• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2004.tde-13102014-101232
Documento
Autor
Nome completo
Julio Mitsutomo Toyama
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Brizot, Maria de Lourdes (Presidente)
Francisco, Rossana Pulcineli Vieira
Mauad Filho, Francisco
Título em português
O papel da dopplervelocimetria do ducto venoso de 11 a 13 6/7 semanas no rastreamento de anomalias cromossômicas, malformações estruturais e prognóstico fetal
Palavras-chave em português
Aberrações cromossômicas/diagnóstico
Feto/crescimento e desenvolvimento
Gravidez
Prognóstico
Resumo em português
Objetivos: avaliar a contribuição do fluxo anormal no ducto venoso de 11 a 13 6/7 semanas no rastreamento de anomalias cromossômicas, defeitos estruturais e prognóstico gestacional. Método: 1221 gestações únicas foram submetidas a Dopplervelocimetria do ducto venoso após o rastreamento pela translucência nucal (TN). Resultados: os defeitos cromossômicos foram diagnosticados em 22 fetos. O fluxo no ducto venoso estava anormal em 84 fetos, a TN estava acima do 95o percentil em 160 casos e ambos marcadores estiveram anormais em 41 fetos. A sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo para defeitos cariotípicos corresponderam respectivamente a 86,4%, 86,9%, 11,9% e 99,7% considerando a TN aumentada, 68,2%, 96,9%, 31,3%, 99,3% para anomalias do fluxo do ducto venoso e 68,2%, 97,6%, 36,6%, 99,3% analisando ambos os marcadores. Investigando malformações estruturais, esses valores foram de 43,8%, 92,9%, 8,3%, 99,1% para uma TN aumentada, 25%, 92,6%, 4,8%, 98,8% para anomalias do fluxo do ducto venoso e 25%, 97,9%, 15,4%, 98,9% para ambos os marcadores. Nos casos com TN aumentada, a proporção de nascidos vivos morfológica e cariotipicamente normais diminui de 93,8% nos fetos com fluxo no ducto venoso normal para 77,3%, quando anormal. Conclusão: a avaliação do ducto venoso de 11 a 13 6/7 semanas de gestação pode ser utilizada no rastreamento de anomalias cromossômicas fetais e pode ajudar a reduzir a taxa de falso-positivo quando combinado com a medida da TN. Em fetos com TN aumentada o fluxo anormal no ducto venoso aumenta a probabilidade de resultados gestacionais adversos
Título em inglês
The role of ductus venosus assessment in chromosomal abnormalities, structural defects and fetal prognosis at 11 to 13 6/7 weeks' gestation
Palavras-chave em inglês
Chromosomal abnormalities/diagnosis
Fetus/growth and development
Pregnancy
Prognosis
Resumo em inglês
Objective: To evaluate the association between abnormal ductus venosus at 11 - 13 6/7 weeks' gestation and chromosomal abnormalities, structural defects and fetal outcome. Methods: Ductus venosus waveform (DVFVW) and nuchal translucency (NT) thickness were prospectively evaluated in 1221 singleton pregnancies. Results: The DVFVW was abnormal in 84 cases, NT was above the 95th centile in 160 cases and both markers were observed in 41 fetuses. Chromosomal defects were diagnosed in 22 fetuses. The sensitivity, specificity and positive predictive values for an abnormal karyotype were respectively 86.4%, 86.9%, 11.9% for an increased NT; 68.2%, 96.9%, 31.3% for DVFVW abnormalities and 68.2%, 97.6%, 36.6% for both markers. Regarding structural defects, this values were 43.8%, 92.9%, 8.3% for an abnormal NT, 25%, 92.6%, 4.8% for DVFVW abnormalities and 25%, 97.9%, 15.4% for both. Considering those cases of unexplained fetal demise, the percentages were 44.4%, 85.9%, 5% for NT abnormalities, 22.2%, 92.6%, 4.8% for an abnormal DVFVW and 22.2%, 98%, 15.4% for both. In cases with increased NT measurement, the percentage of livebirths with normal karyotype and no major fetal structural defects decreased from 93.8% in normal DVFVW fetuses to 77.3%, when abnormal. Conclusion: Ductus venosus assessment at 11 - 13 6/7 weeks' gestation is useful in screening for fetal chromosomal abnormalities and may help to reduce the false-positive rate when combining with NT thickness measurement. Abnormal DVFVW is also associated with an increase of adverse perinatal outcome in fetuses with enlarged NT. However, the value of DVFVW assessment in cases with normal NT measurement is unclear
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.