• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2012.tde-24052012-151658
Documento
Autor
Nome completo
Juliana de Carvalho Moura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Ayres, Jose Ricardo de Carvalho Mesquita (Presidente)
Marsiglia, Regina Maria Giffoni
Teixeira, Ricardo Rodrigues
Título em português
Interações e comunicação entre médicos e pacientes na atenção primária à saúde: um estudo hermenêutico
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde
Comunicação
Cuidado
Relação medico-paciente
Resumo em português
A atenção primária à saúde constitui hoje área prioritária nas políticas de saúde em diversas partes do mundo, constituindo, no Brasil, elemento estratégico para a organização dos sistemas de atenção. A complexidade e especificidade das demandas e características do cuidado em saúde na atenção primária exige, contudo, renovados esforços conceituais e práticos no sentido da construção de processos comunicacionais e interativos entre médicos e pacientes que caminhem para além da anamnese tradicional, pautada por uma racionalidade estritamente biomédica Objetivo: identificar e compreender fundamentos e contribuições de quatro influentes correntes teóricas que, a partir da década de 90, vêm problematizando as interações e a comunicação entre médicos e pacientes na atenção primária à saúde: Medicina Centrada no Paciente, Medicina Baseada em Narrativa, Abordagem Integral (Comprehensive Care) e Integralidade da Atenção à Saúde. Metodologia: Levantamento e estudo interpretativo, apoiado na filosofia hermenêutica de Hans-Georg Gadamer e Paul Ricoeur, de produção bibliográfica indexada nas bases MEDLINE e LILACS de 1990 a 1999. Resultados: A Medicina Centrada no Paciente orienta-se, fundamentalmente, para a identificação de domínios específicos que devem ser integrados à anamnese médica tradicional para ampliar seu escopo prático, utiliza metodologia de pesquisa quantitativa como modo predominante de fundamentação de suas proposições e propõe inúmeras metodologias ativas de ensino-aprendizado. A Medicina Baseada em Narrativa detém-se no como construir narrativas ao longo do diálogo entre médicos e pacientes, utiliza a metodologia qualitativa como principal recurso de pesquisa e fundamentação de suas proposições e desenvolve diversas estratégias de ensino-aprendizado com utilização de textos literários e narrativos. A Abordagem Integral (Comprehensive Care) utiliza como referencial teórico o modelo biopsicossocial de abordagem do processo saúde-doença e busca desenvolver propostas de assistência integral à saúde de grupos populacionais prioritários do ponto de vista médico-sanitário. A integralidade privilegia a transformação da organização dos serviços e dos processos de trabalho em saúde como primeira instância para a qualificação dos processos comunicacionais entre médicos e pacientes. Não foram identificados nas tradições da Abordagem Integral (Comprehensive Care) e da Integralidade a discussão de estratégias de ensino-aprendizado de abordagens comunicacionais, o que é bastante enfatizado nas outras duas. Conclusão: As quatro tradições estudadas apresentam inovações e pressupostos teórico-práticos que se complementam. Mostra-se imprescindível estabelecer uma fusão de horizontes entre tais proposições de forma a qualificar os diálogos e processos de comunicação-interação estabelecidos entre médicos e pacientes no nível da atenção primária à saúde
Título em inglês
Interactions and communication between doctors and patients in primary health care: a hermeneutic study
Palavras-chave em inglês
Care
Communication
Physician-patient relations
Primary health care
Resumo em inglês
The primary health care is currently a priority area in health policies in different parts of the world, being a strategic element to the care systems organization in Brazil. Nevertheless, the complexity and the specificity of demands and characteristics of healthcare in primary health care require conceptual and practical renewed efforts with respect to the construction of interactive and communicational processes between doctors and patients that go beyond the traditional anamnesis, regulated by a rationality strictly biomedics. Objective: identify and understand fundaments and contributions of four theoretical perspectives of relevance which have been problematizing, since the 90s, the interactions and the communication between doctors and patients in primary health care: Patient-Centered Medicine, Narrative Based Medicine, Comprehensive Care and Integrality in Healthcare. Methodology: Survey and interpretive study based on Hans-Georg Gadamers and Paul Ricoeurs philosophical hermeneutics of indexed bibliography in MEDLINE and LILACS from 1990 to 1999. Results: Patient-Centered Medicine is fundamentally guided towards the identification of specific domains that must be integrated with traditional medical anamnesis in order to broaden its practical scope. It uses quantitative research methodology as a predominant way of laying the foundations of its propositions, recommending various active teaching-learning methodologies. The Narrative Based Medicine withholds on "how" to construct narratives throughout the dialogue between doctors and patients. It applies a qualitative methodology as the major resource of research and of fundamenting its propositions, besides developing various teaching-learning strategies using literary and narrative texts. The Comprehensive Care uses the biopsychosocial model of addressing the health-disease process as a theoretical approach and aims at developing proposals for Integrality in Healthcare for population groups who have priority in terms of medical health care. Comprehensiveness privileges the transformation of services organization and of work processes in health as the first instance to the quality of communication processes between doctors and patients. In the traditions of Comprehensive Care and of Integrality in Healthcare, the discussion of teaching-learning strategies of communication approaches, which is quite emphasized in the other two approaches, was not identified. Conclusion: The four theoretical perspectives studied present innovations and theoretical-practical propositions that complement themselves. It is imperative to establish a "fusion of horizons" between such propositions for qualifying the dialogue and the communication-interaction processes established between doctors and patients at the primary health care level
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.