• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2013.tde-04022014-155625
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Augusto Miranda da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Casseb, Jorge Simão do Rosário (Presidente)
Vasconcellos, Cidia
Aoki, Valeria
Fagundes, Luiz Jorge
Luiz, Fernanda Guedes
Título em português
Resposta imune in vitro aos antígenos de Papilomavírus Humano (HPV) em homens na cidade de São Paulo, Brasil
Palavras-chave em português
Células Th17
Equilíbrio Th1 - Th2
HPV
Papilomavirus humano
Resumo em português
Introdução: O Papilomavírus Humano está muito bem associado com diversos tipos de cânceres humanos, como câncer anogenital e oral. Alguns estudos demonstram que o aparecimento de lesões e a progressão para o câncer estão relacionados ao tipo de resposta imune do hospedeiro. Deste modo, evidências indicam que a resposta imune do hospedeiro tem um papel muito importante para o curso da infecção pelo HPV. Objetivo: Avaliar a resposta imune específica in vitro ao Papilomavírus Humano (HPV) em homens com lesões causadas por HPV e sem lesão por HPV. Material e Métodos: Foram recrutados 31 pacientes e 11 voluntários, que formaram 4 grupos de estudo; sendo 12 pacientes no Grupo A (HIV +/ HPV +); 09 pacientes no Grupo B (HIV-/HPV+); 10 pacientes no Grupo C (HIV+/ HPV-); e 11 indivíduos saudáveis no Grupo D (HIV-/HPV-). Foram realizados ensaios de cultura celular para mensurar a resposta celular específica "in vitro" do tipo Th1/Th2/Th17 (INF-y, IL-2, TNFalfa, IL-4, IL-10 e IL-17) sob o estímulo da vacina quadrivalente do HPV (HPV 6, 11, 16 e 18) e à proteína E7 de HPV-16. Resultados: O grupo coinfectado (HIV +/ HPV+) apresentou níveis mais elevados de citocinas, principalmente do perfil Th2, comparando-se com os dados dos demais grupos de estudo. O grupo coinfectado apresentou níveis elevados de IL-6 e IL-10 (Perfil Th2) em relação ao grupo controle (HIV-/HPV-), com significância estatística (p < 0.0001 e p < 0.0001, respectivamente). Conclusão: Foi demonstrada uma elevada produção de citocinas no grupo HPV+/HIV+, sugerindo uma forte imunomodulação pela coinfecção HIV/HPV. Entretanto, novos estudos devem ser realizados para comprovar estes dados. Além de apresentar um perfil essencialmente Th2 do grupo coinfectado, principalmente pelos níveis elevados de IL-6 e IL-10 apresentados, sugerindo que estas duas citocinas possam servir como biomarcadores para persistência viral, uma vez que, os pacientes soropositivos para HIV apresentam maior persistência de HPV, e monitorar a progressão para lesões mais graves
Título em inglês
In vitro immune response to antigens of human papillomavirus (HPV) in men of Sao Paulo, Brasil
Palavras-chave em inglês
HPV
Human papillomavirus
Th1-Th2 balance
Th17 cells
Resumo em inglês
Introduction: Human Papillomavirus is associated with different types of human cancers, such as anogenital and oral cancer. Some studies show that the appearance of lesions and progression to cancer are related to the type of host immune response. Thus, evidence indicates that the host immune response has a role key in the course of HPV infection. Objective: To evaluate the specific immune response in vitro to HPV in men with lesions caused by HPV and without injury caused by HPV. Methods: We recruited 31 patients and 11 volunteers, who formed four groups, with 12 patients in Group A (HIV+/HPV+); 09 patients in Group B (HIV-/HPV+); 10 patients in Group C (HIV+/HPV-) and 11 healthy subjects in Group D (HIV-/HPV-). Cells culture assay was performed to measure the specific immune response "in vitro" Th1/Th2/Th17 (IFN-y, IL-2, TNF-alfa, IL-4, IL-10 and IL-17) under the stimulation of quadrivalent HPV vaccine (HPV 6, 11, 16 and 18) and the E7 protein of HPV-16. Results: The coinfected group (HIV+/HPV+) had higher levels of cytokines, especially Th2 profile, compared with data from the other study groups. The coinfected group showed high levels of IL-6 and IL-10 (Th2 profile) compared to the control Group (HIV- /HPV-), with statistical significance (p < 0.0001 and p < 0.0001, respectively). Conclusion: This study demonstrated a high production of cytokines in the coinfected group, suggesting a strong immunomodulation by coinfection HIV/HPV. However, further studies should be conducted to confirm these data. In addition to presenting essentially a Th2 profile, especially by high levels of IL-6 and IL-10 presented, suggesting that these two cytokines may serve as biomarkers for viral persistence, since HIV seropositive patients have a higher persistence of HPV, and monitor the progression to more serious injuries
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.