• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2010.tde-10052010-143934
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Eduardo Pereira Pesaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Serrano Junior, Carlos Vicente (Presidente)
Carvalho, Antonio Carlos de Camargo
Cavalcanti, Alexandre Biasi
Cesar, Luiz Antonio Machado
Gagliardi, Antonio Ricardo de Toledo
Título em português
Estudo da atividade inflamatória e plaquetária em pacientes com doença arterial coronária estável, submetidos a tratamentos com duas estratégias hipolipemiantes intensivas: sinvastatina 80mg e ezetimiba 10mg/sinvastatina 20mg 
Palavras-chave em português
Agregação plaquetária
Colesterol
Doença da artéria coronária
Inflamação
Sinvastatina
Resumo em português
Introdução. Em pacientes com doença arterial coronária (DAC) estável, não está claro se os efeitos da redução do colesterol sobre a inflamação, agregação plaquetária e células endoteliais progenitoras (CEPs) diferem entre duas estratégias hipolipemiantes: ezetimiba associada à sinvastatina em dose moderada e sinvastatina isolada em dose elevada. Objetivo. Avaliar os efeitos de sinvastatina em dose elevada comparada a ezetimiba associado à sinvastatina em dose moderada sobre a inflamação, agregação plaquetária e CEPs. Métodos e Resultados. Pacientes com DAC estável (n=83, 63 ± 9 anos, 48 homens), em uso de sinvastatina 20 mg, foram randomizados para tratamento com sinvastatina 80 mg (S80) ou ezetimiba 10 mg/sinvastatina 20 mg (E10/S20), por seis semanas. O perfil metabólico e lipídico, a proteína C-reativa (PCR), molécula de adesão intercelular solúvel (sICAM)-1, proteína quimiotática de monócitos (MCP)-1, interleucinas (IL) -1, -6 e -10, glicoproteína CD-40 ligante solúvel (sCD-40L), LDL oxidado (LDLox), células endoteliais progenitoras (CEPs) e a agregação plaquetária pelo platelet function analyzer (PFA)-100 foram avaliados antes e após o tratamento. Os níveis basais de lipídios, marcadores inflamatórios, CEPs e PFA-100 foram similares em ambos os grupos. Após o tratamento com S80 e E10/S20, ambos os grupos apresentaram: (1) Redução significante e similar de LDL-C (-23 + 30% vs -29 + 13%, respectivamente; p=0,46), Apo-B (-22 + 15% vs -18 + 17%, respectivamente; p=0,22) e LDLox (-18 + 47% vs -15 + 33%, respectivamente; p=0,65); (2) Redução modesta, similar e não significativa de PCR (-16% [IIQ: -42 - 7] vs -11% [IIQ= -37 26], respectivamente; p= 0,3). Nenhuma alteração significante foi encontrada nos marcadores inflamatórios restantes ou nas CEPs. (3) O PFA-100 elevou-se significativamente com E10/S20, mas não com S80 (27 + 43% vs 8 + 33%, respectivamente; p=0,02). Conclusão. Nossos dados demonstram que em pacientes com DAC estável: (1) Tanto S80 como E10/S20 são igualmente eficientes na redução de LDL-C e apresentam efeitos anti-inflamatórios semelhantes; (2) E10/S20 apresentou efeito antiagregante plaquetário mais eficiente do que S80. Portanto, apesar de apresentarem efeitos hipolipemiantes e anti-inflamatórios semelhantes, E10/S20 promoveu maior efeito pleiotrópico antiagregante plaquetário do que S80, a despeito da dose quatro vezes menor de estatina na combinação. Novos estudos são necessários para elucidar os efeitos antiplaquetários da ezetimiba
Título em inglês
Study of the inflammatory and platelet activity in patients with stable coronary artery disease, treated with two antilipemic strategies: simvastatin 80 mg and ezetimibe 10 mg/simvastatin 20 mg
Palavras-chave em inglês
Cholesterol
Coronary artery disease
Inflammation
Platelet aggregation
Simvastatin
Resumo em inglês
Background. Among patients with stable coronary artery disease (CAD), it is not clear if the effects of cholesterol reduction on inflammation, platelet aggregation and endothelial progenitor cells (EPCs) differ between combined ezetimibe plus moderate-dose simvastatin and high-dose simvastatin alone. Objective. We sought to test the effects of a higher simvastatin dosage compared with combined treatment with ezetimibe plus a moderate simvastatin dose, on inflammation, platelet aggregation and EPCs. Methods and Results. CAD patients (n=83, 63 ± 9 years, 48 men), on simvastatin 20 mg, were randomly allocated to receive the combination ezetimibe 10 mg/simvastatin 20 mg (E10/S20) or simvastatin 80 mg (S80), for 6 weeks. Lipid profile, inflammatory markers (C-reactive protein [CRP], interleukin -1, -6 and -10, monocyte chemotactic protein (MCP)-1, soluble intercellular adhesion molecule (sICAM)-1, soluble CD-40 ligand [sCD-40L] and oxidized LDL [oxLDL]), platelet aggregation (platelet function analyzer [PFA]-100) and EPCs were determined before and after treatment. Baseline lipids, inflammatory markers and PFA-100 were similar in both groups. After treatment, S80 and E10/S20 patients presented: (1) significant and similar reductions on LDL-C (-23 + 30% vs -29 + 13%, respectively; p=0.46), Apo-B (-22 + 15% vs -18 + 17%, respectively; p=0.22) and oxLDL (-18 + 47% vs -15 + 33%, respectively; p=0.65), and (2) modest lowering on CRP (-16% [IIQ: - 42 - 7] vs -11% [IIQ= -37 26], respectively; p= 0.3). No significant changes were denoted among other inflammatory markers or EPCs. (3) PFA-100 increased significantly with E10/S20 but not with S80 (27 + 43% vs 8 + 33%, p=0.02). Conclusions. These data show that among stable CAD patients: (1) both E10/S20 and S80 are equally effective in reducing LDL-C, and have similar anti-inflammatory effects. (2) E10/S20 is more effective than S80 in inhibiting platelet aggregation. Thus, despite similar lipid lowering and antiinflammatory effects, and a dose four times less of simvastatin, E10/S20 induced a greater pleiotropic platelet inhibition than S80. The potentially favorable antiplatelet effects of E10/S20 merit further study
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AntonioEduardoPesaro.pdf (753.35 Kbytes)
Data de Publicação
2010-05-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.