• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-27112012-102453
Documento
Autor
Nome completo
Otávio Celeste Mangili
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Santos Filho, Raul Dias dos (Presidente)
Coelho, Otavio Rizzi
Faria Neto, José Rocha
Fonseca, Francisco Antônio Helfenstein
Luz, Protasio Lemos da
Título em português
Efeitos da associação de sinvastatina e ezetimiba na cinética de quilomícrons artificiais em pacientes portadores de doença arterial coronária estável
Palavras-chave em português
Cinética
Doença da artéria coronariana
Ezetimiba
Quilomícrons
Sinvastatina
Resumo em português
FINALIDADE: Defeitos na depuração plasmática de quilomícrons e seus remanescentes (QM) predispõem à doença arterial coronária (DAC). QM ligam-se a seus receptores hepáticos específicos (RLP) e aos receptores de LDL (LDL-r). As estatinas reduzem o LDL-colesterol (LDL-C) e melhoram a depuração plasmática de QM, aumentando a expressão hepática do LDL-r. A ezetimiba (EZE), um bloqueador da absorção do colesterol, também aumenta a expressão de LDL-r nos seres humanos. Este estudo avaliou os efeitos isolados da EZE na depuração plasmatica de QM artificial em pacientes DAC. Também foram testados os efeitos da associação da sinvastatina em dose baixa com EZE em comparação com a máxima dose de sinvastatina sobre depuração plasmática de QM. MÉTODOS: 25 pacientes com DAC estável (idade 61 ± 5 anos), após um período de seis semanas de washout de estatinas, foram randomizados para um ou outro tratamento com 10 mg EZE (grupo 1, n = 13) ou sinvastatina 20 mg (grupo 2, n = 12). Os pacientes evoluíram para 10mg + 20mg de sinvastatina com EZE ou sinvastatina 80 mg, respectivamente. Os estudos cinéticos foram realizados no início e após 6 e 12 semanas de cada braço do tratamento. A emulsão lipídica de QM marcada com 14C-CE (que mede a remoção QM e remanescente) e 3H-TG (que mede a lipólise de QM) foi injetada e amostras de sangue foram coletadas durante 60 minutos para determinar taxas de remoção fracionária de radioisótopos (TFR) por análise compartimental. As comparações foram feitas por analise de medidas repetidas (ANOVA). RESULTADOS: Não houve diferenças nas características clínicas e laboratoriais entre os grupos. As TFR de 14C-CE (1/min) no grupo 1 foram 0,005 ± 0,004, 0,011 ± 0,007 e 0,018 ± 0,004 e no grupo 2 foram 0,004 ± 0,002, 0,011 ± 0,008 e 0,019 ± 0,007, respectivamente, à admissão, 6 e 12 semanas ( p <0,05 e ns, respectivamente, para comparações de tempo e grupo). As TFR de 3H-TG (1/min) no grupo 1 foram de 0,017 ± 0,01, 0,024 ± 0,011 e 0,042 ± 0,013 e no grupo 2 foi de 0,01 ± 0,016, 0,022 ± 0,009 e 0,037 ± 0,011, respectivamente, no início do estudo, 6 e 12 semanas ( p <0,05 e ns, respectivamente, para comparações de tempo e grupo). Mudanças semelhantes também foram encontradas para o LDL-C (mg/dL): 142 ± 22,113 ± 19, 74 ± 17 para grupo1 e 119 ± 22, 92 ± 15 e 72 ± 15 para o grupo 2, respectivamente, na admissão, 6 e 12 semanas (p <0,05 para o tempo e ns para o grupo). CONCLUSÃO: EZE isolada aumentou a remoção do plasma de QM e remanescentes e a associação com a sinvastatina aumentou os seus efeitos. A sinvastatina em dose baixa associada à EZE apresentou efeitos favoráveis semelhantes tanto na depuração plasmática de QM quanto na redução de LDL-C em comparação com 80mg de sinvastatina
Título em inglês
Favourable effects of ezetimibe alone or in association with simvastatin on the removal from plasma of chylomicrons in coronary heart disease subject
Palavras-chave em inglês
Chylomicrons
Coronary artery disease
Ezetimibe
Kinects
Simvastatin
Resumo em inglês
PURPOSE: Defects on plasma clearance of chylomicrons and their remnants (CM) predispose to coronary heart disease (CHD). CM bind both to their specific liver receptors (LRP) and to the LDL receptors (LDL-r). Statins reduce LDL-cholesterol (LDL-C) and improve the plasma clearance of CM by increasing the expression of hepatic LDL-r. Ezetimibe (EZE), a cholesterol absorption blocker, also increases LDL-r expression in humans. This study evaluated the isolated effects of EZE on the plasma clearance of artificial CM in CHD subjects. We also tested the effects of the association of low dose simvastatin with EZE in comparison with maximal simvastatin dose upon CM plasma clearance. METHODS: 25 stable CHD patients (age 61 ± 5 years, 98%men) after a 6 week statin washout period were randomized for either treatment with EZE 10 mg (group 1, n= 13) or simvastatin 20 mg (group 2 n=12). Patients were progressed to 10mg EZE+ simvastatin 20mg or simvastatin 80 mg, respectively. Kinetic studies were done at baseline and after 6 and 12 weeks of each treatment arm. The CM emulsion labelled with 14C-CE (that measures CM and remnant removal) and 3H-TG (that measures CM lipolysis) was injected and blood samples were collected during 60 minutes to determine radioisotopes fractional catabolic rates (FCR) by compartmental analysis. Comparisons were made repeated measurements ANOVA. RESULTS: There were no differences in clinical and laboratory characteristics between the groups. The 14C-CE FCR (1/min) in group 1 were 0.005±0.004, 0.011±0.007 and 0.018±0.004 and in group 2 were 0.004±0.002, 0.011±0.008 and 0.019±0.007 respectively at baseline, 6 and 12 weeks (p<0.05 and n.s respectively for time and group comparisons). The 3H-TG FCR (1/min) in group 1 were 0.017±0.01, 0.024±0.011 and 0.042±0.013 and in group 2 were 0.01± 0.016, 0.022±0.009 and 0.037±0.011 respectively at baseline, 6 and 12 weeks (p <0.05 and n.s respectively for time and group comparisons). Similar changes were also found for LDL-C (mg/dL):142 ± 22,113 ± 19, 74 ± 17 for group1 and 119 ± 22, 92 ± 15, and 72 ± 15 for group 2 respectively at baseline, 6 and 12 weeks (p<0.05 for time and n.s. for group). CONCLUSION: EZE alone increased the removal from plasma of CM and remnants, the association with simvastatin increased its effects. The low dose simvastatin associated with EZE showed similar favourable effects in both CM plasma clearance and LDL-C in comparison with 80 mg simvastatin
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.