• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-06112009-155236
Documento
Autor
Nome completo
Joyce do Amaral Genta Mansano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Grinberg, Max (Presidente)
Abensur, Henry
Franken, Roberto Alexandre
Ramos, Auristela Isabel de Oliveira
Rochitte, Carlos Eduardo
Título em português
Fibrose miocárdica associada à insuficiência mitral crônica: estudo pela ressonância magnética
Palavras-chave em português
Biópsia
Fibrose endomiocárdica
Imagem por ressonância magnética
Insuficiência da valva mitral
Resumo em português
Introdução: A história natural da insuficiência mitral associa-se a décadas de remodelação ventricular esquerda com fibrose intersticial. A fronteira entre o processo adaptativo e a miocardiopatia dilatada demanda avaliação clínico-histológica. Atualmente, sabe-se que o melhor método empregado para quantificar as alterações decorrentes do remodelamento que acomete o ventrículo esquerdo é a biópsia miocárdica, que analisa a doença, somente após a cirurgia ou no post mortem. O presente estudo visa avaliar a fibrose miocárdica associada à insuficiência mitral crônica, através de estudo pela Ressonância Magnética, de maneira não invasiva, precoce e rápida. Objetivos: Avaliar a capacidade e a aplicabilidade da ressonância magnética cardíaca de detectar a fibrose miocárdica na insuficiência mitral crônica importante, tendo como referência a biópsia miocárdica. Métodos: Foram selecionados 52 pacientes portadores de IM crônica pura ou associada a estenose mitral leve, com PVM e DR, e com indicação cirúrgica. Todos os pacientes foram reavaliados pelo EcoDopplercardiograma e realizaram ressonância magnética cardíaca para avaliação da função ventricular, volumes e índice de massa ventricular esquerda, através da cine-ressonância e pela técnica do realce tardio miocárdico, com injeção de 0,2 mmol/kg de contraste gadolínio para a detecção de FM, sendo submetidos a cirurgia de plástica ou troca de válvula mitral com bióspsias miocárdicas, retiradas de locais padrão, na parede lateral do ventrículo esquerdo. Todas foram coradas pela técnica do hematoxilinaeosina, e as positivas para FM, confirmadas pelo corante picrossirius, que cora colágeno, e quantificadas pelo aparelho do quantimet. Resultados: Os pacientes foram divididos em quatro grupos, conforme a RM e a biópsia. A RM diagnosticou FM em 18 pacientes, concordantes com a BM (RMC/BM +). A RM foi negativa para FM em 33 pacientes, sendo 28 concordantes com a BM (RMC/BM -). Observou-se discordância de RM com a BM, em 7 casos falsos negativos (RMC-/BM +). A sensibilidade da RMC à fibrose foi de 72%, especificidade de 100%, e acurácia de 86,3%. Nos grupos distintos estudados, a sensibilidade, especificidade e acurácia foram de 64,7%, 100% e 82,4%, respectivamente, na PVM, e de 97,5%, 100% e 92,9%, respectivamente, na DR. O índice Kappa foi de 0,724 (p<0,001) para o grupo total; 0,665 (p<0,001) para PVM e 0,857(p<0,001) na DR. VDF, VSF e IMVE tiveram correlação positiva e significativa com a porcentagem de fibrose, sendo que, quanto maiores esses valores, maior a porcentagem de fibrose. Conclusão: RMC teve boa concordância com a BM, em relação aos achados de FM
Título em inglês
Myocardic fibrosis associated with chronic mitral insuficiency. A magnetic resonance study
Palavras-chave em inglês
Cardiac magnetic resonance
Chronic mitral regurgitation
Myocardial biopsy
Myocardial fibrosis
Resumo em inglês
Introduction: The natural history of mitral insufficiency (MI) is associated to decades of left ventricular remodelation with intersticial fibrosis. The frontier between adaptative process and dilatade miocardiopaty needs clinic and histologic evaluation. Now a days , we know that the best method to quantify the alterations of remodelation in left ventricule is myocardial biopsies which analyses the illness only after surgery or post morten. This actual study aims to evaluate myocardial fibrosis associated with cronic MI, through the study with magnetic resonance (MR), in a not invasive, early and quickly way. Objectives: Evaluate capacity and applicability of the magnetic resonance in detection of myocardial fibrosis in chronic important mitral insufficiency in reference with myocardial biopsis. Methods: It was selected 52 patients with pure chronic MI or associated with mild mitral stenosis, with cirurgical indication. All of the patients were reevaluated by EcoDopplercardiogram and it was done cardiac MR to evaluate ventricular function, volumes and left ventricular mass rate through MR cine and myocardial late realce techinique with 0,2 mmol/Kg with gadoline contrast and myocardial fibrosis (MF) detection and being undergone plastic or mitral valvular changes surgery with myocardial biopsis (MB) were taken from the left ventricular lateral wall. All of them were colored with hematoxilin eosine and the positives were confirmated with picrossirius and quantified with quantimet device. Results: Patients were divided in four groups according to MR and biopsies. MR diagnosticated MF in 18 patients agreed with MB (MR / MB +). MR was negative for MF in 33 patients where 28 agreed with MB (MR / MB -). We observated discordance with MR and MB in 7 cases false negatives (MR- /MB+). The sensibility of MR to fibrosis was 72%, specificity was 100% and acurace was 86,3%. In the distinct groups studied, we see sensibility, specifity and acure were 64,7%, 100 % and 82,4% respectivity in PVM and 97,5%, 100% and 92,9% respectivity in reumathic disease. The Kappa indice is 0,714 (p<0,001) for the total group; 0,665 (p<0,001) for PMV and 0,857 (p<0,001) in RD. There is a positive correlation and significative between fibroses percentage with VDF, VSF, IMVE of the MR. So the higher the values, higher the fibrosis percentage. Conclusion: MR had a good concordance with MB in relation to found the MF in IMC
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.