• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-05032010-171210
Documento
Autor
Nome completo
Thais Chile
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Giorgi, Ricardo Rodrigues (Presidente)
Giannella Neto, Daniel
Rubio, Ileana Gabriela Sanchez de
Título em português
Análise da expressão dos genes CRABP1, CRABP2, GRP e RERG em adenomas hipofisários funcionantes e clinicamente não funcionantes
Palavras-chave em português
Expressão gênica
Neoplasias hipofisárias
Peptídeo liberador de gastrina
Proteínas de ligação a GTP
Proteínas de ligação do ácido retinóico
Resumo em português
Os tumores hipofisários representam cerca de 10% a 15% das neoplasias intracranianas. Embora a etiopatogenia ainda não seja plenamente caracterizada, muitos mecanismos moleculares envolvidos na tumorigênese hipofisária já foram desvendados. Utilizandose da metodologia de arranjos de cDNA contendo aproximadamente 20.000 genes, nosso grupo recentemente comparou a expressão de duas condições distintas: um pool de quatro adenomas hipofisários clinicamente não funcionantes e a metástase de um carcinoma hipofisário não funcionante. Vários genes mostraram-se diferencialmente expressos, entre eles, CRABP1 (cellular retinoic acid binding protein 1), CRABP2 (cellular retinoic acid binding protein 2), GRP (gastrin-releasing peptide) e RERG (RAS-like, estrogen-regulated, growth inhibitor). Este estudo visou avaliar a expressão desses quatro genes em uma série de 59 adenomas hipofisários (30 adenomas clinicamente não funcionantes, 13 somatotrofinomas, 8 corticotrofinomas e 8 prolactinomas), comparando cada grupo tumoral com um conjunto de tecidos hipofisários normais. Enquanto os prolactinomas demonstraram expressão reduzida do RNAm dos genes CRABP1 e CRABP2 quando comparados ao grupo de tecidos normais, os somatotrofinomas apresentaram expressão reduzida apenas do RNAm de CRABP2. Os adenomas clinicamente não funcionantes, por sua vez, demonstraram menor expressão do RNAm de GRP e maior expressão do RNAm de RERG quando comparados ao grupo de hipófises normais. Portanto, observou-se que tanto o gene CRABP1 quanto os genes CRABP2, GRP e RERG apresentaram diferenças na expressão do transcrito entre os grupos de adenomas de hipófise, contudo, seu papel na tumorigênese hipofisária permanece a ser investigado.
Título em inglês
Analysis of CRABP1, CRABP2, GRP and RERG gene expression in functioning and clinically nonfunctioning pituitary adenomas
Palavras-chave em inglês
Gastrin-releasing peptide
Gene expression
GTP-binding proteins
Pituitary neoplasms
Retinoic acid binding proteins
Resumo em inglês
Pituitary tumors account for approximately 10%-15% of the intracranial neoplasms. Although the pathogenesis is not fully characterized, many molecular mechanisms involved in pituitary tumorigenesis have been unraveled. Using the methodology of cDNA microarray containing approximately 20000 genes, our group recently compared the expression of two distinct conditions: a pool of four clinically nonfunctioning pituitary adenomas and a spinal cord metastasis of a nonfunctioning pituitary carcinoma. Several genes were shown to be differentially expressed, among them, CRABP1 (cellular retinoic acid binding protein 1), CRABP2 (cellular retinoic acid binding protein 2), GRP (gastrin-releasing peptide) and RERG (RAS-like, estrogen-regulated, growth inhibitor). This study aimed to evaluate the expression of these four genes in a series of 59 pituitary adenomas (30 nonfunctioning, 13 GH-secreting, 8 ACTH-secreting and 8 PRL-secreting adenomas), comparing each tumor group with a set of normal pituitary tissues. While PRL-secreting adenomas showed lower expression of CRABP1 and CRABP2 mRNA when compared with normal tissues, GH-secreting adenomas had only lower expression of CRABP2 mRNA. Clinically nonfunctioning adenomas showed lower expression of GRP mRNA and higher expression of RERG mRNA when compared with the normal pituitary glands. Therefore, it was observed that not only the CRABP1 gene but also the CRABP2, GRP and RERG genes showed differences in transcript expression between the groups of pituitary adenomas. However, their role in pituitary tumorigenesis remains to be investigated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
thaischilecompleta.pdf (863.89 Kbytes)
Data de Publicação
2010-03-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.