• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2013.tde-24042013-134450
Documento
Autor
Nome completo
Odaléia Alves da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Schapochnik, Nelson (Presidente)
Bragança, Aníbal Francisco Alves
Munakata, Kazumi
Vidal, Diana Goncalves
Vieira, Cleber Santos
Título em português
O livro do povo na expansão do ensino primário no Maranhão (1861 - 1881)
Palavras-chave em português
História da Educação
Livro do Povo
Maranhão oitocentista
Tipografia
Resumo em português
Na presente tese busca-se compreender a lógica de produção, circulação e utilização do Livro do Povo, na província do Maranhão, na segunda metade do século XIX. Para tanto, consultaram-se diferentes tipos de fontes escritas, tais como: livros didáticos, relatórios de presidente de província, inventário, ofícios, regulamentos, almanaques, jornais, dicionários, dentre outros. O Livro do Povo, livro de leitura que continha lições da Bíblia e lições de moral, foi o ícone da imprensa tipográfica maranhense na segunda metade do século XIX, com a maior tiragem, a maior distribuição entre as escolas e o menor preço. O referido livro é de autoria de Antonio Marques Rodrigues, que exerceu cargos e funções como deputado provincial, professor do Liceu Maranhense, inspetor da Instrução Pública, dentre outros. O lugar social ocupado pelo autor foi decisivo no processo de distribuição do livro, sobretudo quando da sua atuação como inspetor de Instrução Pública. No período entre 1861 e 1880 as escolas públicas de primeiras letras expandiram-se de 75 para 116 escolas, época em que o livro foi distribuído gratuitamente pelas escolas públicas da província do Maranhão. A produção deste livro só foi possível graças à implantação da imprensa tipográfica na província do Maranhão. O livro, que contou com 9 edições, foi impresso pela Tipografia do Frias. O tipógrafo José Maria Correia de Frias, responsável pela edição do Livro do Povo, foi o mais importante impressor do Maranhão no século XIX, permanecendo no ramo durante 50 anos. Conclui-se, portanto que o Livro do Povo constituiu um elemento que compôs o cenário da expansão do ensino primário no Maranhão entre 1861 e 1881.
Título em francês
Le Livre du Peuple à l'expansion de l'enseignement primaire dans le Maranhão (1861-1881).
Palavras-chave em francês
Histoire de l\'éducation
Livre du Peuple
Maranhão XIXe siècle
Typographie
Resumo em francês
Dans cette thèse, nous avons essayé de comprendre la logique de la production, la circulation et l'utilisation du Livre du Peuple, dans la province du Maranhão, dans la seconde moitié du XIXe siècle. Pour ce faire, nous avons consulté de différents types de sources écrites, comme des manuels, des rapports de président de province, de l'inventaire, des offices, des règlements, des almanachs, des journaux, des dictionnaires, parmi d'autres. Le Livre du Peuple a été un livre qui contenait des enseignements de la Bible et des enseignements moraux, étant l'icône de la presse typographique du Maranhão dans la seconde moitié du XIXe siècle, avec une plus grande diffusion, une plus grande répartition entre les écoles et à un prix plus bas. Ce livre a été écrit par Antonio Marques Rodrigues qui a occupé des postes supérieurs comme député provincial et professeur du Lycée Maranhense, l'inspecteur de l'Instruction Publique, parmi dautres. La position sociale occupée par l'auteur a joué un rôle décisif dans le processus de diffusion de l'ouvrage, en particulier dû à sa performance comme inspecteur de l'Instruction Publique. Dans la période entre 1861 et 1880, les écoles publiques de premières lettres se sont répandues de 75 à 116 écoles. Époque où le livre a été largement distribué gratuitement par les écoles publiques de la province du Maranhão. La production de ce livre a été seulement possible grâce au déploiement de l'imprimerie de presse dans la province du Maranhão. Le livre qui a comporté neuf éditions a été imprimé par la Typographie de Frias. L'imprimeur José Maria Correia de Frias, responsable de l'édition du Livre du Peuple, a été le plus important imprimeur du Maranhão au XIXe siècle et il est resté dans l'entreprise pendant 50 ans. Nous concluons donc que le Livre du Peuple était un élément qui a composé le cadre d'expansion de l'enseignement primaire au Maranhão entre 1861 et 1881.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.