspectos contidos na formação, quanto frente as estratégias difundidas pelo Programa. Algumas vezes essas relações são produtoras de conflitos para a prática do profissional, uma vez que se estabelecem frágeis diálogos com aquilo que a configuração do Programa destina ao trabalho do psicólogo. Sendo assim, nossas perspectivas nessa pesquisa nos insere como sujeito do processo que descrevemos, na medida em que nossa primeira observação parte da experiência enquanto profissional. Para a realização da presente investigação examinamos a formação da psicologia no Brasil e suas principais características legadas. Em seguida, estudamos os processos em que os psicólogos entram para o serviço público de saúde principalmente o SUS, em seguida descrevemos e analisamos as passagens realizadas pelo profissional de psicologia no Programa de DST/Aids. Realizamos entrevistas com quatro psicólogos da instituição que estão em diferentes setores. Compreendemos nossos entrevistados a partir das posições teóricas de René Kaës sobre o sujeito do inconsciente como sujeito do grupo, juntamente com as formações psíquicas exigidas nesses processos. Vimos ao final, que os psicólogos apresentam uma série de pactos organizados pelas Alianças Inconscientes posição teórica definida por esse autor. Tais pactos surgem para produzir determinados apaziguamentos de conflitos que surgem no exercício das atividades dos psicólogos e para que se estabeleça algum nível de adaptação. Discutimos por fim que os processos que sustentam e constroem os pactos institucionais tendem a tornar, como processos defensivos, o enfrentamento das contradições e tensões de modo mais suportável. No entanto, tem-se perdas e prejuízos significativos nesses processos, na medida em que as possibilidades criativas do trabalho e a execução de atividades sofrem ameaças; há perdas que se deve enfrentar. Tais enfretamentos devem estar no âmbito da universidade, do diálogo entre esta e as demandas que se estabelecem pela área da saúde e finalmente pela formação de profissionais mais investigadores
Título em inglês
The IST/Aids Programme and the Psychology University Education: Determinations and contradictions to Psychologists work
Palavras-chave em inglês
Aids
Infectuous Sexually Transmitted IST
Institutions Psychoanalysis
Psycholists
Psychologists and University Education
SUS
Resumo em inglês
This research has been motivated from our fourteen years of experience as psychologist at CRT Centre of Reference and Training on IST/Aids. We have been observed such as different forms of appropriations of the strategies from the programme; sometimes traditionally or others in conflict, by psychologist community. The observation of conflicts related to new needs of approaches in the Aids fields was kept along all our experience in the institution. The forms from which psychologists use the university education in order to give them background are not always steady among them. So, this present work aims to investigate the relations built and kept by psychologists with those responsible institutions for their carrying out work: University Education and the IST/Aids Programme public policies. As first plan, we developed investigation on the origins of psychology in Brazil, considering its main aspects and trends. As following, we studied the formation and organization of public health in Brazil and the belonging process of psychologists to this. After this we studied and analized aspects of the appropriation by psychologists in the IST/Aids Programme and its proposed strategies, in order to verify how psychologists handle with strategies which might be familiar or not to them. We interviewed four psychologists who act out in distinct sectors of CRT. Some of them are much more closed to a sort of clinical work and the two others act out more closed to the Programme strategies. We understood our subjects of research the psychologists from the theoretical position developed by the french psychoanalyst René Kaës, for whom the subject of unconscious as being subject of the group and in the same time there are the particular psychic formation demanded by such processes. In the end, we could observe that the psychologists have been developed an amount of pacts structured by Unconscious Alliances, theory developed by René Kaës. These pacts occur in order to produce such as appeasement of conflicts, present in the institutional activities and still to promote such a kind of adaptation and belonging to the group. We discussed, as last words, that those institutional pacts work as defensive processes, in order to avoid contradictions and tensions and, by other side keeping the life in institution under control. However, one can notice losses and damages during theses processes in that creative potential and the activities work can be threatened. It is important to face all of this in the field of university in dialogue with the strategies proposed by the public health and, as final, one must face that by building investigator professionals, as well
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
martins_do.pdf (1.47 Mbytes)
Data de Publicação
2012-08-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.