• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Giovana Montoro Pazzini Watfe
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Scazufca, Marcia (Presidente)
Nicolau, Stella Maris
Brentani, Helena Paula
Manitto, Alicia Matijasevich
Título em português
Incapacidade funcional em idosos cadastrados na Estratégia Saúde da Família nos municípios de São Paulo e Manaus: prevalência e fatores associados
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde
Brasil
Envelhecimento
Estratégia saúde da família
Pessoas com deficiência
Qualidade de vida
Resumo em português
Introdução: O envelhecimento da população é uma preocupação mundial, principalmente quando acompanhado de incapacidade funcional (IF). Compreender a prevalência de IF e seus fatores associados é, portanto, apropriado para planejar estratégias de cuidados em saúde. Objetivos: Este estudo investigou a prevalência e os fatores associados à IF entre idosos atendidos pela Estratégia Saúde da Família (ESF) nas cidades brasileiras de São Paulo e Manaus. Métodos: Foram utilizadas bases de dados coletadas entre 2010 - 2011 de uma investigação sobre a prevalência de depressão e fatores associados em idosos com 60 anos ou mais cadastrados na Atenção Primária de São Paulo e Manaus, Brasil. 1.375 participantes foram selecionados aleatoriamente, sendo 702 em São Paulo e 673 em Manaus. O desfecho principal foi a IF, avaliada através do instrumento WHODAS 2.0. versão 12 itens. Investigou-se a associação entre IF global e grave com características sociodemográficas, de saúde, suporte social e estilo de vida dos idosos, e identificou-se quais áreas de vida são afetadas pela IF. Resultados: A prevalência de IF global foi maior em Manaus em relação a São Paulo (66,2% vs. 56,4%). O nível de desenvolvimento socioeconômico foi menor em Manaus. Em ambas as cidades, os domínios da participação social e mobilidade do WHODAS 2.0 apresentaram maior comprometimento. Ter duas ou mais morbidades e autopercepção pior de saúde foram associadas à IF em ambas as cidades. O número de consultas médicas na Unidade Básica de Saúde não foi associado à IF. Conclusão: Maior prevalência de morbidades e menor desenvolvimento socioeconômico em Manaus podem explicar a maior prevalência de IF nessa cidade. Este dado pode ser um sinal de alerta para outros países de baixa e média renda, onde a população idosa tenha menos acesso à Atenção Primária quando comparado ao Brasil
Título em inglês
Disability in older adults registered in Family Health Strategy at the cities of São Paulo and Manaus: prevalence and associated factors
Palavras-chave em inglês
Aging
Brazil
Disabled persons
Family health strategy
Primary health care
Quality of life
Resumo em inglês
Background: Population aging is a concern worldwide, especially when accompanied by disability. Understanding the prevalence of disability and associated factors is therefore appropriate to plan health care strategies. Objectives: This study estimates the prevalence of disability and associated factors in older adults living in areas covered by Family Health Strategy in the Brazilian cities of São Paulo and Manaus. Methods: Databases were collected between 2010 and 2011 from a larger investigation on the prevalence of depression and associated factors in older adults aged 60 years or over, registered in Primary Care Clinics in São Paulo and Manaus, Brazil. 1,375 participants were randomly selected, 702 in São Paulo and 673 in Manaus. Disability was the main outcome, evaluated using the 12-items WHODAS 2.0 instrument. We investigated the association between global and severe disability with socio-demographic characteristics, health, social support and lifestyle of older adults. We also identified which areas of life are affected by disability. Results: The prevalence of global disability was higher in Manaus than in São Paulo (66.2% vs. 56.4%). The level of socioeconomic development was lower in Manaus. In both cities, social participation and mobility domains of WHODAS 2.0 were the most affected. Having two or more morbidities and worse self-perception of health were associated with disability in both cities. The number of medical consultations in Primary Care Clinics was not associated with disability. Conclusion: Greater prevalence of morbidities and lower socioeconomic development in Manaus may explain the higher prevalence of disability in this city. This data may be a warning for other low- and middle-income countries, where the elderly population has less access to primary health care when compared to Brazil
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.