• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2008.tde-13062008-162039
Documento
Autor
Nome completo
Sumiko Oki Shimono
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Maria Luisa Sprovieri (Presidente)
Baumel, Roseli Cecilia Rocha de Carvalho
Caiado, Katia Regina Moreno
Título em português
Educação e trabalho: caminhos da inclusão na perspectiva da pessoa com deficiência.
Palavras-chave em português
Deficiência
Diferença
Escola
Família
Inclusão
Trabalho
Resumo em português
Este trabalho propõe um estudo sobre as histórias de vida de pessoas com deficiência incluídas no mercado formal de trabalho. Apresenta depoimentos de pessoas bem sucedidas no processo de inclusão e suas trajetórias entre a vida escolar e o trabalho. A implantação de políticas públicas para garantir os direitos de cidadania das pessoas com deficiência, trouxe para o debate a inclusão social. Nos últimos anos a oferta de vagas nas empresas públicas e privadas vem modificando o cenário de exclusão desse grupo social. Discute-se a falta de qualificação profissional de pessoas com deficiência como um dos obstáculos ao seu ingresso no mercado de trabalho. O acesso à educação representa um dos pilares da inclusão dessas pessoas. Entende-se que o debate acerca da inclusão envolve a participação dos principais protagonistas desse processo. Utilizou-se de narrativas autobiográficas como acesso às experiências vividas pelos sujeitos com o objetivo de levantar aspectos facilitadores e dificultadores na relação com o meio social. Considera-se a história oral como reveladora de elementos individuais e coletivos, entendendo o sujeito dentro de um contexto histórico e cultural. A pesquisa envolveu pessoas com deficiência física, auditiva, visual e intelectual. Os resultados confirmam o acesso à educação como garantia de inserção no mercado formal de trabalho. Destaca a importância do papel desempenhado pela família nesse processo. A trajetória bem sucedida não exclui experiências de discriminação vividas na escola e no trabalho. A autonomia das pessoas com deficiência facilita sua integração no ambiente, conduzindo ao enfrentamento das barreiras do preconceito. A reação contra os estereótipos da deficiência e o respeito às diferenças, favorecem a inclusão social.
Título em inglês
Education and work: inclusion paths from the perspective of the disabled.
Palavras-chave em inglês
Difference
Disability
Family
Inclusion
School
Work
Resumo em inglês
This paper proposes a study about life histories of disabled people included in the formal job market. It presents statements of people that succeeded in the social inclusion process and their paths between school and work. The implementation of public policies to guarantee the disabled's citizenship rights has brought the social inclusion to the debate. In the last years, the job vacancies in public and private companies have been changing the picture of this social group exclusion. However, the lack of professional qualification of people with disabilities has been considered to be one of the obstacles to their entrance to the job market. The access to education represents therefore one of the pillars of these people's inclusion. The debate over the inclusion involves the participation of the main characters in this process. Autobiographical narratives have been used as an access to the disabled's life experiences in order to raise aspects that have made their relation with the social circle easy and difficult. The speaking history has been considered to be a revealing tool of individual and collective elements, including the disabled in the historical and cultural context. The research involved people with physical, hearing, visual and mental disabilities. The results confirm that the access to education is a guarantee of inclusion in the formal job market. This paper also points out the importance of the role played by the family in this process. The successful path does not exclude discrimination experiences gone through at school and at work. The autonomy of people with disabilities makes their social inclusion easier, which leads to their prejudice obstacles overcoming. The reaction against the disability stereotypes and the respect for the differences favor the social inclusion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DissertacaoSumiko.pdf (553.03 Kbytes)
Data de Publicação
2008-07-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.