• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-06112009-171407
Documento
Autor
Nombre completo
Elisa Del Rosario Ugarte Verduguez
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2009
Director
Tribunal
Mendonça, Berenice Bilharinho de (Presidente)
Bachega, Tânia Aparecida Sartori Sanchez
Felício, Jonia Lacerda
Título en portugués
Aspectos da psicossexualidade e da personalidade de pacientes autodenominados transexuais masculinos e femininos avaliados pelo teste projetivo de Szondi
Palabras clave en portugués
Sexualidade/psicologia
Teste de personalidade
Transsexualismo
Transtorno da Identidade de gênero
Resumen en portugués
O transexualismo é um transtorno da identidade sexual, associado a uma forte e persistente identificação com o sexo oposto. Há poucos estudos referentes à utilização de testes psicológicos para auxiliar no diagnóstico do transexualismo. O objetivo deste estudo foi avaliar os aspectos da psicossexualidade de pacientes autodenominados transexuais através do teste de Szondi: Estudo retrospectivo e prospectivo no quais os pacientes com transtornos da identidade de gênero foram avaliados através de entrevistas livres; com aplicação dos critérios diagnósticos de transexualismo da DMS-IV da Associação Psiquiátrica Americana, seguido da aplicação dos testes projetivos de Szondi e H-T-P. O teste de Szondi foi aplicado por 8 vezes em cada indivíduo para avaliação quantitativa das proporções psicossexuais Dur e Moll. OS pacientes com diagnóstico de transtorno específico da identidade de gênero (transexualismo) foram acompanhados em psicoterapia de grupo por pelo menos 2 anos. Casuística: 105 indivíduos autodenominados transexuais (78 masculinos); grupo controle: 109 indivíduos (55 homens) autodenominados heterossexuais. Após aplicação dos critérios diagnósticos para transtorno da identidade de gênero do DMS-IV da Associação Psiquiátrica Americana e acompanhamento psicoterápico foram definidos como transexuais 41 indivíduos do sexo masculino e 17 indivíduos do sexo feminino. Na análise estatística as variáveis obtidas nos testes Szondi e H-T-P foram avaliadas por testes não paramétricos. Resultados: No grupo masculino, houve predomínio da proporção Moll total assim como na proporção Moll no vetor sexual e no do ego nos transexuais em comparação aos heterossexuais e aos portadores de transtorno da identidade de gênero não especificado (p<0,05). A sensibilidade do teste Szondi para identificação feminina nos transexuais masculinos foi de 80%, a especificidade de 86% e a acurácia de 83% enquanto que a sensibilidade do teste H-T-P foi de 88%, a especificidade de 54% e a acurácia de 72%. No grupo feminino houve predomínio da proporção Dur total assim como na proporção Dur do ego nas transexuais em comparação as heterossexuais e as portadoras de transtorno da identidade de gênero não especificado (p<0,05). A sensibilidade do teste Szondi para identificação masculina nos transexuais femininos foi de 94%, a especificidade de 67% e a acurácia de 85% enquanto que no teste H-T-P a sensibilidade foi de 94%, a especificidade foi de 33% e a acurácia de 73%. No período pós-cirúrgico todos os pacientes portadores de transtorno específico da identidade de gênero se mostraram satisfeitos, com alguma frustração pela limitação do processo transexualizador, por terem realizado a cirurgia, porém com melhora significativa dos vínculos sócio-familiares. Discussão: A validação de testes psicológicos para o diagnóstico dos transtornos de identidade de gênero é de grande importância visto o número crescente de pacientes com queixas de transtorno sexual que procuram tratamento. No estudo atual analisamos as propriedades do teste Szondi e do teste H-T-P num grupo de pacientes com transtornos da identidade de gênero classificados através dos critérios vigentes. Verificamos que a acurácia do teste Szondi foi maior que a do teste H-T-P no diagnóstico dos transtornos específicos da identidade de gênero a custa de uma maior especificidade frente a uma sensibilidade semelhante. Além disto, a detecção de transtornos psíquicos pelo teste Szondi, que podem ser causa ou efeito do transtorno da identidade de gênero, permite alertar o psicoterapeuta na indicação da cirurgia de transgenitalização. Conclusão: O teste Szondi mostrou ser um excelente teste auxiliar para o diagnóstico do transexualismo em ambos os sexos
