• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-12022014-144912
Documento
Autor
Nome completo
Fabiana Verardino Spina
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Bellodi, Patrícia Lacerda (Presidente)
Assis, Maria Bernadete Amendola Contart de
Batista, Sylvia Helena Souza da Silva
Martins, Milton de Arruda
Título em português
De perto, de dentro e mais além: estudo qualitativo de encontros de um grupo de mentoring na FMUSP
Palavras-chave em português
Antropologia cultural
Educação médica
Escolas médicas
Estudantes de medicina/psicologia
Estudos de caso
Mentores/psicologia
Pesquisa qualitativa
Psicanálise
Relações interpessoais
Tutoria
Resumo em português
Introdução: Programas de Tutoria (modalidade mentoring) têm sido reconhecidos em seus méritos, conquistando espaço nas instituições que investem na formação integral de seus alunos. Na formação médica, além de aprender a técnica, o jovem tem a necessidade de amadurecer para lidar com o sofrimento do outro, o que justifica a relação de proximidade e cuidado proporcionada pelo Mentoring. Esta relação, embora desejada e promissora, é bastante complexa e influenciada por características pessoais, questões institucionais e pelo próprio enquadre de funcionamento. No Programa Tutores FMUSP, o estar em grupo é outro elemento a se considerar, incluindo a presença de dinâmicas inconscientes, tal como descritas pela teoria psicanalítica de Wilfred Bion. Bion sugere que os grupos podem operar de duas maneiras distintas, as quais afetam seus objetivos - o "grupo de trabalho" (funcionamento colaborativo) e "o grupo de suposto básico" (funcionamento regredido). Objetivos: Para aprofundar a compreensão das relações de mentoring, este estudo investigou a dinâmica de um grupo de tutoria do Programa de Tutores FMUSP ao longo de um ano. Teve como objetivos específicos a descrição dos encontros realizados e sua análise a partir do referencial psicanalítico bioniano sobre grupos. Metodologia: O estudo foi realizado numa abordagem qualitativa, estudando o fenômeno em seu ambiente natural, Realizou-se um estudo de caso, por meio de observação participante, acompanhando os encontros de um grupo de tutoria em seus encontros mensais no Programa Tutores FMUSP, no período de abril de 2009 a março de 2010. Foi utilizado um roteiro de observação e um caderno de notas. Por meio da análise de conteúdo foram estabelecidas categorias articuladas aos objetivos do estudo. Resultados: O grupo observado, por sua formação artificial, mostrou-se de complexo manejo. O tutor, neste enquadre, precisou criar condições que favorecessem a ligação entre os participantes. As características pessoais e disposição do tutor e dos alunos favoreceram o compartilhamento de experiências e a formação de vínculos. O cotidiano da formação médica dificultou o estar no grupo, mas não impediu que o encontro ocorresse quando temas interessantes, prazerosos e da ordem da "descompressão" das angústias estiveram presentes. O grupo observado funcionou, predominantemente, de forma colaborativa, como um "grupo de trabalho". Também apresentou, como proposto por Bion, momentos de funcionamento regredido, derivados de fantasias inconscientes. O suposto básico de luta ou fuga manifestou-se no grupo em situações de cobrança e julgamento; a dependência quando houve intensa valorização da experiência do tutor e o acasalamento quando houve formação de pares não produtivos no grupo. O estilo do tutor, associado às características dos alunos, foi essencial para que o grupo saísse dos momentos regredidos e voltasse a funcionar de forma colaborativa. Conclusão: A proximidade e a intimidade com o grupo de tutoria revelaram aspectos importantes a respeito do que pode acontecer na relação de mentoring. Além de aspectos pessoais e do contexto institucional, fenômenos grupais inconscientes podem afetar o funcionamento de um grupo de tutoria. Programas desenvolvidos neste enquadre devem considerá-los para a compreensão da relação de mentoring em profundidade e para o manejo das dificuldades inerentes ao processo
Título em inglês
Closer, inside and beyond: a qualitative study of a group mentoring meetings at FMUSP
Palavras-chave em inglês
Anthropology cultural
Case studies
Education medical
Interpersonal relations
Mentors/psychology
Preceptorship
Psychoanalysis
Qualitative research
Schools medical
Students medical/psychology
Resumo em inglês
Introduction: Mentoring programs have been recognized for their merits, gaining recognition in institutions concerning integral education of their students. In medical training, the young student needs to learn the technique and became mature to deal with others" suffering, justifying the close and careful relationship offered by mentoring. Although desired and promising, mentoring relationship is complex and influenced by personal characteristics, institutional issues and the operating mode itself. In Programa Tutores FMUSP, another element to be considered is being in a group, including its unconscious dynamics, as described by psychoanalytic Bion"s theory. Bion suggested that groups can operate in two distinct ways which affects the achievement of its purposes- the "work group" (a collaborative functioning) and the "basic assumption group" (a regressive one). Objectives: To deepen the understanding of mentoring relationships, this study investigated the dynamics of a FMUSP tutoring group over one year. We aimed to describe the mentoring meetings and analyze them using Bion"s psychoanalytic framework about groups. Methodology: The study was carried out using a qualitative approach, studying the phenomenon in its natural environment. We conducted a case study through participant observation, following a tutoring group in their monthly meetings from April 2009 to March 2010.An observation guide and a field diary were used. Through content analysis, we established categories related to study objectives. Results: Due to its artificial composition the observed group showed a complex management. In this context, the tutor needed to promote conditions in order to connect the participants. Tutor and students personal characteristics and motivation contributed to the sharing of experiences and the link among them. The daily medical training made it difficult to be in the group but it did not prevent meetings from happening when interesting, pleasant and de-stressing issues were present. Most of the time, the group operated as a "working group". The group also worked as a "basic assumption group" showing a regressive functioning. "Fight or flight" were observed in group situations of accusations and judgments, "Dependence" was observed when the tutor"s experience was overestimated and "Pairing" when unproductive interaction occurred in pairs. The return of a collaborative way of group functioning was possible due to tutor"s style associated with students" characteristics. Conclusion: The closeness and intimacy experience with the tutoring group revealed important aspects about what could happen in mentoring relationships. In addition to personal aspects and institutional context, unconscious dynamics can affect the mentoring group meetings. Mentoring programs must recognize all these influences to an in-depth understanding of the relationship and to better deal with the inherent difficulties of the process
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.