• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2011.tde-26012012-092127
Documento
Autor
Nome completo
Rodolfo Nunes Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Moreno, Ricardo Alberto (Presidente)
Blay, Sérgio Luís
Nery, Fabiano Gonçalves
Pang, Wang Yuan
Uchida, Ricardo Riyoiti
Título em português
Ocorrência e correlatos do espectro bipolar em pacientes com transtornos alimentares atendidos em serviço terciário: projeto ESPECTRA
Palavras-chave em português
Comorbidade
Epidemiologia
Transtorno bipolar
Transtornos alimentares
Resumo em português
Pacientes com transtornos alimentares freqüentemente apresentam comorbidades com outros transtornos psiquiátricos, em especial com os transtornos de humor. Apesar de estudos recentes sugerirem uma íntima relação com o transtorno bipolar, o estudo do espectro bipolar em suas formas abrangentes ainda não foi realizado nesta população. O presente trabalho estudou, em pacientes com transtornos alimentares atendidos em serviço terciário, a ocorrência do espectro bipolar e os correlatos de impulsividade, imagem corporal, sintomas de humor ao longo da vida, adequação social e qualidade de vida. Avaliou sessenta e nove pacientes com diagnóstico de anorexia nervosa, bulimia nervosa ou transtorno alimentar sem outra especificação e, como grupo comparativo, sessenta e nove mulheres sem diagnóstico de transtornos alimentares ou transtorno bipolar. A avaliação foi constituída pela Entrevista Clínica Estruturada para Transtornos do Eixo I do DSM IV, avaliação clínica dos critérios de Zurich para diagnóstico do espectro bipolar, a Escala de Impulsividade de Barrat, o Questionário de Imagem Corporal, a Escala de Auto-avaliação de Hipomania, a Entrevista Clínica Estruturada para o Espectro do Humor, Escala de Hamilton para Avaliação de Depressão, Escala de Young para Avaliação de Mania, a Escala de Adequação Social e a Escala de Avaliação da Qualidade de Vida. As comparações das médias das variáveis contínuas foram realizadas por meio dos testes de Kruskal- Wallis e Mann-Whitney. A associação entre as variáveis categóricas e os grupos foi descrita através de tabelas de contingência e analisadas através do teste Chi- Quadrado de Pearson ou Exato de Fisher. A análise multivariada pelo método de stepwise foi realizada para verificar o efeito das variáveis sobre a imagem corporal, adequação social e qualidade de vida. O nível de significância alfa foi estabelecido em 5%. Os resultados mostraram que 68,1% das pacientes apresentaram comorbidade com espectro bipolar e isto esteve associado à maior renda familiar, proporção de pessoas casadas, comorbidade com uso de substâncias e mais sintomas maníacos/hipomaníacos ao longo da vida. Tanto o grupo com e sem comorbidade com espectro bipolar apresentaram maiores níveis de gravidade em todos os desfechos avaliados em relação ao grupo comparativo. No grupo de pacientes com comorbidade com espectro bipolar a qualidade de vida, impulsividade e comportamento suicida influenciaram a imagem corporal. Estes resultados mostraram que o espectro bipolar é uma comorbidade comum em pacientes com transtornos alimentares e está associado a correlatos de importância clínica, notadamente a comorbidade com uso de substâncias. Devido ao padrão de semelhança entre os grupos com e sem comorbidade com o espectro bipolar em relação a diversos desfechos avaliados a identificação da comorbidade pode ser difícil. Entretanto, o diagnóstico preciso e a identificação criteriosa de correlatos clínicos pode contribuir para futuros avanços no tratamento destas condições
Título em inglês
Ocurrence and correlates of bipolar spectrum in eating disorders patients of a tertiary service
Palavras-chave em inglês
Bipolar disorder
Comorbidity
Eating disorders
Epidemiology
Resumo em inglês
Eating disorder patients often have comorbidities with other psychiatric disorders, especially with mood disorders. Although recent studies suggest an intimate relationship with bipolar disorder, the study of bipolar spectrum broader definition has not been done in this population. This work studied the occurrence of bipolar spectrum and correlates of impulsivity, body image, mood symptoms throughout life, social adjustment and quality of life in eating disorders patients of a tertiary service. Sixty-nine female patients diagnosed with anorexia nervosa, bulimia nervosa or eating disorder not otherwise specified and, as a comparative group, sixty-nine women without a diagnosis of eating disorder or bipolar disorder were evaluated. The evaluation comprised the Structured Clinical Interview for DSM IV Axis I Disorders, clinical criteria for diagnosis of Zurich bipolar spectrum, Barratt Impulsiveness Scale, the Body Shape Questionnaire, the Hypomania Checklist-32, the Structured Clinical Interview for Mood Spectrum, Hamilton Depression Rating Scale, Young Mania Rating Scale, Social Adjustment Scale and the World Health Organizations Quality of Life Questionnaire. Kruskall-Wallis and Mann-Whitney tests compared means of continuous variables. The association between categorical variables and the groups were described using contingency tables and analyzed using the chi-squared or Fisher exact test. Multivariate analysis using the stepwise method was performed to verify the effect of variables on body image, social adjustment and quality of life. The level of significance alpha was set at 5%. The results showed that 68,1% of patients had comorbidity with bipolar spectrum and this was associated with higher family income, proportion of married people, comorbidity with substance use and more manic/hypomanic symptoms throughout life. The groups with or without comorbidity with bipolar spectrum showed more severity in all outcomes compared with the comparison group. In patients with comorbid bipolar spectrum, quality of life, impulsivity and suicidal behavior influenced the body image. These results showed that the bipolar spectrum is a common comorbidity in patients with eating disorders and is associated with correlates of clinical importance, notably the comorbidity with substance use. Due to the pattern of similarity between the groups with and without comorbid bipolar spectrum in relation to various outcomes evaluated the identification of comorbidity can be difficult. However, the precise diagnosis and careful identification of clinical correlates may contribute to future advances in treating these conditions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RodolfoNunesCampos.pdf (633.32 Kbytes)
Data de Publicação
2012-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.