• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2010.tde-22062010-124314
Documento
Autor
Nome completo
Carolina de Paula Teles
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Prieto, Rosângela Gavioli (Presidente)
Nascimento, Maria Letícia Barros Pedroso
Silva, Ana Célia da
Título em português
Representações sociais sobre as crianças negras na educação infantil: mudanças e permanências a partir da prática pedagógica de uma professora
Palavras-chave em português
educação infantil
prática pedagógica
relações raciais
teoria das representações sociais
Resumo em português
A presente pesquisa pretende contribuir para que as professoras da educação infantil possam refletir sobre as representações sociais que possuem a respeito das crianças negras e a partir disso, pensar em transformações tanto nas relações sociais estabelecidas com essas crianças quanto na prática pedagógica, de modo que essas possam se configurar como promotoras da reeducação das relações raciais no ambiente escolar. A intenção de articular representações sociais e relações raciais é que as professoras compreendam quão significativas são suas ações cotidianas e práticas e os possíveis efeitos que elas têm sob as crianças, tanto negras quanto brancas. Nesse contexto, o objetivo do estudo foi o de apreender e interpretar as representações sociais sobre as crianças negras na perspectiva de uma professora de educação infantil bem como analisar como essas refletem em sua prática pedagógica. A fim de cumprir o objetivo mencionado, optamos por realizar uma pesquisa qualitativa na perspectiva etnográfica, sendo esta desenvolvida em uma Escola Municipal de educação infantil (Emei) na cidade de São Paulo com uma turma de crianças de cinco anos. Os dados foram coletados por meio da pesquisa de campo, entrevista com a professora observada e análise de documentos institucionais dando ênfase ao o que e como abordavam a temática racial e das diferenças como um todo. O referencial teórico-metodológico adotado para a análise foi da teoria das representações sociais cunhada por Moscovici (1978). Para o referido autor, criamos representações sociais para tornar o que é estranho, ausente em nós e da nossa realidade em algo familiar, compreensível ao nosso sistema de referência. A partir dessa afirmação, interrogamos o que seria estranho para a professora considerando a temática estudada e o contexto social e político na qual estava inserida e como essa elabora e põe em funcionamento suas representações acerca das crianças negras. Com base na análise realizada, inferimos que as representações sociais que a professora tem sobre as crianças negras podem estar pautadas em movimentos de mudanças e de permanências, moderadas pelo modo como o racismo foi operacionalizado no país baseado no ideal de democracia racial em contrapartida a valorização do branco e pelas mudanças ocorridas ao tratamento da temática racial, advindas das ações dos movimentos negros e que resultaram na confirmação da existência do racismo no país, impulsionando ações, em todos os setores da sociedade, sobretudo, na educação para modificar tal realidade. Desse modo, ao que se refere à professora observada, compreendemos que ao representar as crianças negras da sua turma o fez por meio da reelaboração de novos conhecimentos sobre a questão racial e da permanência de ideais que ainda estão presentes na sociedade brasileira.
Título em inglês
Social representation of black children in primary school: changes and maintenance of practices from the perspective of a teachers teaching practices
Palavras-chave em inglês
primary education
racial relations
social representation theory
teaching practices
Resumo em inglês
This research aims to help primary school teachers to reflect over the social representations, that they have of black children, and from there plan and think about changes both in established social relations with the school children and their teaching practices, so that these teachers can become promoters of the reeducation of racial relations in the educational environment.The intention to articulate social and racial relations representations, is that the teachers comprehend how meaningful their daily actions and practices are, and the possible effects that they have on both black and white children. In this context, the aim of this study was to apprehend and interpret the social representations of black children in the perspective of a primary school teacher, as well as analise how this reflect on their teaching practices. With the intention of fulfilling the above mentioned aim, we opted to execute a qualitative research with an ehtnographic perspective. Due to this, it was developed in a public primary school in the city of São Paulo with a group of five years old children. The information was gathered through a field study, interview with the observed teacher and analysis of institutional documents, emphasizing what and how the racial thematic was approached and the differences as a whole. The theoretical methodology adopted to the analysis was the theory of social representations, created by Moscovici (1978). For the author we have created social representations to turn what is unknown, absent in us and our reality into something familiar, comprehensible to our reference system. Based on this affirmation, we have interrogated what would be unknown to the teacher, considering the studied theme and the social and political context in which the teacher was part of, and how she elaborates and puts in practice her representations of black children. Based on the analysis, we concluded that the social representations that the teacher has of black children might be due to changes and maintenance in how racism is applied in the country based on the ideal of racial democracy in compensation of the valorization of the white people and for the changes ocurred in the racial thematic, originated from the actions of the black movement and that resulted in the confirmation of the existence of racism in the country, generating actions in all sectors of the society over all in the education to change the general reality. Therefore, in relation to the observed teacher, we comprehend that by representing the black children in her group, the teacher reelaborated her social representations based on new information about the racial thematic and the maintenance of ideals that are still present in the Brazilian society.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-07-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.