• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2020.tde-31012020-154543
Documento
Autor
Nome completo
Maria Fernanda Giacomin Goulart
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Sallum, Adriana Maluf Elias (Presidente)
Aikawa, Nádia Emi
Cristofani, Lilian Maria
Fernandes, Elisabeth Gonzaga Canova
Título em português
Influência da poluição do ar sobre a atividade renal nos pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil
Palavras-chave em português
Anti-dsDNA
Atividade da doença
Complemento C3
Exposição em tempo real
Lúpus eritematoso sistêmico juvenil
Nefrite
Poluição do ar
Resumo em português
O Lúpus Eritematoso Sistêmico Juvenil (LESJ) é uma doença inflamatória crônica, autoimune e multifatorial que pode afetar diferentes orgãos e sistemas.A exposição à poluição do ar pode desencadear inflamação sistêmica nos pacientes com LESJ e aumentar o risco de atividade da doença. Objetivo: Avaliar o efeito da exposição individual aos poluentes atmosféricos sobre a atividade renal em pacientes com LESJ através do Systemic Lupus Erythematosus Disease Activity Index 2000 (SLEDAI-2K). Metodologia: Estudo longitudinal observacional de painel de medidas repetidas com 108 medidas de 9 pacientes com LESJ. Durante três semanas consecutivas foram obtidas medidas diárias individuais de NO2, material particulado fino (PM2,5), temperatura e umidade. Cada ciclo de três semanas foi repetido a cada dois meses e meio durante um período de um ano e a avaliação clínica e os exames laboratoriais para avaliação do SLEDAI-2K foram realizados semanalmente. Modelos de equações estimadas generalizadas foram utilizados para avaliar o impacto desses poluentes no risco de atividade da doença (SLEDAI-2K >= 8), nefrite e positividade de anti-dsDNA. Também avaliamos variáveis contínuas: proteinúria de 24 horas e níveis séricos de complemento (C3). Os modelos foram ajustados para os marcadores inflamatórios, índice de massa corpórea, infecções, medicação e variáveis climáticas. Resultados: Para um aumento do intervalo interquartil (IQR) de 18,12 Micro g/m3 na concentração diária de PM2,5, observou-se aumento no risco de: nefrite, Anti-dsDNA positivo e SLEDAI-2K >= 8. Além disso, observou-se um aumento na proteinúria de 24h e diminuição nos níveis de C3. O aumento do IQR na média móvel de PM2,5 7 dias após exposição esteve associado ao aumento do risco de: leucocitúria (3,4; 95% IC 2,6: 4,3); positividade de anti-dsDNA (3,1; IC 95% 2,1: 4,0), SLEDAI-2K >= 8 (1,5; IC 95% 1,1: 1,8), como também aumento de 36,3 mg (95% IC 20,2: 52,3) na proteinúria de 24h e queda de 1,9 mg/ dl (95% IC -0,06: -3,8) nos níveis séricos de C3. O aumento do IQR (63,1 Micro g/ m3) no efeito cumulativo de NO2 de 7 dias após exposição foi associado ao aumento do risco de SLEDAI-2K >= 8 (2,6; IC 95%: 1,9: 3,3) e queda de 6,4 mg/ dl (IC95%: -10,9: -1,9) nos níveis séricos de C3. Conclusão: Este estudo prospectivo sugere que a exposição a poluição do ar pode desencadear atividade renal nos pacientes com LESJ
Título em inglês
Influence of air pollution on renal activity of juvenile systemic lupus erythematosus patients
Palavras-chave em inglês
Air pollution
Anti-dsDNA
Complement C3
Disease activity
Juvenile systemic lupus erythematosus
Nephritis
Real-time exposure
Resumo em inglês
Childhood-systemic lupus erythematosus (cSLE) is an inflammatory chronic, autoimmune and multifactorial disease that can affect different organs and systems. Exposure to air pollution can trigger systemic inflammation in cSLE patients and increase the risk of disease activity. Objective: To evaluate the effect of individual exposure to air pollutants on renal activity by Systemic Lupus Erythematosus Disease Activity Index 2000 (SLEDAI-2K) in cSLE patients. Methodology: A longitudinal panel study was carried out in 108 consecutive medical appointments with nine cSLE patients. Over a period of three consecutive weeks, individual levels of nitrogen dioxide (NO2), fine particulate matter (PM2.5) as well as temperature and humidity were measured daily. Each three-week cycle was repeated every two months and half over a period of one year and clinical evaluation and laboratory tests for SLEDAI-2K evaluation were performed weekly. Specific generalized estimation equation models were used to assess the impact of these pollutants on the risk of disease activity (SLEDAI-2K >= 8), nephritis and anti-dsDNA positive levels. We also evaluated continuous variables: 24-hour urine protein and serum complement (C3) levels. Models were adjusted for inflammatory indicators, body mass index, infections, medications and weather variables. Results: An interquartile range (IQR) increase of 18.12 Micro g/m3 in PM2.5 daily concentration was associated with an increased risk of: nephritis, anti-dsDNA positive levels and SLEDAI-2K >= 8. Moreover, an increase in 24-hour urine protein and a decrease in serum C3 levels were observed. An IQR increase in PM2.5 7-day moving average was associated with an increased risk of leukocyturia (3.4 95%IC:2.6-4.3), anti-dsDNA positive levels (3.1; 95%CI:2.1-4.0) and SLEDAI >= 8 (1.5; 95%CI:1.1-1.8). In addition, a 36.3 mg increase (95%IC:20.2-52.3) in 24-hour urine protein levels as well as a 1,9 mg/ dl (95% IC -0,06: -3,8) decrease in C3 levels. An IQR increase (63.1 Micro g/m3) in 7-day cumulative NO2 levels was associated with an increased risk of SLEDAI >= 8 (2.6; 95%CI: 1.9-3.3) and a 6.4 mg/ dl (IC95%: -10,9: -1,9) decrease in C3 levels. Conclusion: This prospective study suggests that exposure to air pollution can trigger renal activity in cSLE patients
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.