Título en inglés
Aspects of psychosexuality and personality of maleto- female and female-to-male transsexuals evaluated by Szondi projetive test
Palabras clave en inglés
Disorder of gender identity
Personality tests
Sexuality/psychology
Transsexualism
Resumen en inglés
Transsexualism is a disorder of sexual identity associated with strong and persistent identification with the opposite sex. There are few studies concerning the use of psychological tests as diagnostic tools for transsexualism. The objective of this study was to assess the psychosexual aspects of self-denominated transsexuals through the Szondi test. Retrospective and prospective study in which patients were firstly assessed through free interviews. monitoring psychotherapy, with assessment of DMS-IV diagnostic criteria for transsexualism from the American Psychiatric Association followed by the HTP projective personality test. The Szondi test was applied 5-10 times to each subject to quantitatively assess the Dur-Moll psychosexual reactions. Subjects: 105 self-determined transsexuals (78 men); control group: 109 selfdetermined heterosexuals (55 men). Twenty-two male subjects and 10 female subjects were defined as transsexuals DMS-IV diagnostic criteria for transsexualism from the American Psychiatric Association followed by monitoring psychotherapy. Statistical analysis of the variables obtained in SZONDI and HTP projective tests were evaluated by non-parametric tests. Results: In the male group, there was a predominance in total Moll proportion and in Moll proportion at the sexual and ego vectors in transsexuals compared to heterosexual and not specified gender identity disorder groups (p <0.05). The sensitivity of the SZONDI test to identify female gender identity in men was 80%, specificity 86% and accuracy 83% while the sensitivity of the H-T-P test was 88%, specificity 54% and accuracy 72%. In the female group total Dur proportion and Dur proportion at ego vector was predominant in transsexuals compared to heterosexual and not specified disorder of gender identity groups (p <0.05). The sensitivity of the SZONDI test to identify male gender identity in women was 94%, specificity 67% and accuracy 85% while for H-T-P test the sensitivity was 94%, specificity 33% and accuracy 73%. After surgery all transsexuals patients were happy but with some frustration with the transgender process limitation but with significant improvement of social and family contacts. Discussion: The validation of psychological tests for diagnosis of gender identity disorders is of great importance considering the increasing number of patients with sexual identity disorder seeking treatment. In the present study we analyzed the properties of SZONDI and H-T-P tests in a group of patients with of gender identity disorders classified by current criteria. We found that the accuracy of the SZONDI test was higher than the H-T-P test in the diagnosis of transsexualism due to greater specificity with similar sensitivity. Furthermore, the detection of mental disorders by SZONDI test, which may be the cause or effect of the gender identity disorder, can alert the psychotherapist in the indication of transgender surgery. Conclusion: The SZONDI test showed to be an excellent tool for transsexualism diagnosis in both sexes
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2009-11-09
 
ADVERTENCIA: El material descrito abajo se refiere a los trabajos derivados de esta tesis o disertación. El contenido de estos documentos es responsabilidad del autor de la tesis o disertación.
  • VERDUGUEZ, E. D. R. U., et al. Aspects of psicosexuality and personality of transsexual men and women evaluated by the szondi projetive test. In 18th Congress of the International Szondi Association 18ème Congrès de La Société Internationale Szondi, Lisboa, 2008. Program & Abstracts., 2008. Abstract.
  • Melhor Tema Livre com o tema: Novas perspectivas na avaliação psicossexual no olhar szondiano: Permanências e mudanças. Verdugues EDRU, Inacio M, Silva JP, Quayle J, Lucia MCS, Costa EMF, Mendonça BB - III Congresso Interamericano de Psicologia da Saúde: Território e Percursos do Hospitalar/ HCFMUSP
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.