• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2010.tde-01022011-161711
Documento
Autor
Nome completo
Sheila Cristina Lordelo Wludarski
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Bacchi, Carlos Eduardo (Presidente)
Carvalho, Filomena Marino
Costa, Mauricio Augusto Silva Magalhães
Simon, Sergio Daniel
Sotto, Mirian Nacagami
Título em português
Comparação dos resultados de marcadores prognósticos e preditivos (HER2 e receptores de estrógeno e progesterona) para carcinoma de mama entre laboratórios locais e de referência no Brasil
Palavras-chave em português
Brasil
Carcinoma
Genes erbB-2
Imunoistoquímica
Laboratórios
Mama
Receptores de progesterona
Receptores estrogênicos
Resumo em português
O câncer de mama corresponde a aproximadamente um quarto das neoplasias malignas em mulheres. A incidência do câncer de mama no Brasil é de cerca de 50.000 novos casos por ano, sendo considerado importante problema de saúde pública. HER2 e receptores hormonais (receptores de estrógeno e progesterona) são considerados os mais importantes marcadores prognósticos e preditivos em carcinoma de mama. A amplificação do gene HER2 ou a superexpressão da proteína HER2, que ocorre em cerca de 20 porcento dos carcinomas de mama, está associada a curso clínico mais agressivo e determina elegibilidade para terapia específica anti-HER2 com trastuzumabe. A terapia hormonal reduz em mais de 50 porcento o risco relativo de recorrência da doença em pacientes com tumores sensíveis a esse tratamento. Os testes de HER2 e receptores hormonais são partes essenciais da avaliação clínica das pacientes com carcinoma de mama; resultados precisos são fundamentais na identificação de pacientes que podem ser beneficiadas por terapias específicas. O presente estudo investigou a concordância nos resultados dos testes de HER2 e receptores hormonais determinados por imuno-histoquímica em 500 carcinomas invasivos de mama entre um laboratório referência e laboratórios locais de todas as regiões geográficas do Brasil. Os resultados demonstram baixa concordância geral (171/500 casos, 34,2 porcento) em relação aos resultados do teste de HER2 entre laboratórios locais e referência, o que pode estar relacionado ao baixo volume de testes de HER2 realizados, inexperiência com o sistema de escores de HER2 e/ou questões técnicas relacionadas à imuno-histoquímica nos laboratórios locais. A concordância nos resultados do teste de receptores de estrógeno e progesterona foi de 89,4 porcento (447/500 casos) e de 85,0 porcento (425/500 casos), respectivamente, entre laboratórios locais e referência. Padronização dos testes de HER2 e receptores hormonais com medidas de controle de qualidade rigorosas por laboratórios locais é fortemente recomendada para se evitar o tratamento inadequado de pacientes com câncer de mama
Título em inglês
Comparison of results of prognostic and predictive markers (HER2 and estrogen and progesterone receptors) for breast carcinoma between local and reference laboratories in Brazil
Palavras-chave em inglês
Brazil
Breast
Carcinoma
ErbB-2 genes
Estrogen receptors
Immunohistochemistry
Laboratories
Progesterone receptors
Resumo em inglês
Breast cancer accounts for approximately one quarter of all cancers in females. The incidence of breast cancer in Brazil is about 50,000 new cases per year, and it is considered an important public health problem. HER2 and hormone receptors (estrogen and progesterone receptors) are considered the main prognostic and predictive markers for breast carcinoma. HER2 gene amplification or HER2 protein overexpression, detected in about 20 percent of breast carcinomas, predicts a more aggressive clinical course and determines eligibility for targeted therapy with trastuzumab. Hormonal therapy reduces the relative risk of recurrence by more than 50% in breast cancer patients with hormone-sensitive tumors. HER2 and hormone receptors testing has become an essential part of the clinical evaluation of all breast carcinoma patients, and accurate results are critical in identifying patients who may benefit from targeted therapy. The present study investigated the concordance in the results of HER2 and hormone receptors immunohistochemistry assays performed in 500 invasive breast carcinomas between a reference laboratory and local laboratories from all geographic regions of Brazil. Our results showed an overall poor concordance (171/500 cases, 34.2 percent) regarding HER2 results between local and reference laboratories, which may be related to the low-volume load of HER2 assays, inexperience with HER2 scoring system, and/or technical issues related to immunohistochemistry in local laboratories. The concordance of estrogen and progesterone receptors results was 89.4 percent (447/500 cases) and 85.0 percent (425/500 cases), respectively, between local and reference laboratories. Standardization of HER2 and hormone receptors testing with rigorous quality control measures by local laboratories is highly recommended in order to avoid erroneous treatment of breast cancer patients
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.