• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.5.2011.tde-26052011-160904
Documento
Autor
Nombre completo
Daniele Fernandes Pena Carvalho
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Braga, Alfésio Luis Ferreira (Presidente)
Azevedo Neto, Raymundo Soares de
Caseiro, Marcos Montani
Pereira, Luiz Alberto Amador
Santos, Ubiratan de Paula
Título en portugués
Estudo epidemiológico na população residente na Baixada Santista - Estuário de Santos: avaliação de indicadores de efeito e de exposição à contaminantes ambientais com enfoque em doenças hepáticas
Palabras clave en portugués
Cirrose
Estudos transversais
Hepatite
Hepatopatias
Poluição ambiental
Resumen en portugués
A região do Estuário de Santos e São Vicente é alvo da ocupação desordenada e degradação ambiental em decorrência do despejo de toneladas de resíduos tóxicos produzidos por empresas do pólo industrial de Cubatão que contaminam rios, solo, fauna e a população estabelecida próxima a estes depósitos industriais irregulares. O fígado é um dos órgãos que podem ser afetados por estes contaminantes, pois é o local de neutralização de substâncias tóxicas. Este estudo tem como objetivo avaliar prevalência de doenças do fígado e alterações nas enzimas hepáticas bem como indicadores de exposição a poluentes químicos em áreas contaminadas do Estuário de Santos e São Vicente e é parte de um projeto financiado pelo CNPq. Foi adotado o desenho transversal e foram selecionados 820 domicílios em cada uma das quatro áreas do Estuário (Pilões e Água-Fria, Cubatão Centro, São Vicente Continental e Guarujá) e em uma área localizada fora do Estuário (Bertioga). Na primeira fase foi realizado um inquérito de morbidade referida nas áreas selecionadas. O instrumento de coleta de informações foi um questionário estruturado e prétestado. Foram estimadas as proporções das doenças do fígado, hepatite, cirrose e câncer de fígado e vias biliares por área, a associação entre desfechos e áreas e diferenças entre proporções. Foram realizados modelos de regressão logística para investigação de possíveis fatores de risco para as doenças hepáticas. Na segunda fase, em uma amostra dos participantes da primeira fase, foram feitas sorologias para hepatites B e C e dosados os níveis séricos de alanina aminotransferase (ALT ou TGP), mercúrio e chumbo. Modelos de regressão logística foram usados para estimar fatores de risco para alterações enzimáticas. Foi avaliada a associação entre alterações nos níveis da enzima hepática e os níveis de chumbo e mercúrio no sangue. A prevalência de doenças do fígado entre todos os entrevistados foi de 1.5% e de 1.4% entre os sem exposição a produtos químicos e álcool. Entre os que mencionaram presença de doença do fígado, 1/3 dos que relataram ter hepatite e metade dos que relataram ter outras doenças do fígado, não apresentaram as duas exposições. Nesta mesma amostra, hepatite foi a doença mais relatada e houve associação estatística entre residir em Pilões e Água-Fria e ter hepatite (p = 0,001). O consumo de produtos alimentícios produzidos localmente (frutas) (RC = 3,91; IC95%: 1,70 8,99) e de água de fontes locais (RC = 4,44; IC95%: 1,73 11,40) mostraram-se fatores de risco para doenças hepáticas. A proporção de alterações nos níveis de alanina aminotransferase (ALT ou TGP) foi de aproximadamente 11%. O IMC elevado apresentou-se como fator de risco para a presença de alteração na enzima hepática (RC = 2,8; IC95%: 1,25 6,27). Entretanto, 20% dos indivíduos com ALT elevada apresentavam IMC normal e sorologia para hepatites B e C negativas. Nesta mesma amostra não houve associação entre concentrações de metais no sangue e níveis séricos de ALT. Estes resultados indicam que a exposição ambiental através de rotas de contaminação atuais ainda é um claro problema de saúde pública na região estuarina de Santos e São Vicente.
Título en inglés
Epidemiological study in Baixada Santista resident population Santos Estuary: evaluating indicators of effects and exposure to environmental contaminants with a focus on liver diseases
Palabras clave en inglés
Cirrhosis
Cross sectional
Environmental pollution
Hepatitis
Liver diseases
Resumen en inglés
The Santos and Sao Vicente estuary region is the scene of unplanned occupation and environmental degradation due to the dumping of toxic waste tons produced by companies in the industrial hub of Cubatão that contaminate rivers, soil, fauna and people close to these irregular industrial deposits. The liver is an organ that may be affected by these contaminants once it is the local for neutralization of toxic substances. This study aims to evaluate the prevalence of liver disease and abnormal liver enzymes as well as indicators of exposure to chemical pollutants in contaminated areas of the estuary of Santos and São Vicente and is part of a project financed by CNPq. It was adopted a cross sectional design and were selected 820 households in each of the four areas of the estuary (Pilões Água Fria, Cubatão Center, Continental São Vicente and Guarujá) and 820 households in an area outside the estuary (Bertioga). In the first phase a survey of referred morbidity was carried out in the selected areas. The information collection instrument was a structured and pre-tested questionnaire. We estimated the proportions of liver disease, hepatitis, cirrhosis and cancer of both liver and biliary tract by area, the association between outcomes and areas and differences between proportions. We performed logistic regression models to investigate possible risk factors for liver disease. In the second phase, in a sample of participants from the first phase, we carried out hepatitis serology (B and C) and measured serum levels of alanine aminotransferase (ALT or SGPT), mercury, and lead. Logistic regression models were used to estimate risk factors for enzyme abnormal levels. We evaluated the association between changes in liver enzyme levels and blood lead and mercury levels. The prevalence of liver disease among all respondents was 1.5% and 1.4% among those without exposure to chemicals and alcohol. Among those who mentioned the presence of liver disease, 1/3 of those who reported having hepatitis and half of those who reported having other diseases of the liver did not present the two exposures. In the same sample, hepatitis was the most prevalent disease and it was observed statistical association between living in Pilões Água Fria and having hepatitis (p = 0.001). The consumption of locally produced food products (fruits) (OR = 3.91, 95% CI 1.70 to 8.99) and water from local sources (OR = 4.44, 95% CI: 1.73 - 11 40) were risk factors for liver diseases. The proportion of participants with high levels of alanine aminotransferase (ALT or SGPT) was approximately 11%. Increased BMI was presented as a risk factor for the alterations in liver enzyme (OR = 2.8, 95% CI: 1.25 - 6.27). However, 20% of individuals with elevated ALT had a normal BMI and negative serum tests for hepatitis B and C. In the same sample there was no association between ALT serum concentrations and blood metals levels. These results indicate that exposure through environmental contamination routes is still present and it is a clear public health problem in the estuary of Santos and São Vicente.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-05-26
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.