• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2013.tde-25112013-101041
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Casalino Sanches de Moraes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Tarasoutchi, Flavio (Presidente)
Cardoso, Luiz Francisco
Katz, Marcelo
Mansur, Alfredo Jose
Ramos, Auristela Isabel de Oliveira
Título em português
Validação do EuroSCORE em valvopatas submetidos à cirurgia cardíaca
Palavras-chave em português
Doenças das valvas cardíacas
Doenças reumáticas
EuroSCORE
EuroSCORE II
Fatores de risco
Resumo em português
Introdução: A estratificação de risco pré-operatória é elemento essencial para a decisão cirúrgica, assim foram desenvolvidos alguns sistemas de pontuações para predizer mortalidade após cirurgia cardíaca em adultos. O EuroSCORE (ES) é um dos mais difundidos mundialmente sendo considerado um bom preditor de mortalidade em pacientes que foram submetidos à cirurgia cardíaca e foi considerado um sistema de pontuação de fácil uso e boa aplicabilidade. Racional: O ES já é usado assistencialmente em nossa instituição, entretanto, não foi realizada uma validação local em uma coorte específica de portadores de valvopatias. Sabemos das importantes diferenças epidemiológicas entre nossa população e pacientes citados na literatura mundial. Objetivos: O objetivo desse estudo é validar o ES como ferramenta preditora de mortalidade após cirurgia valvar. Métodos: Foram incluídos no trabalho 540 pacientes portadores de Valvopatia, com indicação de substituição da função valvar. O período de inclusão foi de fevereiro a dezembro de 2009. Todos os pacientes tiveram o cálculo da mortalidade estimada, baseada no EuroSCORE no pré-operatório, foram seguidos até alta hospitalar ou 30 dias após cirurgia. A capacidade discriminativa do modelo foi calculada utilizando a área sobre a curva receiver operating Characteristic (ROC) e a para o cálculo calibração utilizou-se o teste de Hosmer-Lemeshow (H-L). Resultados: A média etária da população foi de 56 ± 12 anos, 50% do sexo feminino, com etiologia predominante de Doença reumática. As variáveis: endocardite infecciosa, hipertensão pulmonar e o histórico de cirurgia prévia foram mais prevalentes em nossa coorte quando comparada com o banco de dados original do ES. A mortalidade observada global foi de 16% (6% em cirurgias eletivas e 34% em cirurgia de emergência), já a mortalidade predita foi de 6.1%, 8.7% e 4.31% para ES aditivo, ES logístico e ESII, respectivamente. Na avaliação da capacidade discriminativa a área sobre a curva ROC (ASCR) foi considerada boa com valores de 0,81 ; 0,76 ; 0,76 respectivamente para ES II; ES aditivo e logístico. A calibração do modelo foi considerada ideal com P > 0,05 para os modelos de ES. Conclusão: Os modelos do ES foram validados como ferramentas preditoras de risco de mortalidade após cirurgia cardíaca valvar
Título em inglês
EuroSCORE Validation in patients who underwent heart valvular surgery
Palavras-chave em inglês
EuroSCORE
EuroSCORE II
Heart valve diseases
Rheumatic disease
Risk factors
Resumo em inglês
Introduction: Preoperative risk stratification is essential for surgical decision, and some scoring systems have been developed to predict mortality after cardiac surgery in adults. The European System for Cardiac Operative Risk Evaluation (EuroSCORE), developed in European states, aims to predict 30-day mortality of patients undergoing cardiac surgery. Although already used in our institution we not been performed a local validation. We know the epidemiological difference between Brazilian and European population. Therefore, the aim of this study was to evaluate the validation of the EuroSCORE models in our institution. Methods: Between February 1st 2009 and December 30th 2009, a total of 540 consecutive patients with valvular heart disease and indication for surgical treatment were evaluated before and after this treatment. Patient demographics, risk factors, surgery details, length of hospital stay and 30-day mortality were collected. The EuroSCORE algorithms were calculated according to the published guidelines (http://www.euroscore.org) on the entire patient sample prior to the time of surgery. Performance of the models was assessed by comparing the observed and predicted mortality. The area under the receiver operating characteristic curve (AUCR) evaluated the predictive performance. The calibration was analyzed by Hosmer-Lemeshow goodness-of-fit statistic. Results: The mean age was 56±12 years and 50% of patients were female. The most common etiology of valvular heart disease was Rheumatic disease. Main differences between the present cohort and the original EuroSCORE cohort were: Age, gender, previous cardiac surgery, pulmonary hypertension and active endocarditis. The mean of Aditive and logistic EuroSCORE were 6 ± 3 and 8.66 ± 10.35 respectively. For EuroSCORE II the mean logistic value was 4.2 ± 5.95. Mortality rate of 16% (6% in elective surgery and 34 % in emergency/urgency surgery), with estimated mortalities according to additive, logistic EuroSCORE and EuroSCORE II of 6.1%, 8.7% and 4.31%, respectively. The AUC for additive EuroSCORE was 0.76, for logistic EuroSCORE 0.76, was lower than that for EuroSCORE II 0.81. Conclusion: EuroSCORE models demonstrated good discriminative capacity and calibration in these valvular heart disease patients undergoing cardiac surgery
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.