• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2011.tde-04082011-115006
Documento
Autor
Nome completo
Valéria Cordeiro Fernandes Belletati
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Maria Isabel de (Presidente)
Bicalho, Maria Gabriela Parenti
Moraes, Teresa Cristina Rebolho Rego de
Pimenta, Selma Garrido
Rivas, Noeli Prestes Padilha
Título em português
Dificuldades de alunos ingressantes na universidade pública: alguns indicadores para reflexões sobre a docência universitária
Palavras-chave em português
alunos ingressantes
dificuldades acadêmicas
formação contínua
inclusão social na universidade pública
pedagogia universitária
Resumo em português
A elitização da universidade pública brasileira é a preocupação central desta investigação. Com os programas de inclusão social, tem-se possibilitado maior representatividade de alunos em condições socioeconômicas desfavoráveis nestas instituições. Na Universidade de São Paulo USP, locus escolhido para esta pesquisa, o Programa de Inclusão Social INCLUSP, desde 2007, tem favorecido a entrada de alunos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas, majoritariamente constituída por alunos em condições menos favorecidas da sociedade brasileira. Teve-se como objetivo trazer elementos que possibilitassem pensar a docência universitária no sentido de favorecer trajetórias acadêmicas de sucesso destes alunos, entendidas como possibilidade de formação profissional, científica e política, função que atribuímos à universidade pública, que se entende concretizar-se na promoção do ensino profissional indissociado da pesquisa e da extensão. Para tanto, realizou-se a coleta de dados por meio de dois questionários abertos, respondidos por escrito pelos sujeitos, em momentos diversos. Com o primeiro questionário buscou-se identificar dificuldades de alunos ingressantes que cursaram todo o ensino médio comum em escolas públicas. Na segunda etapa, intentou-se perceber a permanência ou não das dificuldades apontadas no ano seguinte ao ingresso e a forma como os sujeitos lidavam com estas dificuldades. A coleta de dados ocorreu em três cursos da USP que apresentaram maiores índices de evasão de alunos que cursaram o ensino médio comum público, entendida como uma forma de exclusão. Foram identificadas como principais dificuldades acadêmicas, que se constituem em entraves a uma trajetória de sucesso: a exiguidade do tempo e sua má gestão; a opção por uma abordagem superficial de aprendizagem; a quantidade e complexidade dos conteúdos; o desânimo frente a situações de insucesso; dificuldades de convivência acadêmica. A partir do estudo foi possível apontar como demandas à docência a necessidade de reflexões sobre a função social da universidade e sobre a baixa representatividade de alunos em condições socioeconômicas desfavoráveis, especialmente, nos cursos mais prestigiados; identificar e refletir sobre as dificuldades dos ingressantes, tendo-se em conta a diversidade entre os cursos e entre os sujeitos-alunos; considerar aspectos relativos à gestão do tempo como conteúdos de ensino, versando sobre o como e o que estudar e aprender considerando que estes se encontram em processo de afiliação e de construção de novas formas de se relacionar com o saber; de repensar sobre as funções das atividades avaliativas, a organização do currículo e de atividades de aprendizagem e, a importância do professor criar possibilidades ou atividades que favoreçam a convivência acadêmica, contribuindo para integração e afiliação do ingressante. Tais demandas indicariam a necessidade de uma formação contínua de professores universitários, especialmente pela exigência de pouca ou nenhuma formação pedagógica para a docência neste nível de ensino, no sentido da formação de docentes reflexivos no âmbito do conceito de desenvolvimento profissional docente, favorecendo a constituição de bases pedagógicas para que o professor tenha referências mais amplas para sustentar o trabalho de ensinar.
Título em inglês
First-year students' difficulties in public universities: signals of the need of reflections about university teaching.
Palavras-chave em inglês
academic difficulties
continuous improvement
freshman students
social inclusion in public universities
university pedagogy
Resumo em inglês
The concentration of Brazilian public universities on the elite is the central concern of this research. Inclusion programs have provided the possibility of a greater representation of students in unfavorable socioeconomic conditions in these institutions. At the University of São Paulo USP, chosen locus for this research, the inclusion program INCLUSP, has, since 2007, favored the admission of students who studied their entire high school in public schools, which, in Brazil, are majorly composed of students in societys less favorable conditions. An objective of this research is to provide elements that promote university teaching in the sense of favoring a successful academic career for these students, which is understood as the possibility of professional, scientific and political education, role which we attribute to public universities and is perceived to be realized by the promulgation of professional teaching coalesced with research and extension. For that purpose, data was collected through two open questionnaires, which were answered in writing by the subjects of this research at different moments. The first questionnaire looked to identify the main difficulties that freshmen students who attended public high schools have in their first year at the university. The second stage sought to establish whether the difficulties brought up during the first stage lasted through the year following the subjects admission or not, and how they had dealt with these difficulties. The data collection occurred in three courses of the University of São Paulo which presented lower retention of students who attended public high schools, which is interpreted as a form of exclusion. The main academic difficulties that were identified, which constitute barriers to a successful trajectory, were: the exiguity of time and its bad management; the choice of a superficial approach to schooling; the quantity and complexity of contents; the frustration when confronted with unsuccessful situations; and difficulties with academic daily life. From the study it was possible to extract as demands of the teachers the necessities: of reflecting about the social function of the university and the low representation of students in unfavorable socioeconomic conditions, especially in more prestigious courses; of identifying and reflecting about difficulties freshmen students have, keeping in mind the differences between courses and subjects-students; of considering aspects of time management as teaching contents, emphasizing how and what to study and learn considering that the students are in a process of affiliation and construction of new forms of relating to knowledge; of rethinking about: the function of evaluative activities, how the curriculum and the learning activities are organized and the importance of the professor creating possibilities and activities that favor the academic daily life, contributing to the affiliation and integration of the newcomer. Such demands indicate the need of continuous development of university professors, especially due to the low requirement of pedagogical formation of teachers in this level of teaching, as to create reflective teachers, favoring the construction of pedagogical bases so that the professor has more ample references to support the work of teaching.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
VALERIA.pdf (3.08 Mbytes)
Data de Publicação
2011-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.