• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2010.tde-30072010-142823
Documento
Autor
Nome completo
Nara Rejane Cruz de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Zilma de Moraes Ramos de (Presidente)
Andre, Marli Eliza Dalmazo Afonso de
Correia, Walter Roberto
Müller, Fernanda
Nicolau, Marieta Lucia Machado
Título em português
Corpo e movimento na educação infantil: concepções e saberes docentes que permeiam as práticas cotidianas
Palavras-chave em português
corpo
educação Infantil
movimento
Resumo em português
As preocupações com o corpo e movimento não são recentes na Educação Infantil. Recomendações sobre a educação corporal são reconhecidas desde as primeiras sistematizações pedagógicas, especialmente a partir da Idade Moderna. No Brasil, tais preocupações aparecem especialmente a partir do século XIX. Nos últimos quinze anos, pesquisas sobre Educação Infantil no Brasil apresentaram avanços em relação à temática. Entretanto, no cotidiano das instituições é perceptível que professores possuem dificuldades consideráveis em pensar o movimento em sua totalidade. Nessa perspectiva, o objetivo dessa pesquisa foi investigar qual a concepção de corpo e movimento que norteia as práticas pedagógicas dos professores de Educação Infantil, bem como a relação estabelecida entre tais práticas e suas vivências/experiências corporais anteriores. A metodologia, de abordagem qualitativa, privilegiou o trabalho campo por meio de entrevistas semi-estruturadas, realizadas com professores de Educação Infantil nas cidades de São Paulo/SP e Jundiaí/SP. A análise dos dados, referenciado na perspectiva teórico-metodológica da Rede de Significações, foi realizada a partir das categorias: concepção de corpo e movimento dos professores, concepção de práticas cotidianas de movimento na Educação Infantil, os espaços físicos e seus usos. Os dados analisados indicam que, os professores atuantes nas instituições de Educação Infantil investigadas, em sua maioria, reconhecem a importância do movimento e em certa medida, procuram desenvolver práticas pedagógicas que o contemplem, apesar de certas dificuldades, como: falta de um entendimento mais amplo sobre o movimento e a reprodução de práticas corporais relacionadas aos saberes oriundos da dimensão pessoal, a partir de suas próprias experiências corporais na infância. Essa constatação aponta para a necessidade de uma formação profissional que garanta subsídios para que os professores possam de fato refletir e construir suas práticas cotidianas fundamentadas em um olhar crítico sobre a criança e sua corporeidade, na perspectiva da totalidade.
Título em inglês
Body awareness and movement in Pre-school Education: how teacher´s perceptions and backgrounds relate to daily practices.
Palavras-chave em inglês
body
movement
pre-school education
Resumo em inglês
Concerns about body awareness and movement are not new to Pre-school Education. Recommendations about body awareness education have been acknowledged since the first pedagogical systems were put into place, predominantly from the start of the Modern Age. In Brazil, such concerns started to become apparent particularly from the start of the XIX century, and in the past fifteen years research on Pre-school Education has presented advances in this area. However, in day-to-day school life, the considerable difficulties that teachers have in thinking about movement in its entirety can be recognized. From this perspective, the objective of this research was to investigate which idea of body awareness and movement guides the pedagogical practices of Pre-school Education teachers, as well as the relationship established between these practices and the previous body awareness experiences of such professors. The methodology, from a qualitative approach, used field work that was carried out through semi-structured interviews by Pre-school teachers in the cities of São Paulo/SP and Jundaí/SP. The data analysis, from a theoretical-methodological perspective, on the Net of Meanings, was carried out taking into consideration the following categories: teacher´s perceptions of body awareness, perceptions of everyday movement activities in Pre-school Education, physical spaces and their uses. The data analyzed indicates that the majority of teachers currently teaching pre-school education - that were investigated - recognize the importance of movement, and to a certain degree, attempt to consider this concept in the development of pedagogical practices despite coming up against certain difficulties, such as: the lack of a broader understanding of the movement and reproduction of body actions from a personal viewpoint related to their own childhood experiences of such actions. This discovery underlines the necessity of professional education that guarantees support for teachers, enabling them to reflect on and construct their daily activities based on one critical look at the child and his/her body as a whole.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CAPA.pdf (258.25 Kbytes)
TEXTO.pdf (1.53 Mbytes)
Data de Publicação
2010-08-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.