• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2016.tde-27092016-122125
Documento
Autor
Nome completo
Fatima Cristina Costa Fontes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Paiva, Geraldo Jose de (Presidente)
Bruscagin, Claudia Beatriz Stockler
Safra, Gilberto
Toloi, Maria Dolores Cunha
Vasconcelos, Esdras Guerreiro
Título em português
Terapia sociocomunitária, estilo de coping religioso/espiritual e qualidade de vida: Investigando relações
Palavras-chave em português
Estilo de Coping Religioso
Qualidade de vida
Terapia sociocomunitária
Resumo em português
Esta pesquisa teve como objetivo geral investigar as relações entre a Terapia Sociocomunitária, estilos de coping religioso/espiritual e qualidade de vida. A Terapia Sociocomunitária é uma intervenção psicossocial criada pela pesquisadora que utiliza a metodologia psicodramática de Moreno, a Técnica de Construção de Imagens (TCI) de Rojas-Bermudez e alguns elementos do enquadre terapêutico da Terapia Comunitária de Barreto. As referências teóricas e conceituais da pesquisa foram o Psicodrama (Moreno), os estudos de Coping Religioso e de Estilos de Coping de Pargament e a proposta de bem-estar psicológico de Ryff e Keyes. O desenho metodológico da pesquisa, ancorado na Metodologia Multidimensional de Morin e desenvolvido no formato de Estudo de Casos, de Yin, foi composto por oito participantes da Terapia Sociocomunitária; todas eram mulheres, com idade variando de 40 a 66 anos, que se declararam predominantemente evangélicas batistas. Como instrumentos metodológicos, foram utilizados questionário geral sobre dados sociodemográficos e vida religiosa dos participantes e entrevista de profundidade. Os resultados, obtidos a partir da Análise dos Sentidos de Aguiar e Ozella e explicitados através dos núcleos de significação, atestaram a relação entre a participação na Terapia Sociocomunitária e o incremento no uso do estilo de coping religioso colaborativo, bem como também evidenciaram-se mudanças no padrão religioso dos participantes, que apontaram para uma maior intimidade e liberdade com Deus e com as práticas religiosas. Verificou-se também uma melhor qualificação de vida dos participantes, expressa através dos seguintes elementos do bem-estar psicológico: a autoaceitação, o crescimento pessoal, o propósito de vida e o relacionamento positivo com outras pessoas. Conclui-se que esta pesquisa colabora para a produção de conhecimento tanto no campo da Psicologia da Religião quanto no campo das psicoterapias e dos estudos de qualidade de vida, mas propõe que, devido à sua restrita circunscrição, outros estudos devam ser realizados, ampliando assim os resultados aqui verificados no que se refere a um número maior de participantes, que sejam de ambos os sexos, com pessoas de outras adesões religiosas, a partir de outras abordagens interventivas e através de outros caminhos metodológicos, incluindo os estudos quantiqualitativos
Título em inglês
Socio-community Therapy, Spiritual/Religious Coping style and quality of life: investigating relations
Palavras-chave em inglês
Quality of life
Religious Coping Style
Social and Community Therapy
Resumo em inglês
The overall objective of this research was to investigate the relationship between the Socio-Community Therapy, spiritual/religious coping styles and quality of life. The Socio-Community Therapy is a psychosocial intervention created by the researcher who uses Moreno´s Psychodrama Methodology, the Rojas-Bermudez´s Image Construction Technique (ICT) and some elements of the therapeutic pattern of Barreto´s Community Therapy. The conceptual and theoretical references of the research were Psychodrama (Moreno), Pargaments studies of Religious Coping and Coping Styles, and Ryff´s and Keyes´ psychological well-being proposal. The research methodological design, anchored in Morin´s Multidimensional Methodology, and developed in the Yin case studies format, was composed of eight participants of the socio-community therapy, being all women aged 40-66, who declared themselves predominantly Evangelical Christian Baptists. A general questionnaire on sociodemographic and religious life of the participants and depth interview were used as methodological instruments. The results from the analysis of senses of Aguiar and Ozella, and expressed through the meaning core, testified the relationship between participation in the socio-community therapy and increased use of collaborative religious coping style, as well as demonstrated changes in the religious pattern of the participants that pointed to a greater intimacy and freedom with God and religious practices. There was also a better qualification of life of participants expressed through the following elements of psychological well-being: the self-acceptance, personal growth, life purpose and positive relationships with other people. It is concluded that this research contributes to the production of knowledge both in the field of Psychology of Religion and Psychotherapies, and studies of quality of life, however, due to its limited constituency it suggests that other studies should be conducted, expanding then the results verified here with regard to a greater number of participants that are of both genders, with people of other religious adhesions, from other interventional approaches and through other methodological approaches, including quanti-qualitative studies
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
fontes_do.pdf (1.82 Mbytes)
Data de Publicação
2016-09-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.