• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.48.2016.tde-29042016-114039
Documento
Autor
Nombre completo
Natalia Bortolaci
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2015
Director
Tribunal
Belintane, Claudemir (Presidente)
Pietri, Emerson de
Vóvio, Cláudia Lemos
Título en portugués
Alfabetização no ensino fundamental: novas bases curriculares
Palabras clave en portugués
Alfabetização letramento
Bases curriculares para o primeiro ano do ensino fundamental
Ensino fundamental de nove anos
Infância
Oralidade
Regime de ciclos
Resumen en portugués
Esta dissertação apresenta dados e discussões oriundos de uma experiência coletiva de pesquisa cujo objetivo maior consistiu em articular as bases curriculares da alfabetização no ensino fundamental de nove anos. A partir da transição histórica e política ocorrida pela Lei 11.274/1996, na qual o ensino fundamental passou a ter um ano a mais de duração e a receber as crianças que anteriormente eram atendidas na educação infantil, uma nova configuração se fez necessária. Demonstramos ao longo do trabalho a necessidade de: 1. Um plano que considere as transições (seja entre anos ou entre ciclos) e que sustente as continuidades; 2. Assumir, a partir do ano de ingresso no ensino fundamental, a perspectiva do regime de ciclo, definindo responsabilidades, objetivos e estratégias articuladas a partir de um trabalho em equipe; 3. Aprofundar conhecimentos que permitam considerar os aspectos mais subjetivos da relação educativa, considerando sempre a infância em seu encantamento lúdico; 4. Estabelecer uma relação dinâmica e produtiva entre oralidade e escrita, entre língua e literatura; 5. Dar maior precisão ao manejo da heterogeneidade desde a série de ingresso enfatizando o acompanhamento de singularidades e diferenças como forma de resolver o problema dos desníveis em alfabetização. A perspectiva teórica parte da articulação de várias áreas e temas do conhecimento: a história da escrita; pesquisa sobre oralidade ou cultura oral em tensão com a escrita; a psicanálise e a educação. Pretendemos, a partir das experiências e reflexões apresentadas nesse trabalho, contribuir para as políticas públicas enfatizando a grande relevância do ensino da escrita e da leitura nas séries iniciais do ensino fundamental. Ao longo dessas experiências, constatamos que, para formar leitores e escritores de bom nível na escola pública brasileira, precisamos de um modelo de trabalho coletivo mais complexo, capaz de exercer um manejo pedagógico detalhado, e ampliamos nossa consciência de que nossas buscas metodológicas, nossas experiências e nossos esforços coletivos em torno da heterogeneidade, apesar de consistentes e relevantes, só poderão ser sustentados a partir de uma reorganização do trabalho escolar que insista em fazer da alfabetização e da leitura uma verdadeira prioridade.
Título en inglés
Alphabetization in elementary education: new curricular basis
Palabras clave en inglés
Alphabetization-lteracy
Childhood
Curricular bases for the first grade of elementary education
Cycle regime
Nine grades elementary education
Orality
Resumen en inglés
This dissertation presents data and discussions originated from a collective research experience whose main objective was to articulate the basis of the alphabetization curriculum in the nine grades elementary education. From the historical and political transition brought by Law 11.274/1996, in which the elementary school came to have one more year in its duration and began receiving children who were previously attended in kindergarten, a new configuration was needed. We have demonstrated throughout the work the need to: 1. Implement a plan that considers the transitions (either between grades or between cycles) and sustain the continuities; 2. Assume, from the year of entry into elementary school, the perspective of the cycle regime, defining responsibilities, goals and strategies articulated within a team effort; 3. Deepen the knowledge that allow us to consider the most subjective aspects of the education, always taking into considerations the childhood in its ludic enchantment; 4. Establish a dynamic and productive relationship between orality and literacy, between language and literature; 5. Give greater accuracy to the management of heterogeneity starting from the entry grade, emphasizing the tracking of singularities and differences as a way to solve the problem of gaps in literacy. The theoretical perspective comes from the articulation of several areas and themes of knowledge: history of writing; research on orality or oral culture in tension with writing; psychoanalysis and education. We intend, from the experiences and reflections presented in this work, contribute to public policies emphasizing the great importance of writing and reading instruction in the early grades of elementary school. Throughout these experiments, we found that, to form readers and writers of good level in Brazilian public schools, we need a more complex collective working model, able to exercise a detailed pedagogical handling, and increase our awareness that our methodological pursuits, our experiences and our collective efforts around the heterogeneity, although consistent and relevant, can only be sustained from a reorganization of the work in school which insists on making literacy and reading a real priority.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
ANEXOS.pdf (2.36 Mbytes)
NATALIA_BORTOLACI.pdf (17.25 Mbytes)
Fecha de Publicación
2016-05-12
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.