• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2009.tde-17122009-084533
Documento
Autor
Nome completo
Camila Silva Siqueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Chadi, Gerson (Presidente)
Maximino, Jessica Ruivo
Visconti, Maria Aparecida
Título em português
Influência da adrenalectomia bilateral nos eventos neurodegenerativos no modelo do parkinsonismo experimental pela 6-OHDA nigral. Enfoque aos mecanismos parácrinos gliais envolvidos na neuroproteção e cicatrização
Palavras-chave em português
Corticosterona
Doença de Parkinson
Matriz extracelular
Neurodegeneração
Resumo em português
Este trabalho tem o objetivo avaliar o efeito da adrenalectomia bilateral no processo neurodegenerativo e cicatricial na via nigro estriatal dopaminérgica lesada pela 6- hidroxidopamina (6-OHDA) em ratos, e deste modo contribuir para a interpretação dos efeitos dos hormônios adreno esteróides nos processos neurodegenerativos e neurotróficos nas lesões do sistema nervoso central. Ratos Wistar adultos jovens foram submetidos à cirurgia de retirada bilateral das glândulas adrenais ou cirurgia simulada para a mesma. Após 2 dias, os animais foram submetidos à cirurgia estereotáxica para lesão do sistema nigro estriatal dopaminérgico através da injeção unilateral de 6-OHDA na substância negra. Os animais receberam diariamente doses de reposição hormonal de corticosterona (10mg/kg) ou solução veículo. Após um período de 72 horas, 1 semana e 3 semanas, os animais foram sacrificados por decapitação, e as regiões do mesencéfalo ventral e corpo estriado foram dissecados bilateralmente. O tecido foi processado para o método de Western blot onde foram analisados os seguintes marcadores: tirosina hidroxilase (TH enzima que participa da via de conversão da dopamina), proteína ácida fibrilar glial (GFAP proteína do filamento intermediário do citoesqueleto do astrócito), bem como as moléculas da matriz extracelular fosfacan, neurocan, sulfato de condroitina e NG2, a proteína Laminina e finalmente, o fator de crescimento fibroblástico-2 (FGF-2) na região do mesencéfalo ventral, onde observa-se ações tróficas nos neurônios dopaminérgicos nigras que podem exercer efeitos no processo inflamatório pelas suas ações gliogênica e angiogênica. Deste modo, a neurodegeneração dopaminérgica foi avaliada pelos níveis da TH, a ativação astrocitária pelos níveis da GFAP, o processo de cicatrização pela regulação das moléculas da matriz extracelular e as respostas tróficas pelo FGF-2. Pelos resultados obtidos é possível que hormônios glicocorticóides adrenais modulem os elementos envolvidos na neurodegeneração e reparo e cicatrização do sistema dopaminérgico.
Palavras-chave em inglês
Corticosterone
Extracellular matrix
Nervedegeneration
Parkinsons disease
Resumo em inglês
This study has the objective to evaluate the effect of the bilateral adrenalectomy in the neurodegenerative process and cicatrization on the nigroestriatal pathway injury through 6-hydroxydopamine (6-OHDA) in rat, and in this way contribute for the interpretation of the adreno esteroides hormones effects in the neurodegenerative and neurotrophics process in the central nervous system.injury Adult rats wistar were submitted in a surgery to take the bilateral adrenal gland or a simulate surgery of the same. After 2 days the animals was involved into a stereotaxic surgery to nigroestriatal dopaminergic lesion with a unilateral injection of the 6-OHDA in the nigra. The animals received daily corticosterone hormonal (10mg/kg) or vehicle solution. After a period of 72 hours, 1 week and 3 weeks, the animals were decapitated, and the regions of the ventral midbrain and striatum it was bilaterally dissected. The tissue was processed by Western blot method and analyzed for the following markers: tyrosine hydroxylase (TH - enzyme that join of the dopamine conversion pathway), glial fibrilar acid protein (GFAP protein of the intermediary filament of the astrocyte citoesqueleto, the moleculars extracellular matrix phosphacan, neurocan, chondroitin sulfate and NG2, the Laminin protein and finally, the neurotrophic factor (FGF-2) in the region of ventral midbrain, where watched trophic actions in the dopaminergic neurons that could have effects in the inflammatory processes by your gliogenic and angiogenic actions. In this way, the dopaminergic neurodegeneration was evaluated by the TH levels, the astrocytary activation by the GFAP levels, the cicatrization processes by the molecules regulation of the extracellular matrix and the trophics FGF-2 answers. By the results it is possible that adrenal glucocorticoid hormones modulate the elements involved in neurodegeneration, repair and cicatrization of the dopaminergic system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Mestrado_Siqueira.pdf (3.81 Mbytes)
Data de Publicação
2010-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.