• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2011.tde-30082011-134451
Documento
Autor
Nome completo
Lenilda Rego Albuquerque de Faria
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Maria Isabel de (Presidente)
Marin, Alda Junqueira
Moura, Manoel Oriosvaldo de
Pinto, Umberto de Andrade
Saviani, Dermeval
Título em português
As orientações educativas contra-hegemônicas das décadas de 1980 e 1990 e os rebatimentos pós-modernos na didática a partir da visão de estudiosos
Palavras-chave em português
consciência pedagógica
didática
didática crítica
materialismo histórico-dialético
pedagogia histórico-crítica
pedagogias contra-hegemônicas
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo analisar a validade científica do ideário pedagógico-didático contra-hegemônico desenvolvido na década de 1980, em face das contestações do modo pósmoderno de pensar. Para tanto, procura dar resposta à questão medular que orienta o estudo: Como os estudiosos que constituíram o movimento da didática crítica, e que tinham suas bases epistemológicas assentadas na dialética marxiana, estão tratando as questões colocadas pela pós-modernidade, uma vez que as proposições desse modo de pensar questionam as principais teses do materialismo histórico-dialético, com implicações epistemológicas e praxiológicas diretas para o campo da pedagogia e da didática? Ainda, como questão subsidiária, indaga: Há um deslocamento epistemológico de uma didática crítica para uma didática pós-moderna? O desenvolvimento da pesquisa dá-se fundado nos estudos de natureza teórica com o recurso à pesquisa bibliográfica e às análises das entrevistas realizadas com quatro estudiosos representativos da área da didática: José C. Libâneo, Maria Rita N. S. Oliveira, Selma G. Pimenta e Vera M. Candau. Tem como pressuposto teórico-metodológico a teoria do ser social de Marx, seu método dialético, a pedagogia como ciência da e para a práxis educativa e a didática como teoria do ensino enquanto totalidade concreta. No tocante ao método dialético, o estudo se faz pautado em Marx (1978, 1988a, 2007), Lukács (1979, 2007), Kosik (1995), Kopnin (1978), Paulo Netto (2006, 2009) e Frigotto (2006); na pedagogia e na didática, dá-se com Saviani (2005b, 2006, 2007b, 2008a), Libâneo (2000a, 2008), Pimenta (2000, 2001, 2005) e Oliveira (1991, 1992). A tentativa de captar as mediações do objeto de estudo conduz ao estudo do modo pósmoderno de pensar, a partir de obras de autores como Harvey (1993), Eagleton (1998), Jameson (2004) e Anderson (2004). Para sustentar a concepção de pós-modernidade, recorre-se também a Wood e Foster (1999) e Paulo Netto (2010). A pesquisa tem as seguintes categorias nucleares: pedagogias contra-hegemônicas, hegemonia, pós-modernidade, crítica, práxis, ciência, educação, cultura, pedagogia e didática. Os resultados demonstram, no tocante à questão da pesquisa, que, para todos os entrevistados, a didática crítica não está se metamorfoseando em uma didática pósmoderna, mas indicam a presença das ideias da pós-modernidade na área da didática. No tocante ao modo de lidar dos estudiosos da didática com os referenciais teóricos, sinalizam para a importância e contribuição da didática crítica, em particular aquela inspirada no marxismo, e sua validade nos dias atuais. Essa visão é compartilhada por Oliveira, Libâneo e Pimenta. Há sinalizações para modos distintos de lidar com a teoria de Marx entre esses três autores, ao passo que Candau aponta para uma didática crítico-intercultural, no diálogo com ideias pós-modernas de oposição. A pesquisa conclui pela validade e pertinência científica da posição contra-hegemônica lançada na década de 1980 e que ao longo da década de 1990 tendeu a ser contestada pela visão pós-moderna. Destaca a necessidade e validade da pedagogia histórico-crítica pelo caráter objetivo da formação humana constituinte de suas posições sobre educação e trabalho. A tarefa da didática consiste em contribuir com o desenvolvimento da consciência pedagógica do professor. Em situação de ensino, a finalidade do processo educativo é elevar a compreensão do aluno do nível sincrético ao nível da síntese.
Título em inglês
Counter-hegemonic educative orientations in the decades of 1980 and 1990, and post-modern impacts on the didactic field according to some scholars point of view.
Palavras-chave em inglês
counter-hegemonic pedagogies
critical didactic
dialectal historic materialism
didactic
history-critical pedagogy
pedagogical consciousness
Resumo em inglês
This research aims at analyzing the scientific validity of the counter-hegemonic didactic-pedagogic approach developed in the decades of 1980 and 1990, in view of the disputes brought out by the postmodern way of thinking. In pursuing this objective, it seeks to answer the core question that guides the investigation: How are the scholars who fostered the movement for a critic didactic and had their epistemological bases grounded on the Marxism dialectic treating the questions posed by postmodernity, since its assumptions bring into question the main theses defended by dialectical historical materialism, with direct epistemological and praxticiological implications to the fields of pedagogy and didactic? Also a secondary question is posed: Is there an epistemological shift from a critical didactic to a post-modern didactic? The development of the theme comprises a theoretical study of the relevant bibliography and analyzes of interviews carried out with four representative scholars in the didactic field, namely, José C. Libâneo, Maria Rita N. S. Oliveira, Selma G. Pimenta, and Vera M. F. Candau; here the theoretical-methodological assumptions are Marxs theory of the Social Being, his dialectical method, and pedagogy seen as a science of, and for, educative praxis, and didactic seen as a theory of teaching in its concrete wholeness. As for the dialectical method, the references used are Marx (1979, 1988a, 2007), Lukács (1979, 2007), Kosik (1995), Kopnin (1978), Paulo Netto (2006, 2009) and Frigotto (2006); for pedagogy and didactic considerations, the references are Saviani (2005b, 2006, 2007b, 2008a), Libâneo (200a, 2008), Pimenta (2000, 2001, 2005), and Oliveira (1991, 1992). In the attempt to capture the mediations of the object under investigation, the post-modern way of thinking is discussed from the perspective presented by Harvey (1993), Eagleton (1998), Jameson (2004), and Anderson (2004); to support the concept of post-modernity chosen reference is made to Wood and Foster (1999) and Paulo Netto (2010). The research highlights the following nuclear categories: counter-hegemonic pedagogies, hegemony, post-modernity, critic, praxis, science, education, culture, pedagogy and didactic. The results show that, in relation to the research question, for all the interviewed scholars critical didactic is not changing into post-modern didactic, but they concede that some of the post-modern ideas are already present in the area of didactic. As for the manner those didactic scholars deal with the theoretical framework, there are indications that they consider that critical didactic, especially the segment inspired by Marxism, is important and has contributions, and is still valid in present days; this position is shared by Libâneo, Oliveira, and Pimenta. Also there are signs that those three professors have different forms of approaching Marx´s theory, and particularly Candau favors an intercultural critic didactic in the debate with opposing postmodern ideas. The research supports the validity and pertinence of the counter-hegemonic position launched in the 1980s and attacked by the post-modern trend along the 1990s. It also highlights the necessity and validity of the history-critical pedagogy due to its objectivity in human formation, one of its tenets in the reflection on education and labor. The task of didactic is to contribute with the development of teachers pedagogical consciousness. In the teaching situation the final goal of the educative process is to raise students comprehension from the syncretic level to the level of synthesis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
capa.pdf (4.48 Kbytes)
tese.pdf (1.88 Mbytes)
Data de Publicação
2011-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.