• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Lilith Neiman
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Gobbi, Marcia Aparecida (Presidente)
Anjos, Cleriston Izidro dos
Pereira, Raul Isidoro
Título em português
Caminhar, fotografar, desenhar: experiências com crianças na Praça da República (SP)
Palavras-chave em português
Apropriação
Cidade
Desenho
Espaço urbano
Fotografia
Infância
Resumo em português
Esta pesquisa busca compreender os usos e apropriações do espaço urbano pelas crianças de uma Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) da cidade de São Paulo, localizada na Praça da República, região central. O referencial teórico que aporta as reflexões apresentadas compõem-se das ideias de Henri Lefebvre, Michel de Certeau e Francesco Careri. Tais autores apontam para a presença, nas práticas espaciais cotidianas dos sujeitos, de experiências de apropriação a partir do uso que se contrapõem a lógica dominante de produção espaço. São propostas aos meninas e meninos participantes da investigação, situações de caminhadas, fotografia e desenho nas Praça da República e arredores, que subsidiarão as reflexão sobre essas experiências de apropriações quando vividas por meninas e meninos. A partir dessas situações, são analisadas as relações estabelecidas entre adultos, crianças e espaço, buscando articula-las a fenômenos sociais em contextos urbanos mais amplos. Como metodologia, utiliza-se a observação participante presente na perspectiva etnográfica, além da proposição para as crianças de situações de fotografar e desenhar. A conclusão aponta para a existência de apropriações infantis do espaço a partir do uso, destacando a contribuição de investigações com a infância em contextos urbanos para inclusão de sujeitos historicamente invisibilizados nas análises sobre as formas de produção do espaço da cidade.
Título em inglês
Walking, photographing, drawing: experiences with children in Praça da República (SP)
Palavras-chave em inglês
Appropriation
Childhood
City
Drawing
Photography
Urban space
Resumo em inglês
This research aims at understanding the uses and the appropriation of the urban space by children at a Municipal Kindergarten School in São Paulo, located at República Square, downtown. The theoretical references encompass the ideas of Henri Lefebvre, Michel de Certeau and Francesco Careri. These authors point to the presence, in daily spatial practices of subjects, of appropriation experiences focused on the use rather than the dominant rationale of space production. Strolls, drawing and photographing of the República Square and its surroundings have been proposed to the girls and boys who have taken part in this research, as situations that subsidize the reflection of the experiences of appropriation. These situations are the basis for the analysis of relations established among adults, children and the surrounding space, with an aim at articulating them to social phenomena in wider urban contexts. As a methodology, we use the participant observation, present in the ethnographic perspective, besides the proposition for children to draw and photograph. The conclusion points to the existence of children appropriation of the space from a use standpoint, highlighting the contribution of researches with early childhood in urban contexts for the inclusion of subjects who have been historically made invisible in analyses of the forms of space production in cities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-06-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.