• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2012.tde-29052012-133206
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa Mendes Carrera
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Gobbi, Marcia Aparecida (Presidente)
Cruz, Christiane Gioppo Marques da
Leal, Sergio Henrique Bezerra de Sousa
Título em português
Contribuições do uso do cinema para o ensino de ciências: tendências entre 1997 e 2009
Palavras-chave em português
Audiovisual
Cinema
Educação
Ensino de ciências
Estado da arte
Filme
Tendências de pesquisa
Resumo em português
Tendo em vista a influência causada pelas mídias em nossa sociedade, esta dissertação buscou analisar, qualitativamente, as produções acadêmicas que tratavam da utilização do Cinema tomando como foco o ensino de Ciências. Para isso, foram pesquisados três bancos de dados (ENPEC, CEDOC e SIBIUSP) em um recorte temporal definido (de 1997 até 2009) e, tomando como base uma metodologia baseada no Estado da arte, foi possível estabelecer descritores que melhor categorizassem os trabalhos encontrados. Com os dados obtidos e catalogados em tabelas foi possível concluir que a quantidade de pesquisas destinadas ao uso de filmes comerciais para o ensino de Ciências é muito pequena e recente, pois está concentrado a partir do ano de 2002 com algumas oscilações e um pico em 2009. Durante a seleção do material, percebeu-se que existem mais trabalhos que envolvam filmes comerciais para discussões na área da História, Filosofia e Antropologia do que para tratar de assuntos relacionados à Ciências. Dentre as causas apontadas para este fato, estão o despreparo por parte do profissional da educação em lidar com os equipamentos e com a linguagem audiovisual e o receio de que filmes comerciais possam conter erros conceituais. Assim, utilizar vídeos educativos desenvolvidos pedagogicamente acaba sendo considerado mais seguro. Constatou-se também que a grande maioria das pesquisas é proveniente de instituições ou departamentos ligados à área da Educação, ambiente em que nota-se um espaço destinado a estudos de caráter social, cultural e tendências com enfoque educacional. Logo em seguida, estão os trabalhos provenientes de instituições ou departamentos de Arte, Comunicação e Cinema, em que percebe-se uma análise mais criteriosa da linguagem audiovisual. Com relação aos filmes utilizados, existe o predomínio do gênero da ficção científica para suscitar discussões sobre robótica, clima e genética. Em quantidade bem menor, está o drama com conteúdos ligados à saúde e farmacologia e, por fim, a animação e aventura que tratam do meio ambiente e da interferência humana na natureza.
Título em inglês
Contributions of using cinema for science education: trends between 1997 and 2009.
Palavras-chave em inglês
Audiovisual
Cinema
Education
Movie
Science teaching
State of the art
Trends research
Resumo em inglês
Taking into consideration the influence caused by the media in our society, this dissertation seeks to analyze qualitatively the academic production dealing with the use of Cinema with focus on teaching Science. For this purpose three databases were searched (ENPEC, CEDOC and SIBIUSP) in a specific time frame (1997 to 2009) and were based on a methodology centered on "State of the art" then it was possible to establish the settings that best classify the found works. With the obtained results listed in tables, it became clear that the amount of finalized research which aimed the use of commercial movies for teaching Sciences is small and fairly recent. It effectively starts in 2002 has some oscillations and peaks in 2009. During the selection of the material it was noticeable that there were more papers working with the usage of commercial films in the field of History, Philosophy and Anthropology than ones related to Sciences. Among the causes given for this fact there were the education professional lack of preparation in dealing with equipment and the audiovisual language and the fear that commercial movies may contain conceptual errors. So, it was considered safer to use pedagogically developed educational videos. It was also concluded that the vast majority of searches are from institutions or departments related with Education an environment in which we can see a definite focus on studies in social, cultural and educational trends. Fewer, there were works from institutions or departments of Art, Communication and Cinema in which one perceives a more careful analysis of the audiovisual language. On the respect of the films used we find a predominance of science fiction to spark discussions about robotics, climate and genetics. A much smaller quantity in drama with content related to health and pharmacology and finally animation and adventure which address environmental and human interference in nature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
corpo_cor.pdf (451.94 Kbytes)
pre_cor.pdf (38.71 Kbytes)
Data de Publicação
2012-06-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.