• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-19122012-101922
Documento
Autor
Nombre completo
Alessandra Eira Iague Sleiman Molina
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2012
Director
Tribunal
Cristante, Alexandre Fogaça (Presidente)
Cabrita, Henrique Antônio Berwanger de Amorim
Lima, Ana Lucia Lei Munhoz
Oliveira, Reginaldo Perilo
Wajchenberg, Marcelo
Título en portugués
Avaliação da utilização de um programa computadorizado para aplicação da escala de Basso, Beattie e Bresnahan (BBB) em ratos Wistar
Palabras clave en portugués
Coluna vertebral
Compressão da medula espinhal
Modelos animais
Ratos Wistar
Sistemas de computação
Resumen en portugués
A escala de Basso, Beattie e Brenahan (BBB) serve para avaliação da recuperação locomotora em ratos com lesão medular nos níveis torácicos. É baseada em critérios observacionais da movimentação do animal durante a marcha e atribui uma pontuação de 0 a 21 segundo a gravidade da lesão neurológica. Menor pontuação, maior gravidade. Tal escala pode ser aplicada de modo livre, em que o pesquisador observa o rato e emite uma nota; pode ser aplicada de modo dirigido, em que o pesquisador segue uma sequência de perguntas pré-estabelecidas e atribui uma nota; ou de modo automatizado, em que as respostas à mesma sequência de perguntas são fornecidas a um programa de computador, que emitirá uma nota com o grau de lesão. Trabalhos já publicados mostram que existe variação interobservadores na aplicação desta escala. O objetivo do trabalho foi avaliar a utilização de um programa de computador para auxiliar os pesquisadores na atribuição de notas na aplicação da escala BBB e comparar as notas obtidas por esses pesquisadores quando o fazem de modo livre, dirigido e utilizando um programa automatizado. Para testar o programa, foi realizada lesão medular padronizada em 12 ratos Wistar utilizando-se metodologia da New York University - Impactor System. Na sequência, filmou-se a movimentação dos ratos para aplicação da escala BBB no 28o dia. Foram convocados oito pesquisadores do laboratório de estudos de trauma raquimedular da Universidade de São Paulo. As avaliações de dois chefes do laboratório, com 15 anos de experiência na aplicação da escala, foram consideradas o padrão ouro na avaliação. Seis pesquisadores receberam as filmagens dos ratos com o objetivo de aplicar a escala BBB nas três metologias: livre, dirigida e automatizada, com 15 dias de intervalo entre as avaliações. A ordem da aplicação da escala foi randomizada entre os pesquisadores e a ordem dos ratos, nas análises das filmagens, também foi variada para evitar a memorização por parte dos pesquisadores. Os resultados interavaliadores e entre os métodos mostraram-se similares. A comparação dos resultados entre os seis pesquisadores e os dois considerados padrão ouro mostrou diferença para dois pesquisadores nos métodos livre e dirigido. Concluiu-se que a aplicação da escala BBB pelo modo automatizado não apresentou diferença em relação ao padrão ouro para todos os avaliadores, e que, quando feita pelo modo livre, dirigido e automatizado, não apresentou diferença em relação ao padrão ouro, considerando a média dos avaliadores em cada método
Título en inglés
Evaluation of the use of a computer software for the application of the Basso, Beattie e Bresnahan (BBB) scale in Wistar rats
Palabras clave en inglés
Computer systems
Models animal
Rats Wistar
Spinal cord compression
Spine
Resumen en inglés
The BBB is an evaluation scale in the locomotor recovery in rats presenting thoracic medullar injury. It is based on observation criteria of animal movement while walking, and a provides a score ranging from 0 to 21 according to the severity of the neurological injury. The lower the score, the higher the severity. Such scale can be applied by using a free system of analysis, that is, when the researcher observes the rat and gives a score. The evaluation can also be made in an assisted way, where the researcher follows a series of pre-established questions and then gives a score,or in an automated manner, where the answers to the same sequence of questions are provided to a computer program, which provides a score with the degree of injury. Published research shows that there is a interobserver variation in the scale application The objective of the present study was to evaluate the use of a computer program for helping researchers in the scoring by the BBB scale, and comparing these grades obtained when they are making a free evaluation, in an assisted evaluation and while using a computer program. In order to test the program, a standardized spinal cord injury was performed in 12 Wistar rats in accordance with the methodology proposed by the New York University - Impactor System. Then, the rat movements were filmed on the 28th day, so that the Basso, Bettie and Bresnahan scale could be applied. Eight researchers working in the spinal cord injury laboratory in the University of São Paulo were invited for the study. Two heads of the laboratory, with a fifteen year-experience in the usage and application of the scale, were considered to be gold standard in the evaluation. Six researchers were shown the films and asked to apply the BBB scale by the three methodologies: free, assisted and computerized, with a fifteen-day interval between evaluations. The scale application order was randomized among the researchers as well as the order of the rats in the film analysis so as to avoid memorization on the part of the researchers. Results proved to be similar between researchers and methods. The comparison of results among the six researchers and the gold standard ones showed discrepancies in two of the researchers in the free and assisted methods of analysis. It was concluded that the BBB scale evaluated through the computer method was no different than the gold standard for all the researchers. When the analysis was performed using the free, assisted and computer-assisted methods, no difference was observed in relation to the gold standard considering the mean values in each method
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2012-12-19
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.