• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2020.tde-11022020-152230
Documento
Autor
Nome completo
Erika Mendonça das Neves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Baracat, Edmund Chada (Presidente)
Fonseca, Angela Maggio da
Júnior, José Maria Soares
Rossi, Alexandre Guilherme Zabeu
Título em português
Características ultrassonográficas do ovário e sua relação com o perfil hormonal e metabólico em mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos
Palavras-chave em português
Diagnóstico por imagem
Estroma ovariano
Síndrome do ovário policístico
Ultrassonografia Doppler em cores
Vasos do estroma ovariano
Resumo em português
A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é considerada uma afecção endócrino-metabólica com repercussões sistêmicas, seu diagnóstico, segundo os critérios de Rotterdam (2003), se baseia na presença de duas das três características: hiperandrogenismo clinico ou laboratorial, anovulação crônica e ovários policísticos à ultrassonografia, excluindo-se outras causas de hiperandrogenismo. Objetivos: avaliar as características ultrassonográficas dos ovários de pacientes com SOP e relacioná-las com o perfil hormonal e metabólico. Casuística e método: estudo prospectivo transversal que analisou 76 mulheres, sendo 39 com fenótipo A da SOP (média etária de 29 ± 6 anos) e 37 incluídas no grupo controle (média etária de 34 ± 7 anos), atendidas na Divisão de Clínica Ginecológica do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, entre 2016 e 2018. Foram analisados os dados de anamnese, exames físico geral e ginecológico, laboratoriais (hormonais e metabólicos), e da ultrassonografia transvaginal bidimensional (2D) e tridimensional (3D), associada ao Doppler colorido. Resultados: Os fatores associados significativamente à vascularização ovariana moderada ou intensa foram: a) estradiol > 43,5 [OR = 2,62 (IC 95% 1,04-6,63), p = 0,033]; b) Razão LH / FSH > 2 [OR = 4,67 (IC 95% 1,58-1,81), p = 0,004]; c) testosterona livre > 36 [OR = 153,12 (IC 95% 26,32-890,7), p < 0,001]; d) testosterona total > 49 [OR = 23,62 (IC 95% 6,67-83,58), p < 0,001]; e) androstenediona > 1,0 [OR = 6,02 (IC 95% 2.232-16.219), p < 0,001]; f) insulina em jejum > 25 [OR = 5,96 (IC 95% 1,75-20,31), p = 0,002]; g) volume do ovário direito > 10 [OR = 14,8 (IC 95% 4,7-46,00), p < 0,001; h) volume do ovário esquerdo > 10 [OR = 5,00 (IC 95% 1,83-14,82), p = 0,002]; i) mais de 9 folículos > 0,5 cm [OR = 24,01 (IC95% 7,21-83,86), p < 0,001]; j) área do estroma > 2,1 [OR = 2,93 (IC 95% 1,15-7,48), p = 0,038. Conclusões: nossos dados sugerem que área do estroma maior que 2,1cm³ e vascularização exuberante dos vasos do estroma ovariano são fatores associados aos ovários policísticos e às características hormonais desta síndrome
Título em inglês
Ultrasound characteristics of the ovary and their relation with the metabolic and hormone profile of women with polycystic ovary syndrome
Palavras-chave em inglês
Diagnostic imaging
Ovarian stroma
Ovarian stromal vessels
Polycystic ovary syndrome
Ultrassonography Doppler color
Resumo em inglês
The polycystic ovary syndrome (PCOS) is considered an endocrine and metabolic disorder with systemic repercussions. Its diagnosis, according to the Rotterdam criteria (2003), is based on the presence of two out of three of the following characteristics: clinical or laboratory hyperandrogenism, chronic anovulation, and ultrasound-detected polycystic ovaries with 12 or more 2- to 9-mm follicles or a volume over 10 cm3 in one or more ovaries to the exclusion of other clinically similar disorders. Objectives: This work aimed to assess the ultrasound features of patients with PCOS and to relate the sonographic aspects of the ovarian stroma to anthropometric and clinical data and the hormone and metabolic profiles. Materials and Methods: This is a prospective cross-sectional study analyzing 76 women, 39 of whom had PCOS phenotype A (mean age of 29 ± 6 years) and 37 of whom were included in the control group (mean age of 34 ± 7 years). They were treated at the Divisão de Clínica Ginecológica do Hospital de Clínicas, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo between 2016 and 2018. Analysis was performed of their medical history, physical examination, laboratory tests, and two-dimensional (2D) and three-dimensional (3D) transvaginal ultrasound with color Doppler. Results: The different factors significantly associated with moderate or severe ovarian vascularization were estradiol > 43.5 [OR = 2.62 (95% CI 1.04-6.63), p = 0.033]; LH / FSH ratio > 2 [OR = 4.67 (95% CI 1.58-1.81), p = 0.004]; free testosterone > 36 [OR = 153.12 (95% CI 26.32-890.7), p < 0.001]; total testosterone > 49 [OR = 23.62 (95% CI 6.67-83.58), p < 0.001]; androstenedione > 1.0 [OR = 6.02 (95% CI 2.232-16.219), p < 0.001]; fasting insulin > 25 [OR = 5.96 (95% CI 1.75-20.31), p = 0.002]; right ovary volume > 10 [OR = 14.8 (95% CI 4.7-46.00), p < 0.001; left ovary volume > 10 [OR = 5.00 (95% CI 1.83-14.82), p = 0.002]; more than 9 follicles > 0.5 cm [OR = 24.01 (IC95 % 7.21-83.86), p < 0.001]; stromal area > 2.1 [OR = 2.93 (95% CI 1.15-7.48), p = 0.038 Conclusions: Our data suggest that the stromal area larger than 2.1cm3 and exuberant stromal vascularization using the color Doppler method are factors associated with polycystic ovaries and the syndrome's hormonal characteristics
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.