• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2017.tde-23082017-115740
Documento
Autor
Nome completo
Léa Pintor de Arruda Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Heraclito Barbosa de (Presidente)
Kovacs, Maria Julia
Zacharias, Jose Jorge de Morais
Título em português
Estimativa de prevalência de estresse emocional em uma amostra de policiais rodoviários federais do Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Esgotamento profissional
Estresse fisiológico
Estresse psicológico
Riscos ocupacionais
Saúde ocupacional
Transtornos de estresse pós-traumáticos (TEPT)
Resumo em português
No Brasil, o amplo escopo de responsabilidades e também a diversidade de situações que demandam ações da Polícia Rodoviária Federal contribuem para que agentes/eventos estressores façam parte da rotina diária de centenas de policiais. Contudo, ainda existem poucos estudos dedicados a identificar o estresse nesta população. Assim, o objetivo principal do presente estudo é identificar a prevalência do estresse neste grupo, além de identificar as prevalências de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), de estresse ocupacional e, finalmente, a prevalência dos sintomas de Síndrome de Burnout. Para tanto foi utilizado um desenho de estudo transversal com amostra probabilística (n = 202) de policiais rodoviários federais do Estado de São Paulo. Os instrumentos para obtenção dos dados da amostra foram: i) Questionário Geral (QG), para a caracterização da amostra e obtenção de dados sociodemográficos e profissionais; ii) Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL), para sintomas de estresse; iii) Escala de Impacto do Evento - Revisada (IES-R), para sintomas de TEPT; iv) Escala de Vulnerabilidade do Estresse no Trabalho (EVENT), para estresse ocupacional; v) Inventário de Burnout de Maslach, versão HSS (MBI-HSS), para identificação dos sintomas pertinentes à Síndrome de Burnout. Os dados foram armazenados em planilhas excel e analisados com a utilização dos softwares Stata 8.0 for Windows e R3.3.2. A medida de associação escolhida foi o Odds Ratio (OR) e o seu intervalo de confiança (IC). Para testar a significância estatística foram utilizados o teste de qui quadrado o teste Exato de Fisher, para as variáveis nominais e, o teste Mann-Whitney-Wilcoxon foi utilizado para as variáveis com distribuição não paramétrica: idade (faixa etária) e tempo de carreira. O nível de significância adotado foi de 5%. A prevalência de sintomas de estresse na amostra representou 43,1% (IC95% = 36,2-50,0) com a seguinte distribuição por fase: 2,3% (IC95% = 0,2-8,0) em "Alerta"; 82,7% (IC95% = 73,2-90,0) em "Resistência"; 11,5% (IC95% = 5,7-20,1) em "Quase Exaustão"; e 3,5% (IC95% = 0,7-9,7) em "Exaustão". Ainda, 60,9% da amostra apresentaram sintomas psicológicos de estresse, 33,3% sintomas físicos e 5,8% ambos. A prevalência de TEPT ocorreu em 25,4% (IC95% = 19,3-31,4) da amostra, sem a predominância entre as subescalas. A prevalência de sintomas de estresse ocupacional afetou 35,2% (IC95% = 28,5-41,8) dos policiais participantes do presente estudo. Não houve registro na amostra referente à Síndrome de Burnout. As prevalências de estresse encontradas neste estudo apresentaram valores compatíveis com os valores de pesquisas semelhantes - elaboradas em outras categorias de policiais -, tanto no contexto nacional como no internacional. Há indícios que o tempo para práticas de lazer pode exercer influência como fator de proteção contra os sintomas de estresse; por outro lado, há indícios que processos penais e o longo tempo de carreira podem exercer influência como fatores de risco. Em última análise, a combinação dos resultados aqui apresentados sugerem indícios do adoecimento - em curso - desta população em função dos elevados índices de prevalência dos sintomas de estresse, sintomas de TEPT e estresse ocupacional
Título em inglês
Estimation of the emotional stress prevalence in a sample of federal highway police officers of São Paulo State
Palavras-chave em inglês
Burnout professional
Occupational health
Occupational risks
Stress disorders post-traumatic (PTSD)
Stress physiological
Stress psychological
Resumo em inglês
In Brazil, the wide scope of responsibilities and also the diversity of situations that demand actions from the Federal Highway Police sharply contribute to stressor agents/events make part of the daily routine of hundreds police officers. However, there are still few studies dedicated to identify the stress symptoms in this population. Thus, this study aims to identify the prevalence of stress in this group as well as to identify also the prevalences of post-traumatic stress disorder (PTSD), occupational stress, and finally the prevalence of Burnout Syndrome symptoms. On this way, a cross-sectional design study was applied with probabilistic sample of (n=202) Federal Highway Police Officers on State of São Paulo. The tools to pick up the sample data were: i) General Questionnaire, picking up the sample features and getting socio-demographic and professional data; ii) Adult Stress Symptom Inventory by Lipp (pt.: ISSL), for stress symptoms; iii) Scale of Reviewed Event Impact (pt.: IES-R), for PTSD symptoms; iv) Stress Vulnerability Scale at Work (pt.: EVENT), for occupational stress; v) Maslach Burnout Inventory, HSS version (MBI-HSS), identifying the Burnout Syndrome symptoms. The database were stored in the excel spreadsheets and they were analyzed through by Stata 8.0 for Windows and R3.3.2 software. The association measure was Odds Ratio (OR) and its confidence interval (CI). In order to test the statistical significance the chi-square test and the Fisher Exact test were applied to the nominal variables. The Mann-Whitney-Wilcoxon test was applied to the variables with non-parametric distribution: age (age group) and professional career time. The significance level defined was 5%. The prevalence of stress symptoms appeared to 43,1% (CI95% = 36,2-50,0) of the sample and they were split in each phase as follow: 2,3% (CI95% = 0,2-8,0) in "Alert"; 82,7% (CI95% = 73,2-90,0) in "Resistance"; 11,5% (CI95% = 5,7-20,1) in "Close Exhaustion"; and 3,5% (CI95% = 0,7-9,7) in "Exhaustion". In addition, 60,9% of the sample presented stress psychological symptoms, 33,3% stress physical symptoms and 5,8% both ones. The prevalence of PTSD occurred in 25,4% (CI95% = 19,3-31,4) of the sample and there was no predominance among the subscales. The prevalence of occupational stress symptoms affects 35,2% (CI95% = 28,5-41,8) of the police officers who made part of this study. There was no record in the sample regarding Burnout Syndrome. The prevalence of stress found out in this study had compatible values as the same values found out in other similar researches - issued with other police categories - on the national as well as international context. It seems that booking time for leisure practices might be related as a protection factor against stress symptoms. In other hand, it seems criminal procedures and a long professional career time might be related as a risk factor. At last, the set of presented results suggests sickness signs - ongoing - in this population due to the high prevalence rates of stress symptoms, PTSD symptoms and occupational stress
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.