• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.47.1997.tde-25092013-151906
Documento
Autor
Nombre completo
Elaine Pedreira Rabinovich
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 1997
Director
Tribunal
Tassara, Eda Terezinha de Oliveira (Presidente)
Bosi, Eclea
Damergian, Sueli
Lefevre, Fernando
Pasternak, Suzana
Título en portugués
Vitrinespelhos transicionais da identidade: um estudo de moradias e do ornamental em espaços sociais liminares brasileiros
Palabras clave en portugués
Adaptação psicológica
Antropologia cultural e social
Habitação (sociologia)
Pobreza (sociologia)
Psicologia social
Resumen en portugués
O objetivo principal deste trabalho é pensar os termos possíveis de análise do ambiente doméstico compreendido como manifestação psico-sociocultural. Para contornar o viés etnocêntrico, a autora desfocou o estudo das "coisas" em um arranjo espacial denominado "moradia" (60 moradias em uma zona urbana paulistana) para a "não-coisa": a não-casa (49 "casas" de semcasa), o não-corpo (túmulos em cemitérios), e o não-urbano (20 casas vemaculares do interior nordestino). Desdobramentos sucessivos e complementares sugeriram matrizes virtuais semânticas organizadas, dialeticamente, em um hiper-espaço, nos seguintes termos: simbólica; corporiedade; temporalidade; poética. A aplicação destes termos aos estudos de caso de onde eles provieram deu origem aos capítulos: a casa como símbolo; como corpo; como tempo; como poesia. Cada um destes termos foi analisado tanto de um ponto de vista genético quanto genealógico. Deste método, um outro termo, a brasilidade, emergiu do cruzamento de dois tipos de cultura, a do "corpo" e a da "coisa", permitindo a percepção da brasilidade como decorrendo de uma organização societária híbrida, mestiça, multicultural, sincrética e liminar. A liminaridade como uma condição da brasilidade seria uma condição histórica do sujeito psicossocial brasileiro- que se comporta segundo elementos reprodutíveis que sugerem haver uma des-territorização em torno de uma "mátria", uma língua materna onde, através de um ritual transformista, conteúdos novos são continuamente incorporados e re-semantizados, através de um movimento antropofágico que permite que mudança e tradição coexistam. E' hipotetizada uma vacuidade como mito original responsável pela liminaridade como condição sócio-historicamente (des)construída do ser-brasileiro.
Título en inglés
Transitional mirroredwindows of identity: a study of dwellings and of the ornamental in Brazilian liminal social spaces
Resumen en inglés
This study aims to propose terms of analysis of the domestic environment seen as a psycho­ social-cultural manifestation. Three successive case studies were considered in order to bypass the ethnocentric bias. From the study of things displayed in a spatial arrangement named dwelling (60 houses in a São Paulo urban zone) there was a divergent focus to the study of non-thing: non-house (49 houses of homeless people), non-body (tombs in cemeteries) and non-city (20 houses in a Brazilian northeast rural zone). Successive, complementary and unfolding analysis suggested a virtual semantic matrix, dialecticly organized in a hyper-space, whose terms were seen to be: symbol; corporality, temporality and poelics. The application of these terms to the case studies that originated them resulted in the following chapters: the house as symbol; as body; as lime; as poetry. Each of these terms were analysed both from a genetical and a genealogical method. From this method, another term emerged called brazility. Two types of culture were depicted: the culture of things and the culture of the body, meaning two complementary sets of cultivation values and practices. From the overlapping of these two kinds of cultures, brazility was seen as a syncretical, hybrid, mestizo and multicultural societal organization, stemming from a liminal condition. This condition of liminality was supposed to be a historical condition of the psycho-social Brazilian subject, whose behaviors consistently suggested a des-territoriality around a motherland, a mother tongue, where, by a transformist ritual, new meanings were continously incorporated and re-meant through an anthropophagical movement allowing changing and tradition to coexist. It was hypothesized that liminality has originated from a vaccum as the original myth of the socio-historically (de)constructed condition of the Brazilian-being.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2013-12-03
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.