• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2016.tde-06062016-124450
Documento
Autor
Nome completo
Priscila Regina Torres Bueno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Lotufo Neto, Francisco (Presidente)
Ismael, Silvia Maria Cury
Fraguas Junior, Renerio
Título em português
Esquemas cognitivos, sintomas de ansiedade e depressão em mulheres de um Programa de Cessação de Tabagismo
Palavras-chave em português
Ansiedade
Dependência de nicotina
Depressão
Mulheres
Tabagismo
Terapia cognitiva
Resumo em português
O tabagismo é um problema de saúde pública em todo o mundo. Entre as mulheres, devido ao aumento da prevalência comparada aos homens, o tabagismo feminino tem merecido atenção. Para o enfrentamento, é necessário entender o fenômeno e criar estratégias mais adequadas que incluam aspectos emocionais e sociais da dependência do tabagismo. Este estudo buscou descrever os esquemas cognitivos, sintomas de ansiedade e depressão de 112 mulheres que procuraram tratamento para cessação do tabagismo e sua relação com o insucesso do tratamento. A coleta de dados incluiu roteiro de entrevista estruturada e escalas validadas para a população brasileira que têm o objetivo de avaliar os esquemas cognitivos, sintomas de ansiedade e de depressão, e aspectos da dependência do cigarro. O conhecimento de fatores emocionais envolvidos no tabagismo e sua cessação podem ser úteis às ações de apoio à mudança comportamental do fumante. Objetivo: Descrever o perfil psicológico de mulheres que buscam cessação do tabagismo quanto aos esquemas cognitivos, sintomas de ansiedade e depressão antes e depois do tratamento com Terapia Cognitivo- Comportamental em grupo, e analisar fatores que contribuem para o desfecho de cessação. O desenho do estudo foi longitudinal e transversal. Para avaliar os esquemas cognitivos, o Questionário de Esquemas de Young em sua forma curta foi utilizado. Os grupos de terapia cognitivo-comportamental foram realizados concomitantes ao cuidado usual por médicos do estudo. Esses profissionais foram treinados no protocolo do estudo e o seguimento foi realizado por telefone por um membro do estudo independente e cego. Resultados: Os resultados forneceram evidências de que esquemas cognitivos tiveram relação significativa com os sintomas de depressão e ansiedade, com a adesão e os resultados do tratamento (cessação do tabagismo)
Título em inglês
Cognitive schemes, symptoms of anxiety and depression in women of a Smoking Cessation Program
Palavras-chave em inglês
Anxiety
Cognitive therapy
Depression
Nicotine dependence
Smoking
Women
Resumo em inglês
Cigarette smoking is a major public health problem worldwide. Among women, due to increased prevalence compared to men, the female smoking has deserved attention. To face, it is necessary to understand the phenomenon and create more appropriate strategies that include emotional and social aspects of smoking dependence. This study aimed to describe the cognitive schemes, symptoms of anxiety and depression of 112 women who sought treatment for smoking cessation and its relationship to treatment failure. Data collection included structured interview and validated scales for the Brazilian population who have to evaluate the cognitive schemes, symptoms of anxiety and depression and aspects of tobacco dependence. Knowledge of emotional factors involved in smoking and its cessation may be helpful to actions to support behavioral change of the smoker. Objective: To describe the psychological profile of women seeking smoking cessation regarding cognitive schemes, symptoms of anxiety and depression before and after treatment with cognitive-behavioral therapy in groups and analyze factors that contribute to the outcome of cessation . Method: The layout of the study was longitudinal and transversal. To assess the cognitive schemes, the Young Schema Questionnaire in its short form was used. The Cognitive Behavioral Therapy groups were conducted at the same time as the medical care and were applied by psychologists and medical doctors. These professionals were trained in the study protocol and the follow-up was conducted by telephone by the same independent and blind evaluator. Results: Our results provided evidence that the cognitive schemas of those women who sought treatment for quitting smoking showed a significant relation to the symptoms of depression and anxiety, with the adherence and the results of the treatment (quitting smoking), and with the positive impact of Cognitive Behavioral Therapy in decreasing schemas scores. It was also evident that the overall time throughout which the individual had smoked correlated to smaller rates of being able to quit smoking
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.