• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2012.tde-18072012-152743
Documento
Autor
Nome completo
Sonia Couto Souza Feitosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Gadotti, Moacir (Presidente)
Antunes, Angela Maria Biz Rosa
Padilha, Paulo Roberto
Pini, Francisca Rodrigues de Oliveira
Silva, Roberto da
Título em português
Das grades às matrizes curriculares participativas na EJA: os sujeitos na formulação da mandala curricular
Palavras-chave em português
Alfabetização
Currículo
Educação de jovens e adultos
Intertransdisciplinaridade
Sujeitos da EJA
Resumo em português
Procuramos, com esta pesquisa, mapear se os sujeitos da EJA estão sendo considerados na formulação das matrizes curriculares. Iniciamos fazendo uma rápida incursão na história da EJA a partir do Brasil Colônia até os dias atuais. Nosso objetivo era perceber como o currículo e os sujeitos da EJA eram concebidos e se o diálogo entre eles existe. Para isso buscamos perceber a dimensão curricular nos documentos nacionais e internacionais, nos marcos legais e nas políticas de EJA. Nossa pesquisa também trata dos aspectos inerentes aos diferentes sujeitos da EJA. As dimensões de gênero, etnia e etária foram analisadas. Com base nessa análise percebemos a necessidade de repensar o currículo, de maneira que ele contemple a diversidade contida no campo da EJA, com vistas ao reconhecimento das individualidades e das subjetividades. Detivemo-nos, em especial, às questões etárias, analisando as suas dimensões biológicas, sociológicas, culturais, a partir da concepção que temos de juventude e idade adulta. Experiências de Reorientação Curricular de dois municípios paulistas foram analisadas a fim de ilustrar a importância dos processos participativos na formulação do currículo. Permeando todos os capítulos, há a reflexão em torno da EJA como política pública e sobre a contribuição dos movimentos sociais na conquista de alguns avanços e no enfrentamento dos entraves que ora paralisam a EJA, ora controlam seu ritmo e sua expansão. Por fim, apresentamos uma proposta de matriz curricular que busca contemplar a diversidade dos sujeitos, das vivências, das culturas, numa perspectiva intertransdisciplinar e intertranscultural.
Título em inglês
From curricular grids to the participative matrix in the Education of Adults and Youths: the subjects in the formulation of the curricular mandala.
Palavras-chave em inglês
Curriculum
Education of youth and adults (EJA)
Intertransculturality
Intertransdisciplinarity
Literacy
Subject of EJA
Resumo em inglês
This research maps and analizes the participation of the subjects in adult and youth education (EJA) in the formulation of the curricular matrix of the different teaching and learning modalities attending youth and adults. It starts from an description of the history of EJA, from Brazil as a colony until today, and doing so the dissertation studies the curricular dimensions of the politics of adult and youth education, in national and international documents as well as the legal framework. Then the dissertation identifies how the subjects of EJA have been conceibed and developed in the definition of the curricular matrix, and to what extent this curriculum modality has suffered transformation depending in the form that the curriculum is conceived by these subjects. This research also studies the whay questions of gender, ethnicity, age, and generations have been treated in the curriculum. Curricular Reorientation Experiences from two municipalities of São Paulo have been analised in order to ilustrate the importance of the participative processes in the curricular formulation. The conclusion is that it is imperative to obtain a deeper knowledge in the way the subjects of EJA curriculum are involved and how diversity takes place in this modality. The dissertation argues that still EJA as public policy and in relations to the social movements, face challenges, both in the progress and also conflict in facing the obstacles, that control its rhythm or its expansion. Finally, this dissertation offers a proposal of a curricular matrix organized as a mandala, that includes understanding the diversity of the subjects, their experiences, life, cotidianity, cultures, knowledge and wisdom of the participants, all of them based on the curricular reference of an intertranscultural and intertransdisciplinar approach.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-07-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.