• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2019.tde-09122019-104939
Documento
Autor
Nombre completo
Juliana Moreira Silva
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Carvalho, Luciani Renata Silveira de (Presidente)
Chiamolera, Maria Izabel
Frazão, Renata
Giannocco, Gisele
Título en portugués
Análise da expressão de Sox2 durante a puberdade e sua relação com a diferenciação terminal e produção hormonal hipofisária em animais com mutação espontânea no gene Prop1
Palabras clave en portugués
Camundongos ames
Hipófise
Hipopituitarismo/congênito
PROP1
Puberdade
Resumen en portugués
A hipófise é uma glândula vital que produz e secreta hormônios relacionados ao crescimento, fertilidade, lactação e resposta ao estresse. Vários fatores de transcrição controlam as fases iniciais da organogênese hipofisária: HESX1, GLI2, OTX2, LHX3, LHX4, SOX2 e SOX3, enquanto os fatores de transcrição como o PROP1 e POU1F1 (PIT-1) estão envolvidos na diferenciação celular terminal. Estes fatores participam de uma cascata de eventos responsáveis pela formação de hormônios hipofisários (LH, FSH, TSH, GH e PRL) e, quando ausentes, provocam a deficiência de um ou mais hormônios. A linhagem Ames, camundongo com mutação espontânea no fator de transcrição PROP1, é extensivamente utilizada como modelo animal para estudo do hipopituitarismo congênito. Este estudo objetiva a avaliação da dinâmica celular hipofisária envolvida na diferenciação das células produtoras de hormônios a partir de células tronco durante a puberdade, período de alta demanda hipofisária. Durante períodos que não demandam elevação dos níveis de hormônios hipofisários, há o aumento da expressão de SOX2 em camundongos Ames. O fator de transcrição PROP1 não é essencial para a diferenciação de gonadotrofos e somatotrofos, havendo o aumento da expressão dos genes codificadores dos hormônios hipofisários e normalização da secreção de GH, LH, FSH e TSH em camundongos com mutação espontânea no Prop1. Apesar do fenótipo de retardo de crescimento e infertilidade, estes animais apresentam morfologia e diferenciação celular gonadal normais, havendo a produção de espermatozoides e desenvolvimento de folículos em animais mutados
Título en inglés
Analysis of Sox2 expression during puberty and its relation with terminal differentiation and pituitary hormone production in animals with spontaneous mutation in the Prop1 gene
Palabras clave en inglés
Ames mice
Hypopituitarism/congenital
Pituitary gland
PROP1
Puberty
Resumen en inglés
The pituitary gland produces and secretes hormones related to growth, fertility, lactation and stress response. The initial phases of the anterior pituitary gland development are regulated by many transcription factors, including HESX1, GLI2, OTX2, LHX3, LHX4, SOX2 and SOX3 as well as the transcription factors PROP1 and POU1F1 (PIT-1) that are involved in terminal differentiation. These factors participate in a cascade of events responsible for the formation of pituitary hormones (LH, FSH, TSH, GH and PRL). In the absence of one or more transcription factors, it is observed the deficiency of hormones produced by the pituitary gland. The Ames strain, a mice lineage with spontaneous mutation in the Prop1 gene, is extensively used as an animal model to study congenital hypopituitarism. This study aims to evaluate the cellular dynamic involved in the differentiation of pituitary stem/progenitor cells into pituitary hormone producing cells during puberty, a pituitary high demand period. During periods that do not demand increased pituitary hormones levels, there is an increase in SOX2 expression in the Ames mice. The transcription factor PROP1 is not essential for somatotroph and gonadotroph differentiation with increased expression of pituitary hormones codifying gene and normal secretion of GH, LH, FSH, and TSH in Prop1 spontaneous mutants. Despite presenting with growth delay and infertility, these animals have normal gonadal morphology and cell differentiation, producing spermatozoa and follicular development in mutants
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-12-09
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.