• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2016.tde-23122015-083531
Documento
Autor
Nome completo
Kelly Cristine Sabino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Favaretto, Celso Fernando (Presidente)
Aquino, Julio Roberto Groppa
Zordan, Paola Basso Menna Barreto Gomes
Título em português
Arsenal: um bando de ideias sobre arte na educação
Palavras-chave em português
arte; educação; Deleuze; criação; docência; arte contemporânea
Resumo em português
Arsenal é um depósito de ideias advindas da sala de aula, da arte dita contemporânea e da filosofia de Deleuze e Guattari. Composto como um abecedário, trata-se de um dicionário nascido do embate entre o campo da arte-educação, aquilo que dizem os alunos e alguns artistas, misturado e transformado à moda da filosofia da diferença. A arte contemporânea interessa a esta pesquisa pelo embaralhamento que ela causa nas formas canonizadas e estáveis de se entender e receber arte, por intuir que tais operações artísticas podem contribuir para inserções da arte no ambiente escolar por meio da invenção e da potência. As experiências de mergulho na vida-aula, mais do que relatos do bem-sucedido, operam como disparos daquilo que gera o desconforto e o desentendimento, por entender com Barthes que a escritura começa onde a fala torna-se impossível. É, portanto, na negociação entre-margens da pesquisa e da prática que se situa este trabalho, acondicionando uma necessidade de encontros: arte, educação, filosofia e os tantos atravessamentos trazidos pela sala de aula. Com este Arsenal busca-se identificar uma suposta cultura escolar em torno da arte, tensionando a posição por ela ocupada na educação, ao mesmo tempo que propondo-se a inscrevê-la no cotidiano escolar, para além do binômio metodologia-conhecimento. Arsenal apresenta em vinte e três verbetes maneiras de encarar a sala de aula, a arte, os alunos e a escola como raridades, ao modo de Foucault, para que as coisas e as palavras não estejam diretamente relacionadas a verdades inquestionáveis, travando um embate por uma educação com mais vitalidade, onde a diferença e a criação possam brotar naquele espaço tão árido e pisoteado chamado escola.
Título em inglês
Arsenal: a bunch of ideas on art in education
Palavras-chave em inglês
art; education; Deleuze; creation; teaching; contemporary art
Resumo em inglês
Arsenal is a repository of ideas collected from the classroom, from so called contemporary art and from Deleuze and Guattaris philosophy. Compiled as an alphabet, it is a dictionary born of the clash between the field of art education and what students and some artists say, mixed and transformed in the fashion of the philosophy of difference. Contemporary art is of interest to this research because of the scrambling it causes to the canonized and stable ways of understanding and receiving art, in the belief that such operations can contribute to art inserts in the school environment through invention and power. Life experiences gathered in the classroom, rather than stories of success, operate as shots of what generates discomfort and misunderstanding, understanding with Barthes that writing begins where speech becomes impossible. It is therefore in the negotiation between the margins of research and practice that this work is situated, accomodating a need for a place where art, education, philosophy and so many crossings brought to the classroom meet. Arsenal seeks to identify an alleged school culture around the arts, tensing the position this culture holds in education, while proposing to inscribe it into everyday school life, to a point beyond the methodology-knowledge binomial. Arsenal presents through twenty-three entries ways to see the classroom, art, students and the school as rarities, in the Foucault mode, so that things and words are not directly related to unquestionable truths, waging a struggle for an education with more vitality and allowing difference and creation to spring up in that arid and trampled place called school.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KELLY_SABINO_rev.pdf (66.44 Mbytes)
Data de Publicação
2016-03-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.