• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-06112009-160744
Documento
Autor
Nome completo
Lúcia Cândida Soares de Paula
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Ceccon, Maria Esther Jurfest Rivero (Presidente)
Diniz, Edna Maria de Albuquerque
Gallacci, Clery Bernardi
Título em português
Estudo comparativo entre sistema de aspiração fechado e sistema de aspiração aberto em recém-nascidos mantidos em ventilação mecânica convencional invasiva
Palavras-chave em português
Fisioterapia
Freqüência cardíaca
Oximetria
Pressão arterial
Recém-nascido
Respiração artificial
Sucção
Resumo em português
A ventilação mecânica invasiva é um recurso importante no tratamento dos recém-nascidos internados com vários distúrbios nas Unidades de Cuidados Intensivos Neonatais, no entanto, este tratamento está associado a várias complicações, sendo a principal, o impedimento do paciente para eliminar suas próprias secreções pulmonares. Desta forma a aspiração endotraqueal é um procedimento fisioterapêutico essencial para desobstruir as vias aéreas, mais além de seus efeitos benéficos, citam-se também alguns adversos. O objetivo deste estudo foi quantificar e comparar as variações da saturação de oxigênio, e a presença de alterações hemodinâmicas, de freqüência cardíaca e de pressão artéria média durante todo o processo de aspiração (antes, durante e após o procedimento), utilizando dois tipos de sistema de aspiração: aberto (SAA) e fechado (SAF). Foi realizado um estudo prospectivo randomizado e controlado com 39 recém nascidos com idade gestacional a 34 semanas em uso de ventilação mecânica em aparelhos com fluxo continuo, limitados a pressão e ciclados a tempo. Os RN foram classificados em dois grupos conforme os parâmetros ventilatórios: O Grupo I foi ventilado utilizando PEEP a 5 cmH2O e MAP a 8 cmH2O e o Grupo II PEEP < de 5 cmH2O e MAP < de 8 cmH2O. Foram excluídos os pacientes com malformações cardíacas comprovadas pela ecocardiografia, malformações pulmonares, pneumotórax hipertensivo, atelectasias extensas, no mínimo em um lobo pulmonar, e hipertensão pulmonar persistente neonatal (HPPN), utilização de óxido nítrico (NO) ou de ventilação de alta freqüência (VAF). As aspirações endotraqueais com o xv SAA e o SAF foram realizadas alternadamente no mesmo paciente de acordo com os seguintes critérios: diminuição de saturação de oxigênio abaixo de 89%, desconforto respiratório; ausculta pulmonar e/ou agitação. O procedimento foi avaliado em sete momentos diferentes: Antes de posicionar o RN para a aspiração (Ta), imediatamente antes da aspiração (Tb), depois das duas aspirações (Tc1 e Tc2), após 5 minutos do procedimento (Td), após 10 minutos do procedimento (Te). A análise dos resultados da associação entre os dois grupos (Grupo I e Grupo II) com cada uma das variáveis qualitativas foi realizada pelo do teste Qui-Quadrado e quando este não se mostrou adequado foi utilizado o Teste Exato de Fisher. A comparação entre os dois grupos para as variáveis quantitativas foi realizada através do teste de Mann-Whitney, sendo considerado diferença significante p < 0,05. Na população estudada não se encontraram diferenças estatisticamente significantes entre as variáveis estudadas (saturação de oxigênio, pressão arterial média e freqüência cardíaca) quando comparados os dois sistemas de aspiração, aberto e fechado em nenhum dos dois grupos. Portanto, é possível concluir que ambos os sistemas de aspiração endotraqueal podem ser utilizados sem nenhuma desvantagem para o SAA em relação ao SAF, desde que a casuística seja semelhante à do estudo apresentado
Título em inglês
Comparative study between the open suction system and the closed suction system in newborn kept in invasive conventional mechanical ventilation
Palavras-chave em inglês
Blood pressure
Heart rate
Newborn
Oximetry
Physical therapy
Respiration artificial
Suction
Resumo em inglês
Comparative study between the open suction system and the closed suction system in newborn kept in invasive conventional mechanical ventilation The invasive mechanical ventilation is an important resource in the treatment of the newborn admitted with different illnesses in the Neonatal Intensive Care Units, however, such treatment is associated with several complications. The main complication is that it prevents the patients to eliminate his own pulmonary secretions. Therefore the intratracheal suction is an essential physiotherapeutic procedure to clear the airways, but besides its positive effects, it has also some negative effects. The objective of this study was to quantify and compare the variations of the oxygen saturation and the presence of hemodynamic, heart rate and average blood pressure alterations during the whole suction procedure (before, during and after the procedure), using two types of suction systems: open (OSS) and closed (CSS). A controlled random prospective study was carried out with 39 newborn with gestational ages to 34 weeks using mechanical ventilation devices with a continuous flow, limited to pressure and cycled in time. The NB were classified in two groups according to the ventilatory parameters. Group I was ventilated using PEEP to 5 cmH2O and MAP to 8 cmH2O and group II PEEP < of 5 cmH2O e MAP < of 8 cmH2O. The patients with heart malformation proven by the echocardiography, lung malformation, tension pneumothorax, extensive atelectasies, at least in one pulmonary lobe, and persistent pulmonary hypertension of the newborn (PPHN), utilization of nitric oxide (NO) or of high frequency ventilation (HFV). The intratracheal suctions with OSS and CSS were alternately carried out on the same patient
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LuciaCSoaresPaula.pdf (1.45 Mbytes)
Data de Publicação
2009-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.