• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2020.tde-20032020-141735
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Lorena Dutra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Voegels, Richard Louis (Presidente)
Mion, Olavo de Godoy
Nakanishi, Marcio
Pinna, Fabio de Rezende
Título em português
Composição e diversidade do microbioma do meato médio de pacientes com rinossinusite crônica com polipose nasal
Palavras-chave em português
Análise de sequência de DNA
Microbioma
Pólipos nasais
RNA ribossômico 16S
Seio etmoidal
Sequenciamento de nucleotídeos em larga escala
Sinusite
Resumo em português
Introdução: A comunidade microbiológica presente no corpo humano apresenta papel crucial na homeostase normal de diversos sistemas fisiológicos e em inúmeros cenários fisiopatológicos. O surgimento de tecnologias que independem de cultura está permitindo o mapeando desta microbiota com alta sensibilidade. Nos seios paranasais saudáveis e na rinossinusite crônica esta comunidade ainda precisa ser determinada, não há estabelecido um microbioma nasossinusal típico. Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar a composição e diversidade do microbioma do meato médio de pacientes brasileiros adultos com rinossinusite crônica com polipose, utilizando tecnologia de sequenciamento de nova geração. Método: Realizou-se coleta com swab de meato médio de 20 pacientes saudáveis, considerado grupo controle e 29 pacientes com rinossinusite crônica com polipose (RSCcp). Após extração de DNA da amostra coletada, procedeu-se o sequenciamento de regiões variáveis V3-V4 do gene 16S rRNA para identificação filogenética bacteriana. A composição foi determinada por meio das abundâncias relativas dos gêneros mais prevalentes. Avaliação da diversidade foi realizada utilizando os índices mais frequentes. Resultados: Os gêneros com maior abundância relativa nos controles foram Corynebacterium, Staphylococcus e Streptococcus. Na RSCcp os gêneros mais abundantes foram Staphylococcus, Haemophilus e Corynebacterium, mas com depleção significativa dos representantes das Corynebacteriaceae. Os índices de diversidade e a riqueza não apresentaram diferença estatisticamente significativa entre os 2 grupos. Conclusão: Os gêneros Staphylococcus, Haemophilus e Corynebacterium, apresentaram dominância na composição do meato médio de pacientes com RSCcp. A comunidade bacteriana deste sítio anatômico mostrou uma depleção significativa de Corynebacterium
Título em inglês
Middle meatus microbiome composition and diversity of patients with chronic rhinosinusitis with nasal polyps
Palavras-chave em inglês
16S RNA
DNA sequencing
Ethmoid sinus
Microbiome
Nasal polyps
Next-generation sequencing
Sinusitis
Resumo em inglês
Introduction: The microbiological community present in the human body plays a crucial role in the normal homeostasis of several physiological systems and numerous pathophysiological scenarios. The emergence of culture-independent technologies is allowing the mapping of this microbiota with high sensitivity. In healthy paranasal sinuses and chronic rhinosinusitis, this community is still being determined. The core sinonasal microbiome still needs to be established. Objective: This study aims to evaluate the middle meatus microbiome composition of adult Brazilian patients with chronic rhinosinusitis with polyps using next-generation sequencing technology. Methods: Middle meatus swabs from 20 healthy subjects and 29 patients with chronic rhinosinusitis with polyps (CRSwNP) were collected. Extraction of DNA from samples was performed and phylogenetic identification was determined using 16S rRNA gene sequencing of V3-V4 variable regions. The composition was determined through relative abundances of the most prevalent genera. Diversity was evaluated using the most common diversity indexes. Results: The genera with the highest relative abundances in the controls were Corynebacterium, Staphylococcus, and Streptococcus. In CRSwNP the most abundant genera were Staphylococcus, Haemophilus Corynebacterium, but with significant depletion of Corynebacteriaceae representatives. Diversity and richness did not reach a statistically significant difference between the 2 groups. Conclusion: The genera Staphylococcus, Haemophilus and Corynebacterium were dominant in the middle meatus composition of Brazilian adult patients with CRSwNP. The bacterial community of this anatomical site showed a significant depletion of Corynebacterium
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DanielLorenaDutra.pdf (7.05 Mbytes)
Data de Publicação
2020-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.