• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2018.tde-18122018-101557
Documento
Autor
Nome completo
Cecilia Winik Landau
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Jovanovic, Vojislav Aleksandar (Presidente)
Damião, Silvia Matravolgyi
Jubran, Safa Alferd Abou Chahla
Título em português
Observações sobre o processo de aquisição/aprendizagem do inglês a partir de propostas lúdicas: um estudo de caso relativo a um grupo de crianças de Educação Infantil de uma escola bilíngue
Palavras-chave em português
aquisição/aprendizagem
brincar
educação infantil
segunda língua
Resumo em português
Esta pesquisa, concebida como um estudo de caso de natureza qualitativa e de base etnográfica (ANDRÉ, 2003; NUNAN, 1992; SEVERINO, 2007), tem como objetivo geral investigar o processo da aquisição/aprendizagem da língua inglesa durante os momentos lúdicos em um grupo de criança entre três e quatro anos, buscando compreender como esses momentos contribuem para o desenvolvimento dos principais aspectos constituintes da formação do sujeito criança. Por meio deste entendimento, intencionamos possibilitar ao(s) docente(s) que participa(m) ativamente do referido processo, melhor desenvolver sua atividade profissional. O trabalho parte da discussão do cenário global em nossa contemporaneidade, destacando os principais aspectos que podem ser relacionados ao papel que o Inglês ocupa atualmente. Para tanto, apoiamo-nos em alguns autores que discorrem sobre o tema: Robertson (1994), Mcgrew (2001), Gradoll (1997), Crystal (2000), entre outros. A partir desta compreensão, trouxemos o panorama brasileiro e algumas considerações em relação ao ensino do Inglês em nosso país. Alicerçados nos pressupostos da teoria histórico-cultural erigidos por Vygotsky (1998, 1999, 2007) discutimos o papel do professor como mediador num contexto de imersão total na segunda língua, além de outros conceitos vygotskianos (a função da linguagem, a importância da brincadeira na pré-escola, as possibilidades de aprendizagem dentro da Zona de Desenvolvimento Proximal, dentre outros). Analisamos o papel que a língua exerce como instrumento e resultado dentro da aquisição/aprendizagem e as várias formas do brincar considerando o sujeito em seu contexto social juntamente com os aspectos cognitivos, afetivos e sociais. O referencial teórico também está embasado na teoria psico-genética e outros estudos de Wallon (1971, 1975, 2008, 2007), que contribuem ao falar sobre o desenvolvimento integral da criança, incluindo suas particularidades nos aspectos emocionais, motores e sociais. Discorremos também sobre as várias concepções e significados acerca do brincar (LEONTIÈV, 1988; KISHIMOTO, 2007; HUIZINGA, 2012; BROUGÈRE, 1998; BODROVA, 2007; BRUNER, 1983) para, inseridos neste contexto do brincar, analisarmos as primeiras possibilidades de aquisição/aprendizagem da língua segunda resgatando alguns estudos realizados por Lightbown e Spada (2011), Cameron (2001) e Bruner (1983). Evidenciamos, a partir de nossa análise, que a mediação com base nas interações entre as professoras e as crianças foi fundamental para desenvolver ambos os aspectos: aquisição/aprendizagem de uma nova língua e o desenvolvimento dos aspectos sociais e afetivos em momentos lúdicos inseridos no contexto de imersão bilíngue. Neste sentido, reflexões que envolvam o tempo e espaço destinados aos momentos lúdicos e às interações na nova língua são fundamentais para que o trabalho pedagógico abarque as diversas habilidades e necessidades componentes da formação integral da criança. Consequentemente, a aquisição/aprendizagem poderá também avançar de forma gradativa e natural, respeitando cada etapa e as características da faixa etária das crianças observadas em nosso trabalho.
Título em inglês
Observations about English acquisition/learning process in play: a case study of a group of children in a bilingual school
Palavras-chave em inglês
acquisition/learning
early childhood education
playing
second language
Resumo em inglês
This research, conceived as a qualitative and ethnographic case study (ANDRÉ, 2003; NUNAN, 1992; SEVERINO, 2007), aims to investigate the process of acquisition/learning of the English language during the playful moments in a group of children between three and four years old, understanding how these moments contribute to the development of the main constituent aspects of the formation of the child. Through this understanding, we intend to enable the teacher(s) who actively participate in this process, to better develop their professional activity. The study starts from the discussion of the global scenario in our contemporaneity, highlighting the main aspects that may be related to the role that English currently occupies. In order to do so, the discussion was based on some authors who contribute to the theme: Robertson (1994), Mcgrew (2001), Gradoll (1997), Crystal (2000), among others. From this understanding, we have brought the Brazilian panorama, and some considerations regarding the teaching of English in our country. Based on the assumptions of historical-cultural theory erected by Vygotsky (1998, 1999, 2007) we discuss the role of the teacher as mediator in a context of total immersion in the second language, as well as other Vygotskian concepts (the function of language, the importance of playing in the preschool, the possibilities of learning within the Zone of Proximal Development, among others). We analyze the role that language plays as an instrument and result within the acquisition/learning, and the various forms of playing considering the subject in his/her social context along with the cognitive, affective and social aspects. The theoretical framework is also based on psycho-genetic theory and other studies by Wallon (1971, 1975, 2008, 2007), which contribute to the child's whole development, including emotional, motor and social aspects. We also discoursed about the various conceptions and meanings about playing (LEONTIÈV, 1988; KISHIMOTO, 2007; HUIZINGA, 2012; BROUGÈRE, 1998; BODROVA, 2007; BRUNER, 1983) to, from this context of playing, analyze the first second language acquisition/learning possibilities retaking some studies carried out by Lightbown and Spada (2011), Cameron (2001), and Bruner (1983). From our analysis, we showed that mediation based on the interactions among teachers and children was fundamental to develop both aspects: Acquisition/Learning of a new language, and the development of social and affective aspects in playful moments inserted in the context of bilingual immersion. In this sense, reflections that involve the time and space destined to playful moments, and to the interactions in the new language are fundamental so that the pedagogical work embraces the diverse abilities and needs components of the integral formation of the child. Consequently, acquisition/learning could also progress in a gradual and natural way, respecting each stage and the characteristics of the age range of the children observed in our work.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.