• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-17102013-123230
Documento
Autor
Nome completo
Adan Pelegrino Jardim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Marcolin, Marco Antonio (Presidente)
Caetano, Sheila Cavalcante
Nassif, Lilian Erichsen
Título em português
Estudo do efeito da estimulação magnética transcraniana de repetição sobre a impulsividade na dependência de cocaína
Palavras-chave em português
Cocaína
Comportamento impulsivo
Ensaio clínico controlado aleatório
Estimulação magnética transcraniana
Questionários
Transtornos do controle de impulsos
Transtornos relacionados ao uso de cocaína/prevenção & controle
Transtornos relacionados ao uso de cocaína/terapia
Transtornos relacionados ao uso de substâncias/psicologia
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A dependência química engloba alterações comportamentais, cognitivas e fisiológicas. A impulsividade está presente em muitos transtornos psiquiátricos. Sobre a impulsividade na dependência química de cocaína, os estudos existentes são relativamente novos. A Estimulação Magnética Transcraniana de repetição (EMTr) é um método capaz de neuromodular o cérebro. Este estudo avaliou os efeitos da EMTr sobre a impulsividade em dependentes de cocaína. MÉTODOS: Em um estudo randomizado, duplamente encoberto, 25 pacientes diagnosticados pelo DSM-IV-TR foram tratados com EMTr de alta frequência ativa (1250 pulsos/dia) ou EMTr placebo. O tratamento consistiu em 1 mês de aplicação de EMTr seguido de 2 meses em acompanhamento ambulatorial semanal em um grupo de prevenção de recaídas. Os pacientes foram avaliados antes do início do tratamento com EMTr (T0) e após o término das aplicações (T1), através dos instrumentos: The Shorter PROMIS Questionnaire, The Schalling Impulsivity Scale e The Leeds Dependence Questionnaire. RESULTADOS: 25 pacientes foram tratados e a análise dos dados demonstraram redução nos índices de impulsividade em ambos os grupos ao longo do tempo, porém, quando comparados entre si, os valores de interação não se mostraram significativos. CONCLUSÃO: Os efeitos da EMTr não diferiram em eficácia terapêutica na redução da impulsividade em dependentes de cocaína, com o efeito ativo correspondendo com o placebo
Título em inglês
Study of repeated transcranial magnetic stimulation on impulsivity in cocaine dependence
Palavras-chave em inglês
Cocaine
Cocaine-related disorders/prevention & control
Cocaine-related disorders/therapy
Impulse control disorders
Impulsive behavior
Questionnaires
Randomized controlled trial
Substance-related disorders/psychology
Transcranial magnetic stimulation
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Chemical addiction involves behavioral, cognitive and physiological alterations. Impulsivity is present in many psychiatric disorders. Studies about impulsivity and cocaine chemical addiction are relatively new. Transcranial Magnetic Stimulation (EMTr) is a method capable of neuromodulation the brain. This study evaluated the effects of EMTr over impulsivity in cocaine addicts. METHODS: This is a randomized doubly covert study with 25 patients diagnosed by the DSM-IV-TR who were treated with active high frequency EMTr (1250 pulses/day) or placebo. Treatment was consisted of one month of application of EMTr followed by 2 months of clinical follow-up in a relapse prevention group. Patients were evaluated before the treatment with EMTr (T0) and after the end of the applications (T1), through the instruments: The Shorter PROMIS Questionnaire, The Schalling Impulsivity Scale and The Leeds Dependence Questionnaire. RESULTS: 25 patients were treated and data analysis showed a reduction in the levels of impulsivity in both groups throughout the time. However, group comparisons did not show statistical differences. CONCLUSION: EMTr's effects did not differ in terms of therapeutical efficacy in the reduction of impulsivity in cocaine addicts
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.