• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2017.tde-29092016-162317
Documento
Autor
Nome completo
Jonas Menezes Bezerra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Bruno, Lucia Emilia Nuevo Barreto (Presidente)
Oliveira, João Ferreira de
Oliveira, Marcos Barbosa de
Título em português
Política de ciência e tecnologia no Brasil: a pesquisa na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1999-2013)
Palavras-chave em português
Inovação tecnológica
Pesquisa científica
Universidade
Resumo em português
Pretende-se com este trabalho analisar as consequências da política de ciência e tecnologia (PCT) implementada no Brasil sobre a pesquisa na Escola Politécnica (EP) da Universidade de São Paulo (USP) no período compreendido entre 1999 e 2013. Assumimos a Escola Politécnica da USP como recorte analítico em virtude da proeminência da instituição e desta unidade acadêmica no cenário nacional no que se refere à pesquisa científica, bem como por entender que as engenharias é uma área com forte ligação com o setor empresarial. A partir da investigação das transformações da PCT, evidenciamos que as orientações políticas, a partir do final dos anos 90, direcionaram-se com maior ênfase para promoção da inovação tecnológica, tendo em vista a sua relevância para o desenvolvimento econômico e social. Esta mudança foi promovida em virtude das transformações no capitalismo global combinada com a ascensão do neoliberalismo após a crise econômica da década de 70. Tendo como pressuposto a necessidade de interação entre universidades ou institutos públicos de pesquisa e o setor produtivo, as diretrizes da política de C&T passam a estimular, através de uma série de mecanismos, o estabelecimento de parcerias entre esses dois atores, em virtude da importância atribuída à pesquisa científica no processo inovativo. Em consonância, a reforma educacional de cunho neoliberal executada a partir da década de 90 influenciada pelas recomendações dos organismos financeiros internacionais impulsionava a aproximação das universidades públicas com o segmento empresarial. Entretanto, a partir da análise das entrevistas realizadas com professores-pesquisadores da Escola Politécnica da USP e dos dados estatísticos referentes à pesquisa, desenvolvimento e inovação, percebemos como os resultados alcançados até o momento não correspondem às expectativas almejadas pelos defensores da perspectiva inovacionista. Além disso, sustentamos a hipótese de alguns autores de que o fracasso desta política está relacionado à estrutura produtiva e à condição periférica da economia brasileira no capitalismo mundial. Finalmente, concluímos que essa orientação tem acarretado uma série de prejuízos para a dinâmica e para a função da universidade, bem como na identidade e nas condições de trabalho do professor-pesquisador que, por sua vez, repercutem no modelo de desenvolvimento socioeconômico do País.
Título em inglês
Politics of science and technology in Brazil: the research in the Polytechnical School of the University of São Paulo (1999-2013)
Palavras-chave em inglês
Scientific research
Technological innovation
University
Resumo em inglês
The aim of this work is to analyze the implications of science and technology policy (PCT) implemented in Brazil about the research at the Polytechnic School (EP) of the University of São Paulo in the period between 1999 and 2013. We assume the EP as analytical approach, because of the prominence of the institution and this academic unit on the national scene about the scientific research, as well as understand that engineering is an area with strong links with the business sector. From the investigation of the transformation of PCT, we noted that political orientations, from the late 90s, were directed with greater emphasis on promotion of technological innovation, with a view to its relevance to the economic and social development. This change was promoted because of changes in global capitalism combined with the rise of neoliberalism after the economic crisis of the decade of 70. Presupposing the need for interaction between universities or public research institutes and the productive sector, the guidelines of the PCT begin to stimulate, through a number of mechanisms, the establishment of partnerships between these two actors, because of the importance given to scientific research in the innovative process. Correspondingly, the educational reform neoliberal run from the 90s - influenced by the recommendations of international financial organizations - drove the approach of public universities with the business segment. However, from the analysis of interviews with teachers-researchers from the EP of USP and statistical data related to the research, development and innovation, we see how the results achieved to date do not correspond about the desired expectations by advocates of inovacionista perspective. In addition, we support the hypothesis of some authors that the failure of this policy is related to the productive structure and the peripheral condition of the Brazilian economy in world capitalism. Finally, we conclude that this policy has caused a lot of damage to the dynamics and the role of the university, as well as the identity and working conditions of the teacher-researcher who, in turn, have repercussions on the socioeconomic development model of the country.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.