• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-15042009-161344
Documento
Autor
Nome completo
Renata Desordi Lobo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Costa, Silvia Figueiredo (Presidente)
Barone, Antonio Alci
Medeiros, Eduardo Alexandrino Servolo de
Título em português
Avaliação do impacto de dois diferentes modelos de intervenção na redução das taxas de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter venoso central em unidades de terapia intensiva
Palavras-chave em português
Avaliação
Cateterismo venoso central
Comportamento
Educação em saúde
Infecção hospitalar/prevenção & controle
Unidades de terapia intensiva
Resumo em português
As infecções de corrente sanguíneas relacionadas a cateter venoso central (ICS-CVC) são as causas mais freqüentes de morbidade e mortalidade em unidade de terapia intensiva (UTI). Muitos estudos mostram que educação e treinamento dos profissionais da área da saúde (PAS) sobre as práticas do cuidado com o CVC é uma importante ferramenta na prevenção e redução das ICS-CVC, entretanto o melhor modelo de educação ainda não está bem estabelecido. O objetivo desse estudo foi avaliar o impacto de dois modelos de intervenção educacional na redução das taxas de ICS-CVC, avaliar o conhecimento de boas práticas do cuidado com o CVC pelos profissionais da área da saúde (PAS) e avaliar a aderência às recomendações do cuidado com o CVC pelos PAS após aplicação dos diferentes modelos de intervenção. Realizou-se um estudo observacional, prospectivo, no período de Janeiro de 2005 a Junho de 2007 em duas unidades médicas de terapia intensiva (UTI A e UTI B) em um grande hospital escola (976 leitos sendo 120 leitos de UTI). O estudo foi dividido em três períodos: basal (somente as taxas de ICS-CVC e densidade de utilização do CVC foram avaliadas), diagnóstico (aplicação de questionário para avaliar o conhecimento dos PAS, seguido de observação das práticas realizado pelos PAS de cuidado durante a inserção, manipulação e curativo do CVC em ambas UTIs) e período de intervenção. Na UTI A, baseado nos problemas encontrados na observação, foram aplicadas aulas, dinâmicas, divulgação mensal das taxas de ICS-CVC, cartazes e etiquetas nos CVCs com lembretes sobre práticas de cuidado com esses dispositivos. Essa intervenção ocorreu para todos os PAS da unidade além de novos funcionários e residentes de medicina. Na UTI B uma única aula foi aplicada. Essa aula continha informações sobre cuidados durante a inserção, manipulação e curativo do CVC. Uma tabela foi criada e os dados foram armazenados no programa Epidata-2.1. Qui-quadrado foi calculado comparando o período de diagnóstico e de intervenção. Durante esses dois períodos, 940 e 843 CVCdias foram avaliados respectivamente na UTI A e 2175 e 1694 na UTI B. Questões sobre inserção CVC, desinfecção da conexão e curativo com solução alcoólica foi respondido corretamente por 70% a 100% dos PAS, entretanto a aderência as praticas de cuidados com o CVC durante a observação foi baixa, especialmente para a higiene das mãos (6%-35%) e desinfecção da conexão do CVC (45-68%). Após a intervenção das taxas de ICS-CVC caíram nas duas UTIs, entretanto na UTI A que ocorreu intervenção contínua, o decréscimo das taxas foi progressivo e sustentado. Na UTI B, onde uma única intervenção foi aplicada (aula) as taxas de ICS-CVC caíram inicialmente e voltaram a subir ao longo do tempo. Na UTI A, foram identificados 12 ICS-CVC por 1000 cateteresdias no período basal e nove meses após o início da intervenção contínua, não foi identificado nenhuma ICS-CVC. Na UTI B, 16,2 ICS por 1000 cateteres-dias no período basal caiu para 6,7 ICS por 1000 cateteres-dias. Em conclusão, programa educacional contínuo e personalizado parece desenvolver uma cultura de prevenção e é mais efetivo que uma única intervenção, com sustentação dos índices baixos de ICS-CVC
Título em inglês
Evaluation of the impact of two differents interventions to reduce catheter associated bloodstream infection: continuous tailored education versus one basic lecture
Palavras-chave em inglês
Behavior
Cross infection/prevention & control
Evaluation
Health education
Intensive care units
Resumo em inglês
Central venous catheter-related bloodstream infections (CVC-BSI) are a frequent cause of morbidity and mortality in intensive care unit (ICU). Many studies have shown that education and training of health-care workers (HCW) on practices concerning CVCs are important tools to decrease and prevent CVC-BSI but the best educational model has yet to be established. The aim of this study was to evaluate the impact of two models of educational intervention on the rates of CVC-BSI in the intensive care units (ICUs), to evaluate the knowledge of HCWs regarding the recommendations of CVC care and to evaluate the adherence to practices concerning CVC for each ICU, comparing the preintervention and interventions periods. This prospective observational study was conducted from January 2005 to June 2007 in two medical intensive care units (ICU A and ICU B) in a large teaching hospital. The study was divided in 3 periods: Baseline (only CVC-BSI rates and DU were evaluated) Pre-intervention (questionnaire to evaluate the knowledge of HCWs and observation phase of CVC insertion, handling and dressing practices by the HCWs in both ICUs) and Intervention periods (in ICU A, the tailored and continuous intervention was started, in ICU B a single intervention lecture was given. A database was created using the program Epi info. Chi-square was calculated comparing the pre-intervention and intervention periods. During the pre-intervention and intervention periods 940 and 843 CVC-days were evaluated respectively in ICU A and 2175 and 1694 CVC-day in ICU B. Questions regarding CVC insertion, disinfection during manipulation and the use of an alcohol-based product during dressing were answered correctly by 70- 100% of the HCWs. Notwithstanding the compliance of HCWs to these practices in the pre-intervention period was low, especially to hand hygiene (6%-35%) and disinfection of hub (45-68%). After the intervention CVC-BSI rates declined in both units, however in the ICU in which continuous intervention was used, this decrease was progressive and sustained. In the ICU B in which a single lecture was given, the rates dropped initially and increased over time. In ICU A, 12 CVC-BSI per 1000 catheters-days in baseline period to zero after 9 months intervention. In ICU B 16.2 CVC-BSI per 1000 catheters -days in baseline period dropped to 6.7 CVC-BSI per 1000 catheters-day. In conclusion, personal customized continuous education seems to develop a culture of prevention and is more effective than single intervention, it leading to a sustained reduction of infection rates
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Renatalobo.pdf (495.69 Kbytes)
Data de Publicação
2009-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.