• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.48.2010.tde-14062010-160248
Document
Auteur
Nom complet
Paula de Souza Lima Chernicharo
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2010
Directeur
Jury
Trivelato, Silvia Luzia Frateschi (Président)
Carvalho, Anna Maria Pessoa de
Ferreira, Marcia Serra
Titre en portugais
Práticas docentes e cultura científica: o caso da biologia
Mots-clés en portugais
cultura científica
ensino de biologia
linguagem centífica
práticas docentes
Resumé en portugais
Este trabalho tem como objetivo auxiliar a produção de conhecimento sobre as práticas docentes que contribuem para a aproximação dos alunos com a cultura científica em sala de aula. Entendemos a ciência como cultura e a educação científica como um processo de aproximação dos estudantes às práticas características da cultura científica. Chamamos esse processo de enculturação científica e seu objetivo maior seria o de construir junto aos alunos conhecimentos válidos para sua vida em comunidade, dandolhes suporte para atuar frente a decisões técnico-científicas na sociedade. Nesse processo o aluno entra em contato com atividades de experimentação, formulação de hipóteses e produção e leitura dos diversos gêneros da linguagem científica como equações matemáticas, produção de argumentos cientificamente sustentáveis e modelos e imagens ilustrativo-representativas. Frente a esse quadro da educação científica questionamos que tipo de prática docente deve ser estimulada para que possamos alcançar os objetivos da enculturação científica. Consideramos que a Biologia possui características diferenciadas das outras disciplinas de referência pra a disciplina escolar ciências, principalmente relacionadas com o objeto de estudo. Analisamos uma seqüência didática de experimentação aberta em aulas de Biologia do primeiro ano do ensino médio da Escola de Aplicação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Os alunos montaram experimentos para responder à questão: qual a influência da luz no desenvolvimento dos vegetais?. Questionamos, a partir do trabalho de Tonidandel (2008) que tipo de prática docente pode ser capaz de estimular a produção de argumentos complexo por parte dos alunos. Esta autora analisou a produção argumentativa escrita dos alunos em seus relatórios individuais a partir dos dados empíricos produzidos na atividade experimental em questão. Concluiu-se que os argumentos produzidos pelos alunos possuíam grande complexidade quando analisados a partir do padrão de argumento de Toulmin. Após revisão bibliográfica encontramos algumas sugestões de características mais importantes da cultura cientifica que devemos levar para a sala de aula. Nossa observação foi feita no sentido de compreender se as características da prática docente analisada eram coerentes com o que foi encontrado nas fontes bibliográficas e se havia outras características que poderiam ser incluídas nesta lista de sugestões. Queremos analisar que tipo de atitude docente pode ser 7 considerada importante para a produção de argumentos complexos e coerentes com o conhecimento científico como os apresentados pelos alunos. Analisamos o registro em áudio e vídeo de duas aulas de relato e discussão de dados e analisamos as interações entre professora e alunos buscando indícios que fossem possíveis de estarem relacionados com a produção argumentativa dos alunos. Para isso utilizamos como referência o padrão de discurso IRF apresentado por Mortimer (2007), e o artigo de Carvalho (2008) sobre habilidades de professores para promover a enculturação científica. A partir de nossas observações sugerimos novas habilidades que podem ser consideradas como estimulantes da argumentação como a utilização de linguagem pictórica e a utilização do material biológico em sala de aula. Esboçamos comparações entre aulas de biologia e de conhecimento físico, ensaiando relações com a natureza das duas ciências.
Titre en anglais
Teachers practice and scientific culture: the case of biology
Mots-clés en anglais
scientific culture
scientific language
study of biology
Resumé en anglais
This paper aims to assist the production of knowledge about the teaching practices that contribute to the students approach to scientific culture in the classroom. We understand the science as culture and science education as a process of approximating the students to practical characteristics of scientific culture. We call this process Science Enculturation and its main objective would be to, along with the students, construct valid knowledge for their lives as a community, giving them support to act when facing technological-scientific decisions in society. In this process the student comes into contact with experimental activities, formulation of hypotheses, production and reading various genres of scientific language and mathematical equations, produce sustainable scientific arguments and models and illustrating representative images. Against this framework of science education, we question what kind of teaching practice should be encouraged so that we can achieve the goals of scientific enculturation. We consider that biology has different characteristics from other disciplines of reference for school discipline science, mainly related to the object of study. We analyzed a sequence of open trial teaching in a health class during the first year of high school at the School of Application at the Faculty of Education, University of São Paulo (USP). Students set up experiments to answer the question: "What is the influence of light on the development of plants?". We question, from the work of Tonidandel (2008), what kind of teaching practice may be able to stimulate the production of complex arguments by the students. This author analyzed the written argumentative production by the students in their individual reports from the empirical data produced in experimental activity in question. It has been concluded that the arguments produced by students had great complexity when analyzed from the Toulmin standard argument. After a review we found some suggestions for the most important features of scientific culture that we bring to the classroom. Our observation was made in order to understand if the characteristics of teaching examined, were consistent with what was found in the bibliographic resources and if there were other features that could 9 be included in the "list of suggestions." We want to analyze what kind of teaching attitude can be considered important for the production of complex arguments and if consistent with scientific knowledge as presented by the students. We analyzed the existing audio and video registry of two classes of presentation and discussion of data and the interactions between teacher and students searching for vestiges that were possibly related to the argumentative production of the students. For this we used as the reference, discourse IRF standard presented by Mortimer (2007), and the article by Carvalho (2008) on teachers' abilities to promote scientific enculturation. From our observations, we suggest that new abilities can be seen as stimulants of the argumentation such as use of pictorial language and the use of biological material in the classroom.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2010-07-14
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.