• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2010.tde-20042010-131833
Documento
Autor
Nome completo
Carla Silvia Pimentel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Pontuschka, Nidia Nacib (Presidente)
Almeida, Maria Isabel de
Cacete, Nuria Hanglei
Francesconi, Lea
Paganelli, Tomoko Iyda
Título em português
Aprender a ensinar: a construção da profissionalidade docente nas atividades de estágio em Geografia
Palavras-chave em português
estágio curricular em Geografia
formação inicial de professores
professor da educação básica
profissionalidade docente
saberes e habitus docentes
Resumo em português
A presente tese analisa as aprendizagens profissionais desenvolvidas em período de estágio curricular, em que os alunos do curso de Licenciatura em Geografia da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Paraná, acompanharam o trabalho de professores de escolas de educação básica (Ensino Fundamental II). O conceito que fundamenta nossas análises é o de profissionalidade docente, por considerarmos que nele está o centro das proposições do estágio; assim, buscamos identificar quais elementos e dimensões da profissionalidade permeiam as ações na etapa do estágio. O foco da pesquisa está em identificar as aprendizagens que os alunos da licenciatura desenvolvem durante o estágio e, com base nesses elementos, reconhecer o papel do professor de Geografia da educação básica na formação inicial desses alunos. Buscamos fundamentar a tese de que o professor da educação básica, que atua como supervisor de estágio, é um formador de professores, na medida em que transmite saberes profissionais constituídos em decorrência de experiências individuais e coletivas, em contextos sociais, institucionais e técnico-pedagógicos, consolidados no exercício profissional. Esses saberes possibilitam aos alunos-estagiários a reflexividade da ação docente e das práticas escolares, por meio do diálogo com e na realidade profissional. O parâmetro adotado para realizar esta investigação são os ensinos e as orientações dadas por esses professores no desenvolvimento profissional dos alunos. Para gerar as informações e proceder às análises, optamos pelo método qualitativo, adotando as diretrizes fornecidas pela metodologia de análise de conteúdo, de acordo com Bardin (2007) e Franco (2008), na compreensão do objeto investigado. Realizamos entrevistas com um grupo de alunos do curso de Licenciatura em Geografia e com os professores das escolas da educação básica que os supervisionaram em períodos de estágio. As informações obtidas, o delineamento e o interesse no objeto investigado suscitaram análises no âmbito dos saberes da docência e do habitus na prática docente. Esses dois elementos foram utilizados como categorias, ao reconhecermos o direcionamento das orientações realizadas pelos professores. A centralidade das ações desses professores está no desenvolvimento da competência profissional dos alunos, com ênfase nos esquemas práticos desenvolvidos por eles durante as aulas ministradas. O diálogo não foi um elemento constante e primordial para o desenvolvimento das aprendizagens, as quais resultaram, em grande parte, de observações individuais dos estagiários sobre a prática didática dos professores da escola básica. Além de saberes, esses professores se preocuparam com a formação do habitus docente, orientando os alunos em relação a posturas, técnicas, demonstrando senso prático. Dentre o corpus de saberes reconhecidos para a docência, os professores atribuem maior importância àqueles construídos na prática profissional, com exceção dos saberes do conteúdo, os quais, segundo eles, devem ser consolidados no curso de graduação. Esses professores compreendem o estágio como espaço de trocas de experiências e, nesse processo, consideram-se orientadores de alunos-estagiários. Porém, apontam a falta de integração com os professores supervisores de estágio da universidade como um dos obstáculos ao bom desempenho dessa tarefa.
Título em inglês
Learning to teach: building professionality teaching through Geography teaching apprenticeship activities.
Palavras-chave em inglês
basic teacher training
Geography teaching apprenticeship program
intermediate school teachers
knowledge and teaching habitus
professionality teaching
Resumo em inglês
This thesis examines the professional abilities developed during the mandatory Geography teaching apprenticeship program, in which students of the Geography Teaching Licensure Course of the State University of Ponta Grossa (UEPG), Paraná, followed the work of teachers in intermediate schools (6th to 9th grade). The basic concept that underlies our analysis is that of professionality teaching, because we believe it is the center of the propositions of the apprenticeship program; thus, we sought to identify which elements and dimensions of professional teacher activity permeate actions within the apprenticeship program. The focus of the research is to identify the abilities that licensure students develop during the apprenticeship program, and with base on these elements, recognize the role of Geography teachers of intermediate schools in the basic background education of these students. We sought to provide support to the thesis that intermediate school teachers, who act as apprenticeship supervisors, are teacher coaches, as they convey professional knowledge that is built as a result of individual and collective experiences in social, institutional, technical and pedagogical contexts which are consolidated through professional activity. This knowledge enables apprentice-students to experiment the reflective-thought action of teaching activities and school practices, through dialogue with, and within, professional reality. The parameters adopted in this research are the teachings and guidance given by those teachers in the professional development of the apprentice-students. To organize information and carry out the analysis, we chose the qualitative method, adopting the guidelines provided by the Content Analysis Methodology according to Bardin (2007) and Franco (2008) to understand the object under study. We interviewed a group of students from the Geography Teaching Licensure Course and the elementary school teachers who supervised their apprenticeship programs. The information obtained, the description and interest in the object studied raised analyses in the fields of teaching knowledges and in the habitus of teaching practice. These two elements were used as categories, to recognize the direction of the advice given by teachers. The central point of the prescriptive actions of these teachers is the development of professional competence of students, with emphasis on practical schemes developed by them during classes. The dialogue was not a constant and essential element for the development of these abilities, which resulted largely from individual observations of the apprentices on the teaching practice of these elementary school teachers. In addition to knowledges, these teachers were concerned with building a teaching habitus, counseling students with regard to attitude, techniques, demonstrating a practical sense. Within the recognized body of knowledge for teaching, teachers give more importance to those built during professional practice, except for the knowledge of content, which they say should be consolidated during the undergraduate course. These teachers understand the apprenticeship program as a space for exchanging experiences and, within the process, they consider themselves orientators of the student-apprentices. However, they point the lack of integration with the apprenticeship program supervising professors of the university as one of the obstacles to performing this task well.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-05-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.