• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.47.2011.tde-20042012-114625
Documento
Autor
Nombre completo
Roseli Lage de Oliveira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Gorenstein, Clarice (Presidente)
Cordeiro Junior, Quirino
Savoia, Mariangela Gentil
Silvares, Edwiges Ferreira de Mattos
Uchida, Ricardo Riyoiti
Título en portugués
Estudo comparativo da adição da terapia cognitivo comportamental e da psicoeducação ao tratamento padrão do transtorno bipolar em idosos
Palabras clave en portugués
Idosos
Terapia cognitivo-comportamental
Transtorno bipolar
Resumen en portugués
O Transtorno Bipolar [TB] é uma doença crônica e recorrente, que traz prejuízos significativos para o indivíduo. No idoso bipolar as recorrências são cada vez mais rápidas e os episódios mais longos, com um elevado risco de desenvolvimento de um quadro demencial, estando também estas associadas as alterações inerentes ao processo de envelhecimento. O presente estudo teve por objetivo comparar os benefícios da adição da Terapia Cognitivo Comportamental [TCC] e da Psicoeducação [PE], em grupo, ao Tratamento Padrão [TP] terapêutica farmacológica convencional do TB em idosos. Realizou-se um estudo controlado, com a amostra distribuída por conveniência e avaliação cega das medidas de desfecho. Os instrumentos utilizados foram o Protocolo de Pesquisa para a caracterização sociodemográfica e o histórico clínico, a Escala de Depressão Geriátrica, a Escala de Avaliação de Mania de Young Modificada, o Questionário de Crenças Irracionais, o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos Lipp e o Inventário de Qualidade de Vida. Os critérios de inclusão para o estudo foram ter TB tipo I ou II, com idade igual ou superior a 60 anos, estar eutímico ou em remissão parcial dos sintomas, a ausência de um quadro demencial ou de delirium. Os participantes foram distribuídos em três grupos, o da adição da TCC ao TP, o da adição da PE ao TP e apenas o TP. Os participantes foram avaliados antes e após a intervenção. As intervenções em grupo ocorreram em 21 encontros semanais, com uma hora e trinta minutos de duração cada. Participaram do estudo 26 idosos bipolares, com a média etária de 66,6 anos, sendo a maioria do sexo feminino (65,4%), casada (50%) e morando com o cônjuge (26,9%). Os resultados demonstraram a equivalência das amostras antes da intervenção. Após esta, observou-se no grupo da TCC uma redução significativa dos sintomas de mania (p=0,034), do padrão de crenças irracionais (p=0,046) e da média das crenças pontuadas (p=0,019). Não houve mudanças significativas nos grupos da PE e do TP. Notou-se na amostra total um aumento significativo do nível de estresse (p=0,014) e da qualidade de vida na área da saúde (p=0,046), no período pós-intervenção. Quanto ao desfecho clínico, o grupo da TCC foi o que se manteve estável por um maior período de tempo, quando comparado com os demais grupos, mas isto não foi significativo. Neste estudo observou-se que o grupo da TCC foi o que mostrou melhores resultados e que se manteve em eutimia por um maior período de tempo. Embora os estudos de acompanhamento ao longo do tempo com idosos sejam difíceis de serem conduzidos, devido à maior desistência ao longo destes, sugere-se a realização de estudos longitudinais, controlados, que visem a desenvolver protocolos de intervenção para o tratamento dos idosos bipolares, proporcionando uma melhora na sua qualidade de vida e um envelhecimento saudável
Título en inglés
Comparative study of the addition of cognitive behavioral therapy and psychoeducation to standard treatment of bipolar disorder in the elderly
Palabras clave en inglés
Aged
Bipolar disorder
Cognitive therapy
Resumen en inglés
The Bipolar disorder [BD] is a chronic and recurrent disease, which brings significant impairment to the individual. For the elderly bipolar patients, recurrences are even faster and episodes are, usually, longer and with a high risk of developing dementia symptoms. It is, also, associated with inherent changes during the process of aging. This study aimed to compare the benefits of adding cognitive behavioral group therapy [CBT] and psychoeducation group therapy [PE], in elderly bipolar patients under standard treatment [ST], i.e., conventional pharmacological therapy. The present study was a controlled one, with the sample distributed by convenience and with a blind evaluation of outcome measures. The instruments used were: a Research Protocol for the socio-demographic characterization and clinical history, the Geriatric Depression scale, the scale of Assessment of Modified Young Mania, the Irrational Beliefs Questionnaire, the Lipp Inventory of Stress Symptoms for Adults and Quality of Life Inventory. The study criteria for inclusion were patients with BD type I or II, who were clinically described as euthymic or in partial remission of symptoms, aged 60 years or over, in absence of dementia or delirium symptoms. Participants were distributed into three groups: (a) the addition of CBT to ST, (b) the addition of PE to ST and (c) only ST. Participants were assessed at baseline and at the end of the intervention. Group interventions occurred in 21 weekly meetings lasting an hour and thirty minutes long each. The participants were elderly bipolar (n=26), mean age of 66.6 years, most females (65.4%), married (50%) and living with the spouse (26.9%). The baseline evaluation showed an equivalence of symptoms among the patients. After the intervention, the CBT plus ST group showed a significant reduction of symptoms of mania (p = 0.034), a lower pattern of irrational beliefs (p = 0.046) and a lower score of punctuated beliefs (p = 0.019). There were no significant changes in the groups of the PE and the ST. Also, all participants showed a significant increase in the stress level (p = 0.014) and in quality of life concerning health area (p = 0.046). As for the clinical outcome, CBT Group remained stable for a longer period of time, when compared with the other groups, but this was not a significant result. Nevertheless, CBT group remained euthymic much longer and showed a better outcome compared to the other ones. Follow-up studies with elderly patients are difficult to be conducted due to the great withdrawal over time, as so, it is suggested controlled longitudinal studies, aimed to develop intervention protocols for the treatment of elderly bipolar, providing an improvement in their quality of life and a healthy aging
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
oliveira_do.pdf (2.31 Mbytes)
Fecha de Publicación
2012-05-15
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.