• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2014.tde-09122014-113509
Documento
Autor
Nome completo
Liane Geyer Poggetti Gonçalves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Santos, Vinicio de Macedo (Presidente)
Curi, Edda
Domite, Maria do Carmo Santos
Título em português
Professoras das séries iniciais do ensino fundamental e as orientações curriculares oficiais para o ensino de matemática: um estudo dessa relação
Palavras-chave em português
Ensino de matemática
Formação de professores
Orientações didáticas oficiais
Professoras dos anos iniciais do ensino fundamental
Resumo em português
O presente estudo, de natureza qualitativa, foi desenvolvido entre 2012 e 2013, com professoras das séries iniciais do Ensino Fundamental, de uma escola da rede estadual de ensino de São Paulo. Adotando como referência o ponto de vista das professoras, buscou-se discutir o papel, em sua prática de ensino da Matemática, das concepções e do modo de ensinar sugeridos pelos programas curriculares oficiais, e dos saberes e concepções decorrentes de sua própria história, englobando sua formação inicial e sua experiência docente; discutiu-se, também, o papel da formação continuada, que recebem na instituição em que lecionam, cujo propósito principal é prepará-las para lidar com as orientações oficiais para o ensino de Matemática. O desenvolvimento da pesquisa teve como referência estudos como os de Fiorentini (1995, 2003), Abreu (1995, 2000), Curi (2005), Garcia Blanco (2003), Ponte (1992, 1999, 2012), Nacarato, Mengali e Passos (2009), Canavarro (2003), Tardif (2010, 2012), Nóvoa (2012), Chacon (2003) e Sacristán (1998), dentre outros, e a utilização de questionários, entrevistas e aplicação de um caso de ensino. Esses instrumentos de coleta de dados tiveram como objetivo captar as concepções e ideias dos sujeitos sobre a Matemática e seu ensino, sobre sua formação inicial e continuada, os saberes que priorizam e que lançam mão para sua tarefa letiva, e sobre o modo como articulam as propostas e concepções dos programas curriculares oficiais nesse contexto. Os resultados revelaram algumas incoerências entre o discurso das professoras e a prática letiva proposta pelos documentos oficiais, ou seja, ao planejar e refletir sobre sua tarefa educativa, as professoras trouxeram, com muita ênfase, concepções provenientes de diversas fontes - seu modo de ser, fazer e de entender a Matemática, - independentemente das orientações curriculares oficiais que recebem. Os dados também tornaram evidente a fragilidade da formação continuada oferecida na escola, no sentido de ajudar as professoras a refletir e tomar consciência de suas próprias concepções, das concepções presentes nos documentos oficiais e de estabelecer uma relação comparativa entre ambas, a fim de que pudessem transformar e criar situações didáticas coerentes com a abordagem proposta pelas orientações oficiais para o ensino de Matemática.
Título em inglês
Teachers of the initial grades of elementary school and the official curriculum guidelines for the teaching of Mathematics: a study of this relationship
Palavras-chave em inglês
Elementary school first-grade teachers
Official educational orientations
Teachers' education
Teaching of mathematics
Resumo em inglês
The present qualitative research was carried out between 2012 and 2013 with teachers who have worked at the first grades of Elementary School at a public school in São Paulo. Having as a reference the teachers' viewpoints on their own practices concerning the teaching of Mathematics, the study aimed at discussing the value and the role of the concepts as well as the teaching procedures that are suggested in the official educational guides and the knowledge and the concepts which originate from their own history, including their initial education and experiences as teachers. It also aimed at discussing the role of the continuing education teachers are offered in the places where they work, which has as its main objective to prepare them to deal with the official orientations. The development of this research had the studies of Fiorentini (1995, 2003), Abreu (1995, 2000), Curi (2005), Garcia Blanco (2003), Ponte (1992, 1999, 2012), Nacarato, Mengali & Passos (2009), Canavarro (2003), Tardif (2010, 2012), Nóvoa (2012), Chacon (2003) and Sacristán (1998), among others, as its theoretical support, and the use of questionnaires and interviews as well as the application of a teaching case. Those tools for data collection were used as a means to gather the subjects' concepts and ideas about Mathematics and its teaching, about their initial and continuing education, the knowledge that they favor, which one they put into practice, and the way they articulate the proposals and concepts of the official syllabus guides in that context. The results revealed some inconsistencies between teachers' discourses and the teaching practices suggested in the guides, i.e. while planning and reflecting upon their pedagogical task, teachers emphatically presented concepts which originated from different sources - their way of being, doing, and understanding Mathematics -, independently of the official syllabus orientation they have received. The data also made it evident the fragility in the continuing education offered by the school as an attempt to help teachers reflect upon and raise awareness of their own concepts and of the concepts presented in the guides as well as to establish a comparative relationship between them so that they could transform and create educational moments which are coherent to the official orientations for the teaching of Mathematics.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LIANE_GEYER_POGGETTI.pdf (976.96 Kbytes)
Data de Publicação
2014-12-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.