• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2006.tde-05062007-110016
Documento
Autor
Nome completo
Cristina Leite
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Hosoume, Yassuko (Presidente)
Bisch, Sérgio Mascarello
Damineli Neto, Augusto
Kawamura, Maria Regina Dubeux
Macedo, Lino de
Título em português
Formação do professor de Ciências em Astronomia: uma proposta com enfoque na espacialidade.
Palavras-chave em português
Aprendizagem
Astronomia
Ensino
Ensino de Ciências
Espacialidade
Formação Continuada de Professores
Resumo em português
Trata-se do desenvolvimento e da avaliação de um curso de formação continuada no tema da Astronomia, dirigido aos professores de Ciências da escola pública de São Paulo. Cerca de treze atividades foram articuladas, levando-se me consideração o desenvolvimento de elementos da espacialidade, como proporções e mudanças de perspectivas. A principal razão desse enfoque está na grande dificuldade dos professores em relação ao que Piaget chama de 'centração' ou 'não coordenação' de perspectivas, ou seja, um apego ao ponto de vista único e primeiro, com ausência de articulações entre o que eles vêem e aquilo que estudam. Dessa forma, o embate entre as observações primeiras e, algumas vezes, ingênuas dos professores e o conhecimento cientifico em questões fizeram parte de todas as atividades do curso. Algumas das atividades do curso são: debates sobre a forma da Terra e dos demais astros, movimentos da Lua e da Terra na explicação dos fenômenos, a construção em escala das dimensões 'tempo' e 'espaço' no estudo das proporções e da dinâmica de movimento dos planetas no Sistema Solar, visita a um planetário e estudo de um programa simulador da observação celeste. Também fez parte do curso a discussão sobre o aprendizado dos professores em relação à forma, às proporções e, principalmente, ao estabelecido estabelecimento de conexões entre o todo e a parte, relativas não apenas aos objetivos astronômicos como às relações entre eles através dos fenômenos. Participaram da pesquisa dez professores de Ciências que já tinham ministrado conteúdo de Astronomia no ensino fundamental. Uma construção tridimensional do Universo através de uma maquete, realizada individualmente, foi utilizada como pré-teste. No final do curso, em re-olhar avaliativo de cada professor sobre a sua construção inicial fez parte da avaliação do curso. O material de analise, além dos pré e pós-teste, foram gravações em vídeo das atividades e gravações e áudio das avaliações diárias dos membros da equipe de pesquisadores. Verificamos que os temas que necessitamos de mudanças de perspectivas mais freqüentes foram os mais difíceis de serem compreendidos, como as fases da Lua, em que os movimentos tanto da Lua quanto da Terra nos obrigam a rever constantemente suas posições relativas. Os professores relatam em vários momentos que sua percepção em relação à Terra, à Lua, às estações do ano e às proporções do Sistema Solar melhorou muito e que a natureza tridimensional das atividades foi importante para a compreensão da composição espacial dos astros, tornando a concepção destes mais real e dinâmica para eles. Observamos, pela natureza das reflexões dos professores, que este curso ultrapassou a dimensão do conteúdo, possibilitando a eles re-pensarem a sua prática docente ao tomar consciência das habilidades e das dificuldades inerentes a estufo da Astronomia.
Título em inglês
Formation of Science teacher in Astronomy: a proposal with focus in three-dimensional space.
Palavras-chave em inglês
Astronomy
Continuing Teaching
Learning
Science Teaching
Teaching
Three-dimensional space
Resumo em inglês
It is about the development and the evaluation of a course of continuing teaching in the theme of the Astronomy, to the Science teachers of the public school of São Paulo. About thirteen activities were articulated, being taken into account the development of elements of the three-dimensional space, as proportion and perspective changes. The main reason of that focus is the teacher's great difficulty concerning to what Piaget calls centered or no coordination of perspectives, in other words, an insistence on the only and first point of view, with absence of articulations between what they see and what they study. In what, the confrontation between the first and, sometimes, naïve observations of the teachers and the scientific knowledge was part of all of the course activities. Some of the course activities were: debates about the form of the Earth and the other stars, movements of the Moon and of the Earth for the explanation of the phenomena, the construction in scale of 'time' and 'space' during the study of the proportions and the dynamics of the planets movement in the Solar System, the visitation of a planetarium and the study of a program simulator of the celestial observation. The teachers' learning about the form, the proportion and, mainly, the establishment of connections between the whole and the part, relative not just to the astronomical objects, but also to the relationship among them through the phenomena were also part of the course discussion. Ten teachers of science that already taught contents of Astronomy in the elementary school participated in the research. The individual construction of a three-dimensional Universe through a maquette was used as pretest. As part of the course evaluation, each teacher evaluated his/her own initial construction. Video recordings of the activities and audio recordings of the daily evaluations of the members of the researchers' team were also material of analysis. We verified that the themes that need more frequent changes of perspectives were the most difficult of being understood, as the phases of the Moon, in which the movements of the Moon and of the Earth force us to review their relative positions constantly. The teachers tell in several moments that their perception of the Earth, of the Moon, of the seasons and of the proportion of the Solar System got better and that the three-dimensional nature of the activities was important to the comprehension of the spatial composition of the stars, turning this conception more real and dynamic for them. We observed, by the nature of the teachers' reflections, that this course crossed the dimension of the content, making possible for them to reflect about their educational practice when they take conscience of the abilities and the inherent difficulties to the Astronomy study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseCristinaLeite.pdf (3.57 Mbytes)
Data de Publicação
2007-12-05
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • LEITE, Cristina, e HOSOUME, Yassuko. Explorando a dimensão espacial na pesquisa em ensino de astronomia. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias [online], 2009, vol. 8, n. 3, p. 797-811. [acesso 2011-11-01]. Disponível em : <http://reec.uvigo.es/volumenes/volumen8/ART3_Vol8_N3.pdf>
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